Dr. Salvatore em A Favorita, ator veterano escolheu o dia e a hora de sua própria morte

O ator Walmor Chagas partiu cedo (Foto: Divulgação)

Ele estava prestes a completar 20 anos quando estaria começando uma carreira considerada referência para o ramo artístico até os dias atuais. Walmor Chagas construiu um legado que começou no teatro.

Veja também – Juliana Paes foi cortada às pressas e deixou a novela A Favorita pela metade; saiba o motivo

Com formação em Filosofia pela USP (Universidade de São Paulo), o ator se viu apaixonado pela sétima arte e almejava o cinema. Porém, por ser considerado um espaço democrático e de amplas oportunidades, os palcos dos teatros de São Paulo foram os primeiros lugares a lhe abrir as portas.

Em 1952, começaram as primeiras atuações de Chagas, que permitiram um ambiente propício e ideal para que ele fosse bem aceito no cinema. Apenas dois anos depois, ele finalmente conseguiu seu primeiro papel no filme São Paulo S/A, fazendo par romântico com Eva Wilma.

Além de ter conquistado almejar aquilo que tanto sonhava quando ainda morava em Porto Alegre, Walmor Chagas impactou a todos e passou a ser respeitado, ganhando prêmios e abrindo um número cada vez maior de oportunidades e admiradores de seu trabalho.

Veja também – Descubra o que acontece com Flora após a morte trágica de Gonçalo em A Favorita

Com tudo que vinha fazendo, era imprescindível poder contar com este talento nos primórdios da TV. Então, Walmor esteve desde a época da TV Tupi em novelas de sucesso, interpretando papéis icônicos.

Walmor Chagas interpretou Jorge Maia em Marcas da Paixão (Foto: Reprodução)

Estreia na Globo

Em 1974, depois de longa estadia na televisão pioneira do Brasil, Chagas embarca junto a vários outros profissionais na recém-criada TV Globo nos anos 70. A oportunidade que o ator deu para a emissora carioca foi retribuída por um longo contrato.

Veja também – Incesto, confusão ou gafe? Pai e filha de A Favorita vira casal em outra novela

Ele fez parte do seleto grupo dos contratados fixos, participando de grandes novelas como Locomotivas (1977), Coração Alado (1980), Eu Prometo (1983), Vereda Tropical (1984), Salsa e Merengue (1996) e dentre outros inúmeros casos. Recentemente, Walmor Chagas foi visto novamente devido a reprise de A Favorita, onde ele interpretava o Dr. Salvatore.

A morte agendada

Em janeiro de 2013, Walmor Chagas foi encontrado morto em uma pousada a qual ele era proprietário no interior de São Paulo. As autoridades alegaram que a causa da morte foi suicídio, devido os vestígios de pólvora nas mãos dele.

Salvatore em cena de A Favorita (Foto: Reprodução)
Salvatore em cena de A Favorita (Foto: Reprodução)

Amigo dele há quase 20 anos, o empresário Antônio Carlos Cardoso deu uma entrevista que chocou na época. “Quase todo dia nós conversávamos. Walmor era leve, nunca se revoltava, tinha problemas de saúde, mas não queria dar trabalho para os outros“, relembrou o grande amigo do ator.

Veja também – SBT e Globo brigam por conta de A Favorita: Relembre cinco guerras entre as emissoras

Os últimos anos de vida de Walmor foram difíceis, pois ele estava com dificuldades de locomoção e a visão estava prejudicada. Diante dos problemas que enfrentava, Antônio Carlos disse que a decisão do ex-global se suicidar teria sido calculada: “Acredito que seu suicídio foi resultado da sua teimosia, não queria ser um peso para ninguém. Ele na verdade quis escolher a hora de sua própria morte“.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.