Resumo Nazaré: capítulos da novela de 02/12 a 07/01/2022

Capa do resumo da novela Nazaré
Nazaré vai ao ar de segunda a sexta, na faixa das 20h25, na Band

Leia agora o resumo da novela Nazaré (de 02/12 a 07/01/2022) e fique por dentro dos próximos capítulos da novela da Band, substituta de Floribella. Escrita por Sandra Santos, Nazaré é uma telenovela portuguesa e foi exibida originalmente pela SIC de 9 de setembro de 2019 a 8 de janeiro de 2021. A superprodução portuguesa é protagonizada por Carolina Loureiro, Afonso Pimentel e José Mata.

RESUMO DA NOVELA NAZARÉ

RESUMO NAZARÉ – capítulo 140, segunda, 29 de novembro

Duarte chega com Prata a casa de Nazaré e diz a Toni e Nazaré que fez queixa para os proteger. Prata pede a eles que o acompanhem para formalizar a queixa. Ermelinda está na sala de pessoal quando encontra os RG’s falsos de Ivana e do bebê. Ivana a pega em flagrante e a ameaça dizendo que o bebê vai ficar com o pai e que ela vai manter o bico calado e não vai contar nada a ninguém. Na casa dos Soares, Luís tenta convencer Dolores a ir com ele ao Festival do Queijo, mas Dolores se recusa, pois tem medo que ninguém goste dos queijos e que passe  vergonha. Érica conta que o corpo de Félix não estava no caixão. Dolores acha que não pode se ausentar agora com a quantidade de desgraças que têm acontecido ultimamente, o desaparecimento do corpo de Félix, a tentativa de Nuno matar Nazaré e Toni. Bárbara fica em choque com o que ouve e percebe que Duarte, mais uma vez, lhe esconde todos os assuntos que estão relacionados com a Nazaré. No hotel, o quarto de Nuno está revirado quando Prata pede a Laura que dê o mandato a Nuno.

Duarte vai até à casa Félix quando Verônica lhe diz que o corpo do tio não estava no caixão. Duarte aproveita a oportunidade para desafiar ela e a deixar insegura em relação à possibilidade de Félix estar vivo. Verônica, aterrorizada, expulsa Duarte de casa e liga para Nuno para pedir que a encontre. Nuno está de saída da Atlântida, para falar com Verônica, quando é abordado por Prata que o informa que está detido por suspeita de homicídio. Nuno ainda tenta negar, mas Prata avisa que não adianta, pois revistaram o seu quarto e encontraram provas. Verônica, estranhando a demora de Nuno, vai até ao hotel à sua procura. Laura conta a Verônica que Nuno só está ali para vingar a morte da mulher e do filho, que morreram nos incêndios. Verônica está em choque e Laura ainda acrescenta que Nuno apenas se aproximou dela porque Duarte lhe contou que Verônica esteve envolvida nos incêndios e com o objetivo de a colocar na prisão.

Verônica volta para casa completamente perturbada pelo que acabou de saber. Expulsa Paula e se tranca no quarto. Bernardo encontra a mãe e diz que tem um plano para apanharem Félix. Verônica liga a Félix e pede um encontro. Bernardo, ao perceber o estado da mãe, diz que fica esta noite para fazer companhia a ela. Na quinta, Duarte tenta se explicar para Bárbara, mas ela nem quer ouvi-lo e diz que a culpa só pode ser dela por deixar que a Nazaré interfira tanto na vida deles. Matilde se queixa para filha das atitudes de João quando Nazaré começa a chorar, pois descobre que Bárbara e Duarte estão tentando ter filhos.

RESUMO NAZARÉ – capítulo 141, terça, 30 de novembro

Toni chega e Nazaré tenta disfarçar dizendo que está preocupada com a detenção de Nuno. Toni não acredita que aquela tristeza toda seja apenas porque ela acha que Nuno é boa pessoa e está apenas perturbada pela dor. Glória está fechando o restaurante quando Ismael entra sedutor deixando Glória embevecida. Glória manda ele calar a boca, porque fica enfeitiçada quando o ouve. Ismael pede uma oportunidade e beija a mão de Glória que perde as forças. Verônica recebe uma mensagem de Félix a combinar o encontro. Bernardo quer ir com a mãe, mas Verônica não permite e diz que vai avisar a polícia. Ela pede ao filho que vá para a quinta e, quando Bernardo sai, liga para Heitor a dizer que precisa dele. Bernardo, quando chega à quinta, conta a Érica e a Duarte que Verônica vai se encontrar com Félix e que já delinearam um plano para o apanhar. Duarte fica ainda mais ansioso quando Bernardo lhe conta que Verônica vai ligar à polícia e sai apressado. Laura fica surpresa ao ver Nuno. Ele pergunta porque é que deixou a polícia entrar no seu quarto e Laura explica que tinham um mandado. Verônica já está no armazém abandonado aguardando que Félix chegue. Heitor está em posição e de espingarda em punho. Félix entra mas ainda não se revela. No exterior do armazém, vemos Duarte chegar no seu carro. “Félix” permanece atrás de um pilar enquanto Verônica lhe pede que avance. Quando “Félix” se revela, Heitor começa a fazer pontaria, mas Duarte bate nele com um ferro na cabeça fazendo disparar a arma que quase atinge Verônica. “Félix” começa a fugir, Verônica corre atrás dele, mas, quando chega ao exterior, apenas vê a nuvem de pó que o carro deixou para trás, sem chegar a perceber que carro era.

Já dentro do carro, Duarte olha “Félix” que ficamos agora sabendo quem é. No Mercado, Toni entrega o dinheiro das vendas a Mike, que o conta ali desconfiado. Do outro lado, Dolores está ansiosa porque não consegue falar com Luís, acha que perderam o concurso e que o filho não sabe como lhe dar a notícia. Bernardo e Érica vão ao encontro de Laura, no hotel, e dizem-lhe que Félix não morreu e que Verônica está indo ao encontro dele. Os irmãos pedem ajuda a Laura para saber se Verônica pediu o apoio da polícia. Prata diz a Laura que não sabe de nada e que a Verônica não pediu o apoio da polícia. Bernardo diz que só há uma razão pela qual Verônica não ligou à polícia e, quando Laura lhe pergunta qual a razão, Érica diz ao irmão que não fale mais. Na casa dos Félix, Verônica, nervosa, repreende Bernardo por ter falado com Laura. Érica defende o irmão e diz que Bernardo estava apenas preocupado. Bernardo tenta explicar à mãe que agora que a polícia está informada, e como tem mais meios que eles, vai investigar e encontrar Félix.

De volta à Atlântida, Verônica encontra Nuno à sua espera. Nuno pede desculpa por não ter ido ter com ela. Verônica olha Nuno com raiva e diz que já sabe do pacto que este fez com Duarte e o manda sair dizendo que nunca mais o quer ver. Nuno explica que tinha muitas dúvidas em relação a ela, no início, mas quando começaram a se conhecer tudo isso se mudou e começou a pensar que talvez Duarte não estivesse a dizer a verdade. Verônica não confia mais em Nuno. No Lar, os amigos aproveitam o dia de folga de Ivana para traçar um plano que salve o bebê das mãos da auxiliar. Desconfiam que por estar de folga, será essa noite que Ivana tentará levar o bebê e estão todos determinados a impedir que isso aconteça. Toni vai a casa de Nazaré e entrega-lhe um ramo de flores e uma caixa dos seus chocolates preferidos. Em tom de brincadeira, oferece também umas algemas e diz que é para que ela faça dele seu prisioneiro. Nazaré está muito nervosa com o julgamento, Toni tenta acalmá-la e diz que vai tudo correr bem.

RESUMO NAZARÉ – capítulo 142, quarta, 01 de dezembro

O advogado Leonardo vai à Quinta com Duarte e diz que o julgamento de Nazaré está agendado para daqui a 2 dias. Duarte fica ansioso e pressionado com o pouco tempo que tem, diz não ser suficiente para reunir as provas necessárias. Bárbara assiste à reação de Duarte revoltada. Heitor diz a Verônica que agora que soube que a polícia está envolvida, não quer ter mais nada a ver com a situação. Prata chega e Verônica o recebe insistindo em desmerecer toda a situação e aconselhando o inspetor a se ocupar em investigar Nazaré. Nazaré está fazendo limpeza quando recebe uma chamada não identificada de alguém que lhe diz, com a voz distorcida, que Duarte teve um acidente e que está muito mal no Mercado. Nazaré está muito tensa com a chamada enquanto vemos que Bárbara, que lhe ligou, se ri gloriosa por ter conseguido enganar a rival. Nazaré liga para Matilde, sem sucesso. A jovem tenta tirar a pulseira, mas não consegue, está muito ansiosa e sem saber o que fazer. Nazaré sai de casa correndo, com a pulseira posta. No Mercado, Dolores vê Nazaré entrando disparada e manda ela retornar para casa imediatamente. Nazaré, firme, diz que não vai a lugar nenhum até saber se Duarte está bem.

Na quinta, Laura, Duarte e Toni falam sobre a possibilidade de Félix estar vivo. Laura liga para Prata e fica sabendo que o alarme da pulseira de Nazaré disparou. De volta ao Mercado, Dolores e Matias tentam acalmar Nazaré dizendo que se tivesse acontecido alguma coisa já se sabia. No meio desta confusão, chega a PSP. Enquanto isto, Duarte e Toni seguem ao encontro de Nazaré quando Toni é mandado parar pela polícia por seguir em excesso de velocidade. Duarte se prontifica a pagar a multa, para que possam seguir caminho, quando percebe que Toni tem outra multa que remete ao dia do acidente de Félix e Cláudia e no mesmo local onde se deu o acidente. Duarte fica confuso. Nazaré se esconde atrás de uma banca e consegue, depois, escapar para o restaurante. Prata se certifica de que o sinal da pulseira vem do Mercado e ordena que se reviste tudo. Matias e Glória ajudam Nazaré a tentar escapar. Quando estão prestes a sair, Prata apanha a jovem. Nazaré tenta se justificar dizendo que recebeu um telefonema a dizer que Duarte tinha tido um acidente, mas de nada lhe serve.

Nos fundos do Mercado, Duarte está observando o carro de Toni quando repara num amassado que tem restos de tinta. Duarte tira um pouco de tinta para enviar para análise. Na casa dos Soares, Joaquim expressa a sua preocupação com a filha a Dolores enquanto Bárbara permanece indiferente em relação ao assunto. Luís chega com a boa nova de que ganharam o concurso de queijos. No hotel, Gonçalo está contando o caixa enquanto desabafa com a família que se a situação continua assim não sabe o que vão fazer. Ana comenta que já sabe que Pipo se despediu e pergunta aos pais se eles contaram alguma coisa sobre o que lhe aconteceu. Ambos negam, mas aconselham a filha a falar com o namorado. Ana vai conversar com Pipo e ele tenta arranjar uma desculpa para se justificar. A jovem percebe que o namorado já sabe o que se passou e o confronta. Pipo explica que gostava que tivesse sido ela a lhe contar, mas que também não sabe como lidar com a situação. Bernardo está na quinta quando se depara com Olívia, que veio ao seu encontro, disfarçada de distribuidora de pizzas. A jovem diz a Bernardo que soube do que aconteceu com Félix e que veio ver como ele estava.

RESUMO NAZARÉ – capítulo 143, quinta, 02 de dezembro

Na casa dos Félix, Nuno se declara para Verônica e diz-lhe que sabe que ela não seria capaz de fazer mal a ninguém e que não vai desistir dela. Verônica fica rendida. Na casa de Nazaré, o advogado Leonardo diz que Nazaré vai ter de aguardar julgamento na cadeia, uma vez que infringiu a prisão domiciliar saindo de casa. Todos acham que quem fez a chamada anônima foi Verônica. Duarte vai falar com Laura no hotel e entrega-lhe provas que acredita que podem ajudar no caso do acidente e morte de Félix. Laura pergunta de onde surgiram as provas, mas Duarte prefere não dizer nada até que se prove que são fidedignas.

No Lar, o grupo de amigos está pronto para flagrar Ivana. Na sala de pessoal, quando Ivana pensa que conseguiu agarrar o bebê para fugir, percebe que agarrou num boneco e, no segundo seguinte, começa a ser bombardeada com frutas e legumes enquanto Floriano diz a ela que vai chamar a polícia. Na quinta, Bárbara se mostra sonsa com Duarte em relação à situação de Nazaré. A jovem sonda Duarte e descansa quando ele diz que acha que foi Verônica. Bárbara quer fazer amor, mas Duarte diz que não está bem. Heitor manipula a filha e diz a Sofia que tem medo de voltar para casa porque há alguns dias lhe assaltaram o apartamento. Sofia percebe exatamente qual é o jogo do marido, mas Carol chora e suplica à mãe que deixe o pai ficar com eles. Prata vai falar com Laura e confirma que as amostras de tinta que Duarte lhe entregou correspondem à tinta do carro de Félix. Laura avisa a Duarte que vai ter de dizer de quem é o carro de onde tirou a tinta.

No Mercado, Luís está orgulhoso a contar a Toni que ganharam o concurso de queijos. Toni dá os parabéns quando é surpreendido pelo inspetor Prata que lhe anuncia que está detido por ser suspeito na morte de Félix e Cláudia. No Mercado, Toni tenta se justificar dizendo a Laura e a Prata que não fez nada. Laura diz que há provas que o incriminam e ele pede para se justificar. Prata o leva algemado enquanto Toni pede a Luís que avise a mãe do que está acontecendo. Na casa dos Carvalho, Matias toca à campainha e quem abre é Heitor. Há um momento de tensão entre os dois e Heitor manda Matias embora e diz que Sofia não pode ir à porta. Sofia pergunta quem era e Heitor disfarça. Sofia não o quer em casa e pede que ele vá embora, mas Heitor se recusa e diz que a casa também é dele, por isso, tem o direito de ficar. No Restaurante, Glória comenta com Dolores e Matilde que acredita na inocência de Toni, mas as amigas não mostram ter assim tantas certezas. Matias tem medo que o irmão tenha cometido uma loucura apenas com o intuito de ajudar Nazaré.

RESUMO NAZARÉ – capítulo 144, sexta, 03 de dezembro

Verônica pede a Nuno que deixe o hotel e se mude para casa alegando que se sentiria mais segura. Nuno deixa um revólver com ela, para o caso de ser necessário e diz que já esteve pensando num plano para localizarem Félix. Nuno mostra a Verônica o sistema para poderem descobrirem a localização do celular de Félix. A única coisa que precisa agora é que ele ligue o celular e telefone para Verônica. Matilde visita Nazaré na prisão e se mostra indignada com o silêncio de Toni. Nazaré diz à mãe que também está presa e é inocente e que se Toni efetivamente fez alguma coisa foi para ajudar. Ermelinda e Floriano falam ao celular com João que garante que o bebê está seguro e não sai da sua vista. Ivana se aproxima do casal e diz que não queria fazer mal ao bebê, queria apenas levá-lo de volta para o pai. O casal manda a auxiliar “passear” e diz que não vai levar o bebê a lugar nenhum. Ivana decide voltar para a Rússia. No Mercado, Ana cruza-se com Mike, segue-o até à banca de Matias e consegue identificá-lo através da tatuagem. Mike percebe a presença de Ana e sai correndo. Matias segue atrás dele.

Joaquim visita Toni na prisão que lhe conta que é verdade que bateu no carro de Félix, mas que não o matou. Toni confessa ainda que, quando soube do acidente, achou melhor ficar calado. Já na quinta, Joaquim diz a Duarte que Toni não sabe do pen drive com as imagens da morte de Antônio e que não é o caminho certo para conseguirem ajudar a Nazaré. Joaquim fala a Duarte de uma ideia que teve utilizando o “falso Félix” que será a derradeira tentativa de levar Verônica a confessar todos os crimes que cometeu. Nuno entra no gabinete de Verônica e diz que Félix ligou o celular. Verônica já sabe e conta a Nuno que recebeu uma mensagem. Nuno pede que mantenha o celular ligado o máximo de tempo possível para que consigam localizá-lo. Por sua vez, Joaquim e Duarte estão na quinta discutindo o plano quando Bernardo chega do pomar e acaba por contar a Duarte que Verônica e Nuno estão tentando localizar o celular de Félix. Quando estão prestes a conseguir a localização, Duarte corre e desliga o celular mesmo no último segundo não sabendo, porém, se conseguiu impedir que o localizassem. De seguida, Duarte liga a Joaquim para contar o que aconteceu. Bárbara mede a temperatura e calcula o nível de ovulação. De seguida sorri e, diz a si mesma, que Duarte hoje não lhe escapa. De seguida vai ao encontro do marido e, sedutora, senta no colo dele. Duarte diz a Bárbara que não é oportuno, pois tem de trabalhar, mas ela garante-lhe que o vai fazer esquecer todos os seus problemas.

Verônica e Nuno comentam o fato de não terem conseguido rastrear o celular de Félix quando Nuno recebe uma chamada e informa Verônica que tem de ir substituir um dos seguranças da sua equipe. Verônica fica ansiosa. Na casa dos Félix, Joaquim entra e dá um sedativo a Paula, que desmaia. Verônica entra em casa, chama por Paula, mas só ouve a voz do falso Félix dizendo que está sozinho. Verônica, em pânico, corre até o quarto e pede que “Félix” não lhe faça mal. “Félix” diz para irem à polícia para ela confessar todos os seus crimes, ou seja, Verônica ou fala ou morre. Todos aguardam na sala de audiências para assistir ao julgamento de Nazaré. Joaquim chega atrasado e com uma echarpe ao pescoço. Duarte vai falar com ele e pergunta se conseguiu alguma coisa. Joaquim conta que estava prestes a conseguir que Verônica confessasse quando ela sacou uma arma e disparou. Joaquim diz que o tiro só passou de raspão e conseguiu sair correndo, mas que não obteve confissão nenhuma. Duarte a olha num misto de tristeza e ansiedade. Nuno está na casa de Verônica. Ela conta o que se passou. Nuno acha que ela devia contar tudo à polícia, mas Verônica diz que prefere resolver as coisas sozinha.

NOVELA NAZARÉ: RESUMO SEMANAL DE 13 A 17 DE DEZEMBRO DE 2021

RESUMO NAZARÉ – capítulo 145, segunda, 13 de dezembro

Inicia-se o julgamento e vemos as imagens das câmaras de vigilância que mostram Nazaré à entrada do barracão onde António morreu. Nazaré está revoltada e diz que é verdade que assaltou a Quinta, mas que não matou ninguém. Verónica vai testemunhar e mente, perante todos, dizendo que Nazaré é a culpada de tudo o que aconteceu. Encerra-se a audiência e Matilde, muito revoltada, esbofeteia Verónica. Verónica ainda consegue ver que Joaquim traz uma echarpe ao pescoço e fica desconfiada. No Mercado, Sofia vai até à banca de Matias e estranha que ele lhe fale com algum desdém. Quando tenta perceber o que se passa, Matias diz-lhe que já entendeu que ela e Heitor voltaram e ainda diz que Sofia deve ser daquelas mulheres que gosta de levar. Sofia fica extremamente magoada e diz-lhe que nunca o perdoará. No bar do Hotel, Gonçalo está visivelmente cansado e diz a Laura que nem dormiu só a pensar em Mike.

Laura aconselha-o a deixar a investigação para a polícia e descansa-o de que certamente o vão encontrar. Mike vai ter com Verónica à Atlântida. Diz-lhe que quer dinheiro pois tem de se ir embora porque Ana o reconheceu. Verónica diz-lhe que não tem o dinheiro ali com ela e combinam voltar a falar nessa noite. Nuno entra, cruzando-se com Mike, e estranha a sua presença perguntando a Verónica quem é o rapaz. Verónica mente e disfarça dizendo que é um dos colaboradores da empresa. Verónica conta a Nuno que acha que Joaquim é Félix pois é demasiada coincidência o uso da echarpe no sítio onde passou a bala. Ivana chega com Igor ao Lar, dizendo que vão levar o bebé e João, Olívia e Floriano correm com ele e trancam-se na sala de pessoal. Ivana e Igor tentam arrombar a porta enquanto Olívia liga para a polícia. Os russos conseguem arrombar a porta e tirar-lhes o bebé, mas acabam por ser detidos pela polícia quando tentavam sair do Lar.

RESUMO NAZARÉ – capítulo 146, terça, 14 de dezembro

Glória visita Toni na prisão que lhe pede que acredite na sua inocência. Glória tem dificuldade em acreditar porque sabe que pela Nazaré o filho faria qualquer coisa. Glória comenta ainda com Toni, que reage com grande surpresa, que foi Mike que violou Ana. Cris está no Hotel a imprimir mais alguns panfletos com a cara de Mike para espalhar pela vila quando Laura chega e diz que o inspetor Prata não concorda com o que eles estão a fazer. Cris vai ao computador e fica chocado quando vê uma página de compra de armas aberta. Na Atlântida, vemos Verónica a colocar dinheiro numa mala enquanto liga a Mike a perguntar onde se encontram. Laura, muito assustada, pergunta a Ana por Gonçalo, mas a filha diz-lhe que ainda não o viu. Nuno, que estava de saída para ir ter com Verónica, fica chocado ao ver a cara de Mike nos panfletos e ao perceber que foi ele quem assaltou o Hotel e violou Ana. Joaquim visita a filha na prisão.

Nazaré está derrotada e acha que vai ficar presa e pagar por todos os crimes que Verónica cometeu. Joaquim tenta dar-lhe força dizendo que vai arranjar forma de a tirar dali e que ela é muito mais corajosa do que ele alguma vez foi. Nuno chega a casa de Verónica e esta fica bastante animada com a sua chegada. Nuno, por outro lado, mostra-lhe, desconfiado, o panfleto com a cara de Mike e pergunta a Verónica que relação é que ela tem com aquele rapaz. Verónica fica tensa, mas disfarça e mente a Nuno, dizendo que Mike é um colaborador. Nuno não fica convencido! Joaquim e Duarte conversam sobre o plano para apanhar Verónica e Duarte diz a Joaquim que é impensável envolver Bernardo. Joaquim tenta convencer Duarte, dizendo que Bernardo é o único ponto fraco de Verónica. Na casa da família Carvalho, Sofia avisa Heitor que não o quer mais lá em casa. Heitor, manipulador e dissimulado, diz a Sofia que a casa também é dele e que vão ter de a partilhar.

Cris e Ana lamentam a situação do hotel enquanto Laura anda de um lado para o outro muito ansiosa. Cris pergunta à mãe se está assim pelo que viu no computador e por não saber de Gonçalo e Laura, apesar de só querer confirmar, descansa o filho dizendo que está tudo bem. Na quinta, Bernardo está com Duarte quando recebe uma SMS de “Félix” a marcar um encontro na Atlântida. Bernardo fica nervoso, mas pede a Duarte que não lhe faça perguntas. Duarte visita Nazaré na prisão e conta-lhe que Joaquim acabou por levar um tiro, de raspão, de Verónica na tentativa de fazer cumprir o seu plano para levar Verónica a confessar os crimes. Nazaré fica em pânico, não quer que mais ninguém se coloque em risco por ela, mas Duarte garante-lhe que vai correr tudo bem. No Mercado, Matias vai ter com Sofia para lhe pedir desculpa pela forma como lhe falou. Sofia, de rastos, conta-lhe que Heitor está lá em casa e que pretende ficar. Matias fica revoltado, mas Sofia diz-lhe que já falou com o advogado.

RESUMO NAZARÉ – capítulo 147, quarta, 15 de dezembro

Já no Restaurante, Glória oferece a sua casa a Sofia e aos filhos. Sofia fica comovida e agradece, mas diz que vai ter de resolver as coisas de outra maneira. Matias consola-a. Na Quinta, Duarte repara que Bernardo sai apressado e sem dizer onde vai. Duarte, furioso e desconfiado, liga a Joaquim para saber o que é que este fez. Nuno, desconfiado de Verónica desde que viu os panfletos, começa a colocar-lhe escutas em casa. Verónica entra, de surpresa, e quase apanha Nuno que consegue disfarçar. Bernardo está na Atlântida a aguardar a chegada do pai. Joaquim chega e começa a imitar a voz de Félix, deixando Bernardo aterrorizado de medo. Bernardo liga a Verónica a pedir que a mãe vá ter com ele à Atlântida pois o pai está lá, mas avisa-a que vá sozinha. Verónica, quando recebe a chamada, está com Nuno que insiste em ir com ela, mas esta recusa dizendo que o filho lhe pediu que fosse sozinha. Laura está na receção do Hotel quando vê Gonçalo entrar todo coberto em sangue. Laura fica em pânico e a única coisa que Gonçalo consegue dizer é que o sangue não é dele.

Verónica chega à empresa e as luzes estão todas apagadas. Verónica, cautelosa, chama por Bernardo que lhe responde do gabinete. Quando lá chega, Verónica dá com “Félix” a apertar o pescoço de Bernardo e o filho a implorar que a mãe confesse tudo pois, de outra forma, o pai vai matá-lo. Verónica, cuidadosa, parece estar a ceder quando, de repente, diz a Félix que se tiver coragem então que mate o filho. Duarte, acabado de chegar à empresa, entra sorrateiro e tenta perceber de onde veem as vozes. Precipita-se para o gabinete quando ouve Verónica dizer a “Félix” para matar o filho. Duarte vai em direção ao primo enquanto Joaquim tenta escapar, mas Verónica apercebe-se e acerta em Joaquim. Neste momento, o falso Félix é revelado. Já no quarto, Laura tenta manter-se racional enquanto Gonçalo chora desesperado e diz à mulher que quer contar tudo à polícia. Laura diz-lhe que tire as roupas e que confie nela para resolver a situação. De volta à Quinta, depois de toda a confusão, Bárbara está em choque com o que ouve e com o plano louco que Duarte e Joaquim engendraram. Joaquim, não querendo baixar os braços, diz que talvez ainda consigam encontrar a arma que Verónica usou para o balear.

Na cozinha do Hotel, Laura queima as roupas de Gonçalo quando Olívia entra a dizer que ficou preocupada porque lhe cheirou a queimado. Laura desvaloriza e sai com as roupas e com a arma de Gonçalo. Duarte está em chamada com Nazaré a contar-lhe que o plano dele e de Joaquim correu mal. Bárbara ouve a conversa e, em tom de provocação, fala do teste de gravidez e mete-se na conversa de Duarte com Nazaré. Prata vai ter com Laura ao Hotel e estranha o estado em que a encontra. O inspetor conta-lhe que foi descoberto o corpo de Félix e que este está mesmo morto, o corpo é que estava noutro jazigo. Laura fica preocupada com Toni. Verónica conta a Nuno que já encontraram o corpo de Félix e que ela não vai parar até saber quem moveu o corpo. Acrescenta que tem a certeza que Joaquim e Duarte estão metidos no assunto, mas não vai desistir até ter a certeza. Laura vai ver como está Gonçalo e aproveita para lhe contar que já se desfez do corpo de Mike. Gonçalo diz que acha melhor contar à polícia, mas Laura adverte-o que sem corpo não há homicídio. Gonçalo está devastado, mas Laura diz que não vai permitir que Mike magoe ainda mais a sua família.

RESUMO NAZARÉ – capítulo 148, quinta, 16 de dezembro

Heitor vai ter com Verónica e pede-lhe que o despeça e que comece a pagar-lhe por fora porque quer mostrar a Sofia que está um homem diferente e que já não trabalha para Verónica. A vilã acede ao pedido, mas exige a Heitor que, a partir de agora, esteja 100% disponível sempre que ela necessitar dos seus serviços. Joaquim fala com Luís e conta-lhe o plano que ele e Duarte têm andado a traçar no sentido de fazer Verónica confessar os seus crimes para ilibar Nazaré. Joaquim pede a ajuda de Luís para conseguir a arma com que Verónica o baleou e Luís acede. Matilde visita a filha na prisão e entrega-lhe uma carta de Toni. Nazaré lê a carta, muito emocionada, e pede à mãe que, caso fique presa, não desista de fazer a sua vida e perseguir a sua felicidade.

Em casa dos Carvalho, Heitor chega e conta a Sofia que foi despedido pois não aceitou fazer mais um trabalho sujo para Verónica. Sofia não dá tréguas e entrega a Heitor os papéis do divórcio. Luís chega a casa de Verónica e diz que foi apenas buscar umas coisas de Yara. Verónica, com desprezo, aponta-lhe o quarto e deixa-o seguir, sem ligar grande importância. Luís sobe as escadas e precipita-se para o quarto de Verónica na esperança de encontrar a arma. Verónica apanha-o e percebe que Luís esconde a arma com que baleou Joaquim. Luís empurra Verónica e consegue fugir. Verónica liga a Heitor, de imediato, a dizer-lhe para ir atrás de Luís e recuperar a arma seja de que maneira for.

RESUMO NAZARÉ – capítulo 149, sexta, 17 de dezembro

Luís chega a casa e entrega a arma a Joaquim que se apressa a escondê-la quando tocam à campainha. Luís abre a porta e Heitor entra encapuzado fazendo frente aos dois para conseguir recuperar a arma. Luís, empurrado por Heitor, cai e perfura o braço direito com um instrumento da lareira. Érica chega nesse momento a casa, sendo quase derrubada por Heitor, quando se depara com Luís inanimado a perder sangue. Érica, em pânico, liga para o 112 enquanto Joaquim chora desesperado dizendo que a culpa é dele. Mais tarde, Dolores fica a saber do plano de Joaquim e nem quer que este a acompanhe até ao hospital para ver Luís. Dolores está magoada e não perdoa Joaquim por ter posto em risco a vida do filho.

Nazaré vai até à sala de visitas da prisão quando vê Toni à sua espera. Toni pediu ao diretor da prisão para a visitar e pede-lhe que acredite que não foi ele que matou Félix. O jovem diz-lhe que vão arranjar maneira de sair dali os dois. Prata fica surpreendido quando Laura lhe dá a notícia de que vai desistir da PJ. Laura diz ao inspetor que muita coisa mudou e que agora é altura de se dedicar à família e ao Hotel. Ana, que escuta a conversa da mãe, comenta com o irmão e ambos confrontam Laura para que lhes explique esta decisão. Gonçalo assiste a tudo sabendo que a culpa é sua, mas Laura pede-lhe que se aguente pelo bem-estar da família.

Érica e Joaquim vão ao encontro de Verónica confrontá-la com o que fez. Verónica faz-se de sonsa e Érica ameaça a mãe que se continuar a magoar as pessoas que ela ama, a vai proibir de ver a neta. Na Quinta, Bárbara chama Duarte e diz-lhe que já começou a fazer o enxoval. Pede ao marido que vá buscar o teste para que vejam o resultado juntos. Duarte acede, mas o teste dá negativo. Verónica visita Nazaré na prisão e ameaça a jovem aconselhando-a a confessar que foi a responsável de todos os crimes em troca do bem-estar de Matilde. Nazaré perde a cabeça e salta para cima de Verónica.

NOVELA NAZARÉ: RESUMO SEMANAL DE 20 A 24 DE DEZEMBRO DE 2021

RESUMO NAZARÉ – capítulo 150, segunda, 20 de dezembro

No Restaurante, Glória fala com Ismael sobre a conversa que teve com o Gerente do bar e pede-lhe que volte a cantar. Ismael diz que não é capaz e, num impulso, beija Glória. A peixeira manda-o embora, mas fica abalada com o beijo. Heitor vai ter a casa de Verónica quando esta lhe diz que não lhe vai pagar pois o trabalho não foi bem feito. Heitor ameaça a vilã e avisa-a que o dinheiro também paga o seu silêncio. Nuno, através do seu computador, vai ouvindo a conversa dos dois pelas escutas e regista o nome de Mike e de Elsa. Fica desconfiado. Cris está triste com a partida de Olívia, mas a jovem diz que não vai ficar ali se Bernardo acabou com ela e era a única razão pela qual ela ficaria. Cris concorda com a amiga e deseja-lhe um bom regresso a Lisboa. Na Quinta, Duarte fala com o primo Bernardo e diz-lhe que devia ter ido ter com Olívia. Bernardo explica que não queria dar-lhe falsas esperanças de que voltariam a namorar. Duarte olha-o sério e pede-lhe que não tenha medo de ser feliz.

Nuno, inquieto com a conversa que ouviu através das escutas em casa de Verónica, vai visitar Nazaré à prisão para tentar descobrir quem é Elsa e Mike. Nazaré conta que Elsa foi a enfermeira que Félix e Verónica contrataram para drogar Matilde e Bernardo. Em relação a Mike não sabe nada. Nuno segue para casa de Verónica e, muito nervoso, procura pelas escutas. Verónica aparece, de surpresa, e mostra-lhe as escutas dentro de um saco. Ordena a Nuno que se dispa para ter a certeza de que não traz escutas consigo. Nuno acusa-a de ser uma assassina e diz-lhe que já sabe de todos os seus crimes. Instala-se uma grande discussão entre os dois em que Verónica diz que não foi a culpada pelos incêndios mas Nuno, de cabeça perdida, acusa-a da morte de Joana e do seu filho. Verónica vai buscar a arma e aponta-a a Nuno mas, no último minuto, é incapaz de disparar e grita-lhe que se vá embora. Isabel vai até ao Mercado na tentativa de sondar a opinião dos vendedores. Faz compras na banca de Dolores e de Glória que se mostram contra grandes superfícies e defensoras acérrimas do Mercado. Isabel comenta com a sua assistente que não será uma luta fácil.

RESUMO NAZARÉ – capítulo 151, terça, 21 de dezembro

Bernardo vai ao Lar e começa a gritar por Olívia. Ermelinda avisa-o que se for a correr ainda é capaz de a apanhar antes do comboio partir. Bernardo acha que se ela o abandonou não vale a pena correr atrás. Verónica chega à Atlântida e fica surpreendida por encontrar Isabel, uma amiga sua de longa data. Isabel conta a Verónica que está ali para investir na região e que já comprou o Lar Terceira Onda onde pretende fazer um resort e que está a pensar comprar o Mercado para fazer um centro comercial. Verónica fica entusiasmada e diz à amiga que espera que a decoração fique a seu cargo. Gonçalo tem pesadelo e acorda muito agitado, chora e diz a Laura que matou um homem e que não consegue viver com esse peso. Laura acalma o marido e diz que juntos vão ultrapassar o problema. Ana comenta com o irmão que não acha normal a decisão da mãe de ter desistido da PJ assim sem razão aparente. Cris acha que a irmã está a exagerar, mas Ana permanece desconfiada. Nuno encontra-se com Joaquim no Hotel e diz-lhe que desconfia de Verónica mas que infelizmente não conseguiu encontrar nenhuma prova que ajude Nazaré. Já na sua cela, Nazaré recebe o apoio de Olga no dia de nova audiência no tribunal. Nazaré agradece à companheira e diz que tudo se torna mais fácil com ela.

Nazaré e Toni aguardam no corredor do tribunal enquanto falam sobre as expetativas para a audiência e Toni vai-se declarando a Nazaré dizendo que com ela é feliz em qualquer lugar. Duarte chega com Bárbara e comunica a Nazaré que não conseguiu nada que a inocentasse. Decorre o julgamento de Nazaré enquanto vemos que Toni, Duarte e Nazaré testemunham. Sem que ninguém espere, o Dr. Leonardo recebe um envelope anónimo com a indicação de que o que lá está vai inocentar Nazaré. O advogado insiste em mostrar a pen e vemos as imagens da morte de António no ecrã da sala de audiências. Nazaré chora de felicidade, Duarte chora por estar a reviver a morte do pai e o juiz avisa todos os presentes que não aceita aquela prova antes que a mesma seja verificada. Na casa Félix, Verónica aparenta estar calma enquanto Heitor está com receio do julgamento da Nazaré e do que possa decorrer daí. De repente, Verónica olha para Heitor e diz que já sabe como vai recuperar a neta e que será através de Cris. Verónica diz a Heitor que vai precisar dos seus serviços.

RESUMO NAZARÉ – capítulo 152, quarta, 22 de dezembro

Na sala de visitas da prisão, Toni diz a Nazaré que não matou Félix e que muito menos era ele quem tinha aquela pen pois, se fosse esse o caso, tinha-a entregue há muito tempo. Gonçalo continua sem saber gerir a situação em que se encontra e desabafa com Laura que também desaba, não é fácil para nenhum deles. Laura, contudo, pede a Gonçalo que se aguente e que tente não dar mais aso às dúvidas de Ana. Nazaré comenta com Olga que não faz ideia quem possa ter entregue a pen. A companheira diz-lhe que não conhece Toni mas, pelo que ela conta, não lhe parece que tenha sido ele. Nazaré fica pensativa, mas Olga aconselha-a a concentrar-se é na sua liberdade. Na Quinta, Duarte diz a Bernardo que não interessa quem entregou a pen mas sim que Nazaré será libertada. Bárbara e Bernardo falam da possibilidade de ter sido Toni, mas Duarte defende-o. Verónica vai até ao Hotel e entrega a Nuno tudo o que restava dele na sua casa. Nuno está admirado que Verónica tenha ido ter com ele sozinha e garante-lhe que não a deixará em paz.

RESUMO NAZARÉ – capítulo 153, quinta, 23 de dezembro

Heitor vai ter com Verónica e confirma que já tem a dose de heroína que ela pediu. Verónica dá-lhe ordens para ir ao Hotel, drogar Cris e esconder o resto da droga no seu quarto. No Lar, Ermelinda e Floriano comentam, com alguma estranheza, a saída repentina de tantos idosos de lá. Ismael diz que não sabe o que se passa e olham-se preocupados. Na Quinta, Duarte pede a Bárbara que se despache para não chegarem tarde ao julgamento. Bárbara apressa-se a dizer que não quer demorar muito tempo pois esteve a medir a temperatura e a verificar que é o dia certo para engravidar. Érica vai buscar Yara ao Hotel e está a enchê-la de beijinhos enquanto agradece a Cris todo o cuidado e dedicação que tem à filha. A jovem elogia-o dizendo que nunca esperou que se tornasse num pai tão incrível. Heitor entra no Hotel sem ser visto e desliga o sistema de vigilância. De seguida, precipita-se para o quarto de Cris. Quando este sai da casa de banho, bebe a água, que o faz cair inanimado. Já com Cris na cama, Heitor dá-lhe uma dose de heroína e espalha o resto pelo quarto.

No Tribunal, Nazaré é declarada inocente e todos festejam esta vitória quando o inspetor Prata surge para deter Duarte. O choque é geral quando o inspetor afirma que encontraram a impressão digital de Duarte na pen que foi entregue em tribunal com as imagens da morte de António e que esse facto torna Duarte um dos suspeitos da morte de Félix. Bárbara fica em choque e diz ao inspetor que deve haver algum erro. Nazaré e Joaquim também tentam ajudar e defender Duarte, mas o inspetor diz que o jovem terá de o acompanhar para prestar declarações. Verónica está satisfeita por Duarte estar a ser acusado da morte de Félix enquanto Heitor tem receio do que Nazaré possa fazer contra eles a partir de agora. Verónica tenta descansá-lo dizendo que vai encontrar forma de manter Nazaré em silêncio. Na receção do Hotel, Laura comenta com Ana que deviam começar a investir em publicidade para voltar a chamar hóspedes ao hotel. Ana tem dificuldade em concentrar-se na conversa da mãe porque ouve Yara a chorar sem parar. Quando chega ao quarto de Cris, Ana grita assustada e chama Laura ao ver o estado em que irmão se encontra. Ana pega na sobrinha ao colo enquanto Laura tenta acordar o filho.

RESUMO NAZARÉ – capítulo 154, sexta, 24 de dezembro

Isabel está no Mercado e aproveita para meter conversa com Matias dizendo-lhe que podia ser modelo ou ator porque tem muito bom ar. Dolores, que ouve a conversa, insulta Isabel dizendo que ela quer é tirá-los a todos do mercado, mas que não vai conseguir. Érica fala com Laura, na receção do Hotel, e exprime a raiva que sente de Cris pois não entende como foi capaz de voltar a meter-se nas drogas. Laura compreende a posição da jovem mas pede-lhe, encarecidamente, que não afaste Yara de Cris. Laura sobe ao quarto do filho e procura pela restante droga quando Gonçalo e Cris surgem e este diz à mãe que não sabe o que aconteceu, mas que não se drogou. Ninguém acredita nele.

Duarte está a ser interrogado pelo Inspetor Santos quando diz que efetivamente viu as imagens que estavam na pen, mas que não ficou com ela, o tio levou a pen consigo e Duarte nunca mais soube qual o seu paradeiro. Duarte está desesperado e pede ao Inspetor que investiguem esta história. Na Atlântida, Verónica fica surpreendida quando vê o Inspetor Santos a entrar. O Inspetor informa-a de que vão apreender todo o material informático. Heitor fica nervoso quando se apercebe do que se está a passar, mas Verónica acalma-o dizendo que não há nada nos computadores que os comprometa pois desfez-se de tudo depois de descobrir as escutas que Nuno lhe tinha posto em casa. Cris vai a casa dos Soares falar com Érica pois quer dar-lhe uma justificação. O jovem diz que não fez nada e não sabe como aquilo aconteceu. Érica exalta-se e Joaquim aconselha Cris a ir-se embora antes que as coisas piorem.

Matias liga a Glória a avisar que vai buscar Toni à prisão pois o Juiz alterou a medida de coação e o irmão já pode sair. Quando Matias chega para ir buscar Toni, o jovem não está lá. Duarte regressa a casa com pulseira eletrónica e agradece ao Dr. Leonardo toda a ajuda. Bernardo, visivelmente agitado, pergunta ao primo se foi ele que matou Félix e Duarte diz-lhe que não lhe faltou vontade, mas que não foi ele que o matou. Bernardo acredita no primo e está determinado a descobrir o verdadeiro culpado. Na Quinta, tocam à campainha. É Toni que exige a Duarte que confesse que foi ele que matou o tio e que acabe de tentar incriminar pessoas inocentes. Duarte desmente Toni e diz-lhe para se ir embora, mas os dois envolvem-se à pancada. Já no Restaurante, Toni chega com o nariz com sangue para o espanto de todos. Nazaré pergunta-lhe o que se passou e ele diz que foi tirar satisfações com Duarte. Nazaré fá-lo ver que Duarte pode ser inocente, tal como eles, e estar a ser acusado injustamente.

NOVELA NAZARÉ: RESUMO SEMANAL DE 27 A 31 DE DEZEMBRO DE 2021

RESUMO NAZARÉ – capítulo 155, segunda, 27 de dezembro

Matilde e João voltam a discutir e decidem que será melhor ficar cada um a viver no seu sítio pois não estão a conseguir partilhar a rotina diária da casa. Nazaré vai até à Quinta saber como está Duarte pois já soube que Toni lá foi a casa. Bárbara, quando a vê, apronta-se a fazer uma cena de ciúmes, mas Nazaré desvaloriza e diz que foi apenas ver como estava Duarte. No bar do Hotel, Toni e Nazaré discutem se devem acreditar em Nuno ou não quando um jornalista aborda Nazaré e ela decide dar a entrevista. Nazaré acusa Verónica de todos os crimes e diz, alto e bom som, que Verónica é uma mentirosa e uma manipuladora que tentou incriminar toda a gente para se safar.

Toni e Nazaré estão reunidos com Nuno quando ele lhes diz que acha que não deviam pensar neste processo através de Verónica, mas sim de Félix, que ainda que esteja morto pode ajudar. Os três falam com Ana que tenta lembrar-se de alguma coisa estranha que tenha acontecido com Félix aquando da sua estadia no Hotel. Ana lembra-se da discussão que Félix teve com Duarte e que Bárbara também lá estava. Nuno fica a pensar em Bárbara. Cris, a ressacar, invade o quarto de um cliente e rouba-lhe dinheiro. Toni conta ao inspetor Prata aquilo que Ana lhes contou e aproveita para tenta enterrar ainda mais Duarte.

RESUMO NAZARÉ – capítulo 156, terça, 28 de dezembro

Laura dá pelo filho todo drogado, bate-lhe e chora desesperada. Gonçalo tenta acalmar os ânimos e leva Cris para lhe dar um banho. Laura diz que não aguenta mais e Gonçalo desabafa e diz-lhe que devia ter confessado o seu crime à polícia pois será menos um peso para ela. Ana ouve a confissão do pai. Isabel mostra a Verónica a entrevista que Nazaré deu e diz à amiga que devia processar a rapariga. Tocam à campainha e para surpresa de Verónica é Nazaré. Nazaré enfrenta Verónica dizendo-lhe que já não tem medo dela e que a vai destruir, dê por onde der. Isabel, em choque, diz à jovem que largue a amiga mas Nazaré não se intimida e olha Verónica nos olhos dizendo que a vai fazer pagar.

O Inspetor Santos vai até à Quinta para falar com Bárbara, que fica muito nervosa. Bárbara conta que Duarte tinha uma arma, no dia da discussão com Félix, e automaticamente percebe que falou demais. Duarte aparece e o Inspetor confronta-o com a história da arma. Duarte justifica-se dizendo que não contou porque esse detalhe não era importante. A arma ficou no quarto de Félix e Duarte não fez nada com ela como também é inocente na morte do tio. Glória vai ao Lar entregar a encomenda de bacalhau a Ismael. Quando entra na sala de pessoal dá com Ismael em tronco nu e fica em pânico. Glória quer ir embora, mas Ismael puxa-a para si, sedutor. Glória quase se rende mas, de repente, vira-lhe as costas e sai a correr. Quando chega ao Restaurante, ainda abalada pelo episódio com Ismael, dá com Toni a assistir na televisão à entrevista de Nazaré. Na Quinta também Duarte e Bárbara assistem à entrevista de Nazaré sobre o sorriso de Duarte perante a frontalidade da jovem. Bárbara, com ciúmes, comenta que Nazaré está a prejudicar não só a Verónica, mas também a Atlântida.

Ana vai à receção do Hotel e pede a Laura e a Gonçalo para falar com eles. Ana diz aos pais que já sabe o que se passou, entre lágrimas. Laura pede à filha que não conte a ninguém enquanto Gonçalo, desfeito, diz à filha que percebe que seja demais para ela. Ana nega e abraça o pai com força anuindo ao pedido. Durante a refeição, Gonçalo mostra-se abatido, mas Ana dá a mão ao pai em sinal de apoio. Cris chega, completamente drogado, e deixa cair a taça da salada. Laura tem um ataque de fúria e sai exausta. No dia seguinte, de manhã, Cris acorda com a mãe a fazer-lhe as malas. O jovem não acredita no que está a acontecer e promete tratar-se, mas Laura esta irredutível e diz-lhe que tem de sair. Cris desce com as malas até à receção onde estão Ana e Gonçalo visivelmente tristes e abatidos. Cris pede clemência, mas nenhum dos três se verga e o jovem acaba por ir embora destroçado. Verónica chega a casa dos Soares e diz a Érica que veio ver a neta e aproveita para lhe entregar os papéis com o pedido da guarda de Yara.

RESUMO NAZARÉ – capítulo 157, quarta, 29 de dezembro

Quando regressa à Atlântida, Verónica fica a saber, através da secretária Maria, que as ações da empresa estão a descer e tudo devido à entrevista de Nazaré. Verónica, apesar de algo apreensiva, desvaloriza e acha que rapidamente as pessoas se vão esquecer da entrevista. Isabel está no Mercado, a comprar mais uma das bancas, quando Dolores e Glória vão tirar satisfações. Isabel avisa-as de que metade do Mercado já é seu e que tem planos para fazer ali um ótimo centro comercial. Na Quinta, Bárbara sai para uma reunião quando Duarte ouve um barulho e estranha não ser Bárbara. Sem que esteja à espera, Nazaré aparece, de repente, e ambos se riem porque Duarte estava pronto para lhe bater por achar que podia ser um ladrão. Duarte agradece-lhe a entrevista, mas pede-lhe que tenha cuidado com Verónica. Nazaré diz-lhe que vai fazer de tudo para o proteger.

Isabel fala com Verónica na Atlântida quando a secretária entra e avisa Verónica de que a reunião que tinha agendada acaba de ser cancelada. Verónica não entende, ao início, o que se está a passar até receber uma chamada do advogado dizendo que, se a situação continuar assim, Verónica vai perder a empresa. Érica entra no gabinete da mãe e pede-lhe por favor que desista da guarda de Yara. Verónica não cede. No Hotel, Laura recebe uma carta do Tribunal e fica a saber, naquele momento, que Verónica pediu a guarda total de Yara. Na Quinta, Érica fala com o primo e mostra-lhe o seu desespero só de pensar na ideia de que pode perder a filha. Duarte mostra-se disponível para ajudar no que for necessário e impedir que Verónica consiga ficar com a guarda de Yara. Bernardo vai ao Lar encontrar-se com Ermelinda, a seu pedido. Ermelinda fala com o jovem e pede-lhe ajuda para perceber o que se passa no Lar pois ultimamente têm desaparecido muitos idosos de uma forma misteriosa.

RESUMO NAZARÉ – capítulo 158, quinta, 30 de dezembro

Na Atlântida, a secretária Maria chega com más notícias avisando Verónica de que um dos seus clientes cancelou a encomenda. Verónica, furiosa, liga ao cliente e diz-lhe que as coisas não podem ser feitas assim pois há um contrato a cumprir. Quando desliga a chamada, recebe uma de Bernardo a pedir-lhe para se encontrar com ele na Quinta. Verónica acede. Ismael, Dolores e Glória estão no Restaurante quando ouvem um grande alvoroço no Mercado e saem a correr. Isabel discursa para os vendedores dizendo que os quer ajudar e tentando, ao mesmo tempo, comprá-los. Dolores, revoltada, cobre uma das ofertas que Isabel fez a uma vendedora. Isabel olha-a e desafiando-a pergunta se terá dinheiro suficiente para cobrir todas as outras propostas. Toni e Nuno falam no bar do Hotel. Ambos pensam que Duarte é culpado da morte de Félix e Toni pergunta a Nuno se está disposto a ajudá-lo na investigação. Toni, no entanto, tem receio desta parceria por causa de Nazaré pois já sabe que ela não vai concordar. Nazaré desabafa com a mãe e diz-lhe que não acredita que Duarte seja culpado, mas também não consegue dizer que Toni não possa ter alguma razão. Matilde aconselha a filha a pensar com o coração e a seguir com esse instinto.

Em casa dos Carvalho, Heitor mostra-se preocupado com a saúde do filho enquanto Sofia diz que acha melhor Pipo ir para uma clínica para que recupere com o devido acompanhamento. Mal Heitor percebe que o filho não quer, aproveita para o defender e pôr-se do seu lado. Nazaré e Matias estão com Sofia a ensiná-la algumas técnicas de defesa pessoal. Nazaré está empenhada e vai mostrando a Sofia alguns movimentos, mas Sofia começa a recordar-se dos episódios de agressão que viveu com Heitor e, em lágrimas, pede que parem. Verónica chega à Quinta e é surpreendida com a presença de Érica, Duarte, Laura e Gonçalo que lhe dizem que não vão permitir que fique com a guarda de Yara e que tenha a certeza de que vão lutar com todas as suas forças para garantir que tal não acontece. Cris bate à porta dos Soares e implora que o deixem lá ficar. Cris está ressacado e diz que a mãe o expulsou do hotel e que não tem para onde ir. Dolores não pode fazer nada por ele e Cris vai embora sob o olhar emocionado de Érica.

No Hotel, Ana está muito preocupada com o irmão pois não tem notícias dele e comenta com a mãe que tem medo que ele morra. Laura diz-lhe que reza todos os dias para que isso não aconteça. Duarte convoca uma reunião com os membros do conselho da Atlântida, na Quinta, e pede-lhes encarecidamente para que não permitam que Verónica afunde a empresa pois falta pouco para que seja provado que ela é uma criminosa e aí a queda da empresa será fatal. Verónica, de regresso à Atlântida, é apanhada de surpresa pelos membros do conselho que lhe pedem que abandone a empresa para impedir uma desgraça pois, dado os últimos acontecimentos, é o que vai acontecer se ela continuar na frente. Verónica diz-lhes que é a melhor presidente que aquela empresa alguma vez teve e, já descontrolada, diz que não vai a lado nenhum. Duarte recebe notícias da Atlântida e conta a Bárbara que Verónica não aceitou sair. Duarte começa a pensar num plano B e liga ao Dr. Leonardo.

RESUMO NAZARÉ – capítulo 159, sexta, 31 de dezembro

Nazaré vai até à Quinta, a pedido de Duarte e de Dr. Leonardo, que lhe pedem que testemunhe contra Verónica, uma vez que foi considerada inocente e o seu testemunho poderá ajudar a que Verónica seja impedida de permanecer na Atlântida. No Mercado, Dolores discursa, bastante emocionada, para os seus colegas vendedores apelando a que se unam para desmantelar o plano de Isabel e manter o mercado. Isabel olha-a e diz que, ao lado dela, são todos apenas umas formigas. Ismael chega ao Lar, vem de um velório, e todos querem saber porque é que andam idosos a desaparecer dali. Bernardo garante que vai tentar contactar as pessoas que saíram sem dizer nada. Na Atlântida, Verónica está a verificar as contas da empresa quando se lembra da conversa que teve com Isabel e pede à secretária Maria que lhe chame o contabilista. Nazaré e Toni falam sobre a audiência em tribunal e a possibilidade de que o testemunho de Nazaré seja válido.

