Saiba como foi a morte do verdadeiro Solano López na Guerra do Paraguai, a mais sangrenta do Brasil

Solano López em Nos Tempos do Imperador (Foto: Reprodução)
Solano López em Nos Tempos do Imperador (Foto: Reprodução)

Em Nos Tempos do Imperador, Dom Pedro II (Selton Mello) acabou sendo pego de surpresa com a notícia de que o Paraguai declarou guerra contra o Brasil. Na vida real, vale lembrar, o conflito realmente existiu e a decisão partiu de Solano López, que na trama da Globo é interpretado por Roberto Birindelli.

Para quem não sabe, a Guerra do Paraguai foi um conflito que aconteceu de 1864 a 1870 e colocou Brasil, Uruguai e Argentina como aliados contra o país latino. As causas da Guerra do Paraguai se deram em função dos diferentes interesses defendidos pelos governos dos dois países que levaram a desentendimentos e fizeram o Paraguai atacar o Brasil. Essa situação se intensificou a partir da posse de Solano López como ditador do Paraguai, em 1862.

Veja também – Edgar confronta Henrique sobre Heideguer, rapaz se revolta e deixa a Ribalta

O conflito, vale dizer, foi um dos mais sangrentos da história. Os números de mortos da Guerra do Paraguai  não são precisos, mas acredita-se que ela tenha causado de 300 mil a 450 mil mortos, sendo que, deles, cerca de 200 mil eram paraguaios, entre civis e soldados.

A Guerra do Paraguai terminou em 1870, com a morte de Solano López durante a batalha de Cerro Corá. Quem matou o paraguaio foi o soldado brasileiro José Francisco Lacerda, popularmente conhecido como Chico Diabo. Vale lembrar que o conflito contribuiu diretamente para o fim da monarquia no Brasil.

Siga o Resumo das Novelas On nas redes sociais:

@resumodasnovelason

@resumodasnovelas.online

@resumonovelason

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *