Xixi no mato: Motivo inusitado para rejeição da Globo à primeira versão de Pantanal vem à tona

Novela Pantanal será reproduzida pela Globo - Foto: Reprodução
A primeira Juma Marruá (Foto: Divulgação)

Uma história sobre as origens de Pantanal pode fazer com que os fãs da novela matem um pouco das saudades deixadas pelo remake recente produzido pela Globo. Originalmente exibida pela TV Manchete nos anos 90, a trama de Benedito Ruy Barbosa quase foi da Globo.

Veja também – Autor de Pantanal tentou emplacar novela bíblica na Globo, mas foi completamente rejeitado

Mas, com o desdém da emissora carioca à saga pantaneira, Benedito resolveu oferecer a história ao mercado. Com o boom provocado pelos investimentos de Adolph Bloch entre os anos 80 e 90, Pantanal saiu do papel e foi um fenômeno.

A questão é que o motivo inusitado para a Globo não ter topado a ideia de Pantanal foi revelado pelo próprio autor, durante uma entrevista para um jornal famoso. O Folha de S. Paulo entrevistou em março de 2022 o próprio Benedito, que colocou a boca no trombone sobre o assunto.

Segundo o novelista, a verdade era que Boni teria recebido algumas insatisfações por parte de um clã de atores, sondados para integrarem o elenco da novela. O chefão da empresa ouviu dizer que os artistas não conseguiriam fazer “xixi no mato“.

Os protagonistas da versão original de Pantanal, que ganhará remake da Globo - Foto: Reprodução
Os protagonistas da versão original de Pantanal (Foto: Divulgação)

Diziam que atriz da Globo não mija no mato. Mas, para gravar no Pantanal, tem que mijar no mato, se for o caso“, revelou Benedito Ruy Barbosa. Por outro lado, ele relembrou o quanto os contratados da Manchete tinham um perfil popular.

Veja também – Fiasco total: Saiba qual novela precisou de pedido de desculpas ao público por ser tão ruim

Na emissora dos Bloch, os atores não tinham problema em conviverem no bioma para as gravações: “Na Manchete, o elenco deu um show, e não tivemos uma picada de cobra, nada, em nove meses de gravação“.

O outro lado da história

Boni, por sua vez, resolveu declarar seu lado nesta história. Ele deixou claro que a culpa não era dele. Também, não comentou a fofoca de que o real motivo seria o problema de atores em fazer xixi no mato.

Boni foi um grande chefão global (Foto: Divulgação)

No entanto, o ex-chefão global declarou que o maior impasse se deu devido os custos. Na época, o projeto de Pantanal tinha um cronograma de gravações com uma realidade completamente inviável para a época.

Veja também – Inesquecíveis: Relembre cinco novelas de época que marcaram gerações

Apesar de ter dado certo, a Globo não tinha certeza se a novela iria obter o retorno suficiente. Por isto, apostar em uma novela com altos custos não era de interesse da emissora. “As gravações demandariam uma semana de produção para cada capítulo em uma época em que a gente conseguia gravar três capítulos no mesmo tempo“, explicou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.