Morre Jô Soares aos 84 anos: Apresentador começou carreira na TV em novela de sucesso

Jô Soares começou carreira nas novelas (Foto: Divulgação)

Poucos sabem, mas foi uma novela que fez Jô Soares se consagrar como um dos principais nomes da TV brasileira. O artista multifacetado era humorista, ator, diretor, cineasta, apresentador e dramaturgo de mão cheia e deixou um legado que permanece, mesmo diante do adeus.

Veja também – Sumido da TV por conta de velhice, ator global não tem herdeiros e deixou testamento pronto

Na manhã desta sexta-feira, 05 de agosto, foi confirmada a morte de Jô aos 84 anos. Ele estava internado no Hospital Sírio-Libanês para tratar de uma pneumonia desde o último dia 28 de julho. A causa da morte ainda não foi divulgada.

Em meio a esta despedida, relembramos um pouco de quem era este ícone e nos deparamos com o início de sua carreira na TV. Isto porque, muito antes de aparecer nas telinhas, Jô Soares estava nas telonas e nos palcos, atuando, escrevendo e dirigindo diversas obras.

Mas, poucos sabem que a história das novelas brasileiras e a relação de Jô com a televisão se confundem. Alguns anos depois da TV brasileira completar sua primeira década, Jô Soares foi convidado junto a Ronald Golias, Consuelo Leandro, Adoniran Barbosa, Ary Toledo e dentre outros nomes de ouro para estrelar uma novela cômica na Record.

Veja também – Clássicos de sucesso: Confira cinco novelas icônicas de TV’s extintas que poderiam ganhar remake

Naquela época, Jô fazia participações na Praça da Alegria e chamava atenção por seu talento inconfundível. Seus personagens eram sempre emblemáticos e ele trazia para a TV um pouco do sucesso que ele fazia nos teatros.

Cartaz de divulgação de Ceará Contra 007 (Foto: Divulgação)

Em 05 de julho de 1965, estreia Ceará Contra 007, uma sátira à Moscou Contra 007 da famosa trilogia Hollywoodiana de James Bond. A trama de Marcos César era cheia de elementos cômicos, inclusive fazendo referências à concorrência.

Quando a novela estreou, a TV Tupi e a TV Excelsior estavam fazendo sucesso com a teledramaturgia. Portanto, a Record ousou e abusou de provocações, inclusive com Consuelo Leandro parodiando uma personagem de O Direito de Nascer, da Tupi.

Veja também – Vai terminar nunca? Saiba quais foram as cinco novelas mais longas da história da TV

Também, inspirou-se bastante no sucesso que a Excelsior fez ao apostar no DNA cômico em novelas, porque até então as tramas eram mais sérias e formais. Esta identidade segue impressa na teledramaturgia até os dias atuais, tanto é que as novelas que não investem em núcleos de humor acabam não vingando.

Ceará Contra 007 foi um marco na carreira de Jô Soares, o qual logo em seguida criou o sitcom Família Trapo (1967) e tornou-se líder absoluto de audiência. A novela foi a única feita pelo artista.

Siga o Resumo das Novelas On nas redes sociais:

@resumodasnovelason

@resumodasnovelas.online

@resumonovelason

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.