Ex-Cúmplices de um Resgate desabafa sobre casos de pedofilia no SBT; emissora nega

Novela Cúmplices de Um Resgate (Foto: Divulgação)

Um desfalque no elenco de Cúmplices de um Resgate, novela exibida pelo SBT em 2016, aconteceu em meio a um turbilhão de polêmicas. De um lado, a emissora estaria insatisfeita sobre as constantes faltas de uma atriz nas gravações.

Veja também – Confira cinco vezes que o SBT pesou a mão com cenas chocantes em novelas infantis

Do outro lado, esta mesma profissional estava decidida a sair do trabalho por não encontrar “um ambiente muito legal”. Ela seria protagonista da novela e foi trocada por Sophia Valverde, após deixar um papel cobiçado por muitas atrizes mirins, que sonham ganhar destaque e notoriedade.

O caso fez muita gente estranhar e não ter encontrado motivos palpáveis que justificassem uma saída tão repentina. Em entrevista para o NaTelinha, a atriz Duda Wendling tentou explicar tudo o que aconteceu envolvendo seu nome.

“Rolam muitas coisas nos bastidores […] Estava sofrendo muito lá dentro. O dinheiro que eu recebia era bom, mas isso não pagava o trauma que eu estava sofrendo lá”, disse ela, em declaração feita no final de 2021.

Veja também – Após 23 anos do fim da novela, estrela principal de Gotinha de Amor revela o motivo de ter abandonado a carreira

Agora, em uma nova entrevista, ela resolveu expor um verdadeiro escândalo que teria sido abafado. Wendling afirma que o SBT esconde um esquema de pedofilia e aliciamento de menores no elenco.

“Dentro do SBT, na época que eu trabalhava lá, tiveram dois pedófilos. Um era o nosso preparador de elenco infantil, para vocês terem uma ideia de como era o lugar”, falou a atriz, que citou o nome apenas de um dos pedófilos.

Beto Silveira, preparador de elenco, trabalhou para o SBT por um longo tempo e seria um dos pedófilos. Ele foi condenado a prisão domiciliar por crime de pedofilia e faleceu há menos de um mês. O outro caso não foi citado nominalmente, mas segundo Wendling, o homem teria lhe roubado um selinho.

Veja também – Nova novela do SBT promete reviver polêmica de 20 anos atrás envolvendo protagonista

Vale lembrar que, quando tudo aconteceu, a atriz tinha apenas 8 anos de idade. Atualmente aos 15 anos, ela esclareceu que os assédios ocorriam quando as crianças fechavam os olhos durante a preparação para gravar: “Era o momento em que tinha mais relatos de que ele mexia com as crianças, tocava nas partes íntimas das crianças”.

Duda Wendling resolveu abrir o jogo sobre o esquema (Foto: Divulgação)

Como é um esquema, Duda Wendling diz que toda a equipe está instruída a não comentar o assunto. Quando os pais procuram por esclarecimentos, há ameaças de demissão. “Obviamente que calei minha boca”, disse a atriz, depois de ser repreendida pela psicóloga do SBT.

Veja também – Cinco novelas mexicanas infantis que o SBT fez questão de estrear rapidamente no Brasil

“É assunto proibido no SBT. Muitas mães só foram descobrir que ele era pedófilo agora. Eu sinto muito se algum ator ou atriz de Chiquititas, novela antes da minha, passou por alguma coisa. Eles não vão lembrar, passou muito tempo”, contou.

Por meio de nota, a emissora de Silvio Santos repudiou as declarações de sua ex-contratada e repetiu as ameaças, dizendo que se tratam de afirmações caluniosas e que a atriz responderá pelo que está falando publicamente:

Veja também – Em 2009, SBT chocou conservadores ao ter a primeira transexual em uma novela brasileira

O SBT tomou conhecimento hoje da entrevista da atriz mirim Duda Wendling e de sua mãe a um podcast, e vem esclarecer que as situações retratadas, que supostamente envolvem a emissora, são totalmente infundadas. A emissora condena com severidade qualquer tipo de assédio e comportamento abusivo e mantém canais de denúncias voltados para seus colaboradores, e tomará as medidas cabíveis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.