Toni fica com ciúmes, mas Nazaré explica que não está a fazer isto apenas por Duarte, mas sim por ela pois é a culpada de Duarte ter perdido tudo. De regresso a casa, Verónica abre o cofre e guarda vários maços de notas que trouxe consigo. Em casa dos Carvalho, Pipo comunica à família que decidiu ir para a clínica. Sofia mostra ao filho o seu apoio e Carol diz ao irmão que o adora e que pode contar com ela para tudo. Mais tarde, Sofia vai ao encontro de Matias e, em lágrimas, desabafa sobre a ida de Pipo para a clínica pois não sabe se terá sido a melhor decisão e tem medo que ele não recupere. Matias consola-a e Sofia acaba por beijá-lo, arrependendo-se e saindo a correr. Depois de Nazaré contar a Laura e Gonçalo que Cris está a dormir no Mercado, Gonçalo sai e vai ao encontro do filho. Gonçalo leva comida e dinheiro a Cris e pede-lhe que vá passar a noite num hotel. Mal vira costas, Cris faz uma chamada a pedir droga. No seu quarto, Bárbara e Duarte fazem amor. Bernardo interrompe-os e chama Duarte com urgência.

NOVELA NAZARÉ: RESUMO SEMANAL DE 03 A 07 DE JANEIRO DE 2022

RESUMO NAZARÉ – capítulo 160, segunda, 03 de janeiro

Leonardo, na sala, aguarda Duarte com a carta da decisão do tribunal sobre a Atlântida. Verónica recebe uma chamada de Duarte a pedir que se encontre com ele na Quinta. Verónica acede e, quando chega, Duarte apresenta-lhe o documento com a conclusão do processo da empresa em que mostra que Duarte é sócio maioritário e que a empresa é dele novamente. Verónica, completamente descontrolada diz que não lhe vai dar a empresa, depois olha para a pulseira e diz que será muito difícil tirá-la de lá se nem sequer pode sair de casa. Duarte olha-a, confiante, e avisa-a de que não precisa de ir à empresa para garantir que ela vai sair. De volta a casa, Verónica liga ao advogado furiosa quando percebe que Duarte só conseguiu recuperar a empresa por causa do depoimento de Nazaré. O advogado diz-lhe que podem sempre recorrer da decisão do tribunal e Verónica diz que a única coisa que quer é manter Duarte longe da Atlântida. No gabinete da presidência da Atlântida, Bárbara comunica a Verónica que tem de sair.

Verónica olha-a, altiva, e diz que não sai. Bárbara chama o Dr. Leonardo que apresenta a Verónica todos os documentos que a destituem e que a obrigam a retirar-se. Bárbara chama os seguranças que acompanham Verónica à saída. A vilã diz a Bárbara que avise Duarte que não se vai ver livre dela assim tão rápido. Já sozinha, Bárbara senta-se à secretária e desfruta do momento. Nazaré partilha a sua felicidade com Toni e Matilde por saber que Duarte conseguiu recuperar a empresa. Matilde fica contente por, desta vez, Verónica ter tido o que merecia. Duarte pede a Bárbara que lhe traga os relatórios de contas da empresa pois quer saber o que Verónica andou a fazer nos últimos tempos. Bernardo vai ao Lar e diz a Ermelinda que já descobriu o que se passa com os utentes desaparecidos. O jovem explica que estão a ser recolocados noutras casas de acolhimento e Ermelinda, furiosa, quer ir tirar satisfações com Isabel. A empresária, sempre muito simpática, explica a Ermelinda que estão a mover os idosos porque querem fazer obras para melhorar o lar e nega que seja porque querem fechar.

RESUMO NAZARÉ – capítulo 161, terça, 04 de janeiro

Laura fica surpreendida por ver Joaquim no Hotel. Joaquim conta que Dolores o expulsou de casa depois do acidente de Luís, mas que espera que reconsidere e que a sua estadia ali seja curta. No decorrer da conversa, Gonçalo vê Cris na cozinha do Hotel e vai ter com ele. Cris diz ao pai que o roubaram, mas Gonçalo não consegue acreditar nele e manda-o embora sem lhe dar mais dinheiro. Na Quinta, Érica comenta com todos, bastante desesperada, que Luís pode perder o braço por causa do acidente e que não sabe como vai enfrentar a mãe em relação ao pedido da guarda de Yara. Duarte tenta acalmar a prima e fazê-la ver que estão todos do seu lado. Bárbara, só nesta altura, fica a saber do que se está a passar com o irmão. Heitor vai ter com Verónica e mostra-se muito nervoso com o que Nazaré possa dizer ou fazer agora que foi considerada inocente. Verónica sossega-o dizendo que está tudo controlado, mas que agora não lhe vai conseguir dar mais dinheiro uma vez que passou a sócia minoritária da empresa.

Sofia chega a casa e dá com Heitor a mostrar a casa a um agente imobiliário. Sofia fica revoltada por não ter sido avisada e Heitor diz-lhe que está sem dinheiro e que precisa de vendar a casa urgentemente. Bárbara chega a casa, depois de visitar o irmão, e comenta com Duarte que Luís está mesmo muito em baixo. Duarte pede-lhe que se sente e confessa-lhe que esteve a rever as contas da Atlântida e que a empresa sofreu um desfalque e está tudo a zeros. Duarte e Bárbara estão incrédulos com o desfalque que Verónica fez, mas acham que a conseguem apanhar devido à rapidez com que fez as coisas. Bernardo, que chega naquele momento, pergunta a Duarte o que é que a mãe fez e Duarte conta a verdade ao primo. Duarte chega à conclusão que não recuperou apenas a Atlântida, como vai ter de salvar a empresa da falência.

Em casa, Verónica dá dinheiro ao contabilista da Atlântida para se ir embora. Isabel chega e cruza-se com o contabilista, estranhando a sua presença. As amigas falam sobre o Mercado e Isabel comenta que os vendedores, liderados por Dolores e Glória, vão seguir em frente com o calendário solidário com fotografias. No Mercado decorre a sessão fotográfica e estão todos prontos mas João, o fotógrafo responsável, acha que falta ali qualquer coisa. Toni dá a ideia de que os homens deviam estar de tronco nu e João fica a considerar a ideia. João acha que podem fazer uma coisa com alguma nudez, mas com bom gosto, Glória é contra. Ismael, de repente, fica em tronco nu e Matias e Toni imitam-no, mas dizem logo que a mãe não se despe.

RESUMO NAZARÉ – capítulo 162, quarta, 05 de janeiro

Na Atlântida, Bárbara confronta Verónica e diz-lhe que sabe que foi ela que fez o desfalque na empresa. Verónica, sonsa, disfarça e diz que não tem nada a ver com isso e tenta imputar as culpas para a contabilidade. Em casa dos Carvalho, Carol sai para ir ter com Matias e Sofia começa a preparar o café da manhã. No café de Heitor, Sofia coloca umas gotas para o drogar. Heitor bebe o café e começa a sentir-se mal apercebendo-se que Sofia o drogou. Heitor cai inanimado no sofá. Nazaré, apressada, sai de casa para ir ter com Sofia. Quando chega a casa dos Carvalho, Nazaré quer obrigar Heitor a confessar. Heitor faz-se de forte e ainda se ri, gozando com as duas. Sofia perde a cabeça e começa a bater-lhe, lembrando-se de todos os episódios que viveu com ele. Nazaré pede à amiga que saia de casa e diz que lhe liga quando puder.

Em casa de Verónica, Isabel acaba de tomar o pequeno-almoço quando a amiga desabafa que está nervosa pois tem a conferência no tribunal para saber se fica com a guarda da neta ou não. Isabel diz à amiga que sempre conseguiu tudo o que quis e que, desta vez, não será diferente. Nazaré continua a pressionar Heitor e este, fingindo ter ficado sem forças, num movimento brusco consegue dar uma cabeçada a Nazaré que desmaia. Heitor tenta soltar-se. Sofia volta a casa e fica em choque ao ver a sala vazia. Sofia apressa-se a ligar a Nazaré e fica em pânico quando percebe que o telemóvel da amiga está ali na sala, mas nem sinal dela. Nazaré acorda e vê Heitor a olhá-la e a fechar o porta bagagens. Nazaré grita desesperadamente.

Chegados do Tribunal, Bernardo está chateado com Érica porque a irmã não disse mal de Cris na conferência. Érica explica ao irmão que seria incapaz de piorar, ainda mais, a situação de Cris uma vez que nem apareceu na conferência da guarda da filha. De repente, tocam à campainha e é o inspetor Santos. O Inspetor diz a Bernardo que tinha razão quando lhe disse que deviam fazer uma nova perícia ao carro de Félix explicando que encontraram uma bala na carroçaria do carro que correspondia à arma de Félix, vista pela última vez na posse de Duarte. Sofia assoma ao Mercado e vai falar com Nuno e Toni contando o plano que tinha com Nazaré para fazer Heitor confessar. Sofia conta-lhes que Nazaré desapareceu e Heitor também, sem deixar rasto. Seguem todos à procura de Nazaré.

RESUMO NAZARÉ – capítulo 163, quinta, 06 de janeiro

Heitor para o carro numa estrada vazia e, quando abre o porta bagagens, Nazaré dá-lhe um pontapé e Heitor cai para trás. Nazaré começa a correr, em fuga, e quando Heitor se prepara para ir atrás dela aparece Nuno, que lhe aponta uma arma. Heitor e Nuno trocam palavras ameaçadoras e Nuno diz-lhe que sabe que ele é o homem de confiança de Verónica e que é também o responsável pelo fogo que lhe matou a mulher e o filho. Na estrada abandonada, Nuno continua com a arma apontada a Heitor. Nazaré aparece e impede Nuno de disparar. Heitor consegue fugir e Nuno fica revoltado com Nazaré por lhe ter estragado o plano. Depois da visita do Inspetor Santos, Bernardo fica com dúvidas em relação ao envolvimento do primo na morte do pai. Duarte, já desesperado, diz a Bernardo que não tem a arma e que não foi ele quem matou Félix mas que, se mesmo assim, Bernardo não acredita nele pode procurar pela casa toda e nas suas coisas a ver se encontra alguma prova do seu envolvimento.

Na casa Silva, Sofia está muito nervosa com aquilo que Nuno e Nazaré lhe contam e tem a certeza que Heitor não vai fugir sem levá-la a ela e a Carol consigo. Joaquim acaba de chegar à casa Gomes e agradece à filha e a Matilde o gesto não sabendo, porém, se merece esta consideração, mas Nazaré diz-lhe que ele tem sido o pai que ela sempre quis. Em casa dos Soares, Dolores mostra a Érica o seu apoio e fá-la ver que não está sozinha. A jovem tem de voltar ao Tribunal e nem sabe o que vai dizer. Entretanto Cris aparece, visivelmente drogado, e diz que vai acompanhá-la. Érica, revoltada, expulsa-o entre lágrimas. Na Quinta, Bárbara desabafa com o marido e diz-lhe que está muito preocupada com o irmão pois podem ter de lhe amputar o braço. Duarte comenta com Bárbara a visita do Inspetor Santos e pede-lhe que vá ao banco negociar o empréstimo para a Atlântida. Verónica fala com Isabel e diz-lhe que vai precisar da sua ajuda. Verónica acaba de explicar o plano a Isabel, que aceita ajudá-la, e liga a Bernardo a pedir ao filho para ir lá a casa.

Bernardo está com a mãe, que lhe diz que tem saudades dele e pede que deixem o passado para trás, mas Bernardo continua a achar que a mãe é a responsável pela morte. De repente, Isabel chega e acusa Verónica de ter roubado a Atlântida e de ter deixado a empresa na ruína, encenando tudo tal e qual como ficou combinado com Verónica. Quando Bernardo regressa à Quinta, comenta com o primo o que se passou, que era exatamente aquilo que Verónica pretendia. No Mercado, João anuncia que os primeiros calendários estão prestes a sair. Joaquim dirige-se à banca de Dolores para tentar ajudar com a clientela. Dolores manda-o embora, cheia de raiva. Joaquim percebe que Dolores já sabe que ele foi viver para casa de Matilde. No Lar, Ismael, depois de investigar o paradeiro dos utentes que desapareceram misteriosamente, conta a Ermelinda que esses idosos estão a ser recolocados noutros lares, sem condições. Todos concluem que Isabel esteve, este tempo todo, a mentir-lhes.

RESUMO NAZARÉ – capítulo 164, sexta, 07 de janeiro

Érica fala com a mãe sobre Yara quando Verónica lhe diz que o único acordo que aceita é que Yara vá viver com ela. Érica, já de rastos, diz à mãe que se é isso que é preciso para que fiquem todos em paz que permite que a filha vá viver com ela na condição de ela ir também. Isabel vai até à Quinta encontrar-se com Duarte. A empresária, cumprindo o plano da amiga, diz a Duarte que confiava em Verónica até ter descoberto o que fez com a empresa e diz a Duarte que está disposta a ajudá-lo. Isabel propõe a Duarte a compra da Atlântida por 100 milhões de euros. Na casa Félix, Érica está frente a frente com Verónica e pergunta à mãe se voltar para casa com a filha, se a mãe esquece a questão da guarda de Yara. Verónica avisa a filha que, se voltar, vai ter de cumprir as suas regras.

Na Quinta, Duarte diz a Isabel que não está disposto a vender a empresa. Isabel, sonsa e sem querer dar muito nas vistas, diz-lhe que lhe dá dois dias para pensar no assunto. Toni está em casa de Sofia e acaba de mudar a fechadura da porta. Sofia tem medo que, ainda assim, Heitor consiga entrar e tem medo do que possa acontecer. Carol não entende aquilo tudo e acredita que o pai mudou, mas Sofia pede-lhe, por favor, que estejam unidas e em sintonia. Nuno vai a casa de Verónica e, de forma brusca, pergunta-lhe por Heitor. Verónica diz que não sabe dele e, quando Nuno sai, apressa-se a deixar uma mensagem de voz a Heitor dizendo que não volte. Isabel chega e devolve as chaves de casa a Verónica para evitar que desconfiem que elas são amigas e conta-lhe que Duarte não aceitou vender a empresa. Em casa dos Soares, Bernardo pede à irmã que não volte para casa da mãe e Dolores apoia-o. Érica diz-lhes que não há outra solução para parar esta guerra e pede que respeitem a sua decisão e que não digam nada ao Luís.

Ermelinda e Floriano bebem chá quando Isabel aparece e diz a Floriano que vai ter de o recolocar noutro Lar. O casal fica em desespero com a notícia e Ermelinda começa logo a engendrar um plano. Ana leva Laura até ao Mercado e implora à mãe que deixe Cris voltar para casa. Cris está com um ar degradante e tanto Ana como Laura não conseguem conter o choro. Laura acede e, já no Hotel, ajuda Cris a instalar-se. Diz que vão ligar para uma clínica de reabilitação e que, a partir daquele momento, Cris não pode sair do quarto. Cris está disposto a cumprir as regras da mãe. Na Quinta, Bárbara diz a Duarte que acredita que ele se virá a arrepender de não vender a empresa, mas Duarte recusa-se a pensar em vender a Atlântida e está determinado em arranjar financiamento.

*O resumo da novela Nazaré pode sofrer alterações de acordo com a edição realizada pela Band.

NOS CAPÍTULOS ANTERIORES:

RESUMO NAZARÉ – capítulo 135 segunda, 22 de novembro

No Lar, o gang está com medo de Ivana depois daquilo que encontraram no seu cacifo. Ivana, tentando enganá-los, mostra uma fotografia da mãe e conta a sua história de vida. Todos ficam emocionados e arrependidos daquilo que fizeram. Já na sala de pessoal, Ivana está satisfeita, pois conseguiu convencer todos de que é uma boa pessoa. Ismael diz que é a primeira vez que a vê a rir e Ivana fala da mãe e dos bolos que fez para lhes oferecer. No hotel, a consulta de Ana com o psicólogo termina. Quando Laura vai saber como foi, Ana acaba por confessar à mãe tudo o que aconteceu. Laura dá força a filha e promete que ela vai ultrapassar o trauma e recuperar a sua felicidade. Bernardo e Verônica estão vendo as imagens das câmaras de vigilância da Atlântida. Verônica conversa com o filho para obter informações sobre Érica e Duarte, mas, de repente, Bernardo grita ao ver Félix nas imagens.

Nazaré estende a roupa quando Toni se aproxima e pergunta por que é que não atende as suas ligações. O jovem diz a Nazaré que devia esquecer Duarte porque ele escolheu ficar com Bárbara e que ela devia ter mais amor próprio em vez de andar chorando pelos cantos. Nazaré está farta da conversa e diz a Toni para não se meter na sua vida. Toni diz que não pode fazer isso, porque a ama e, num impulso, beija Nazaré, que se deixa levar. Matilde entra em casa e Nazaré obriga Toni a sair pela janela enquanto ele atende uma chamada de Duarte, que diz que precisam conversar sobre Nuno, pois acha que ele não é de confiança.

RESUMO NAZARÉ – capítulo 136, terça, 23 de novembro

Quando Nazaré chega à sala, Matilde comenta que parece ter ouvido a voz de Toni, mas Nazaré disfarça dizendo que era o rádio. Heitor diz ao filho que mudou após a prisão e que está disposto a compensar a família por todo o mal que fez. Pipo, irredutível, diz que primeiro vê e só depois é que acredita. Heitor, antes de sair, apanha os comprimidos do filho e vê que são comprimidos para emagrecer. Laura conta a Gonçalo que Ana já lhe confessou o que se passou. Gonçalo olha Laura, em choque, e diz que se sente um péssimo pai por não ter conseguido proteger a filha. No Mercado, Matias atende um cliente quando Sofia se aproxima. Ela pede desculpa por ter o mandado embora. Envergonhada, diz que não está preparada para ter uma relação, mas que gostaria que pudessem continuar amigos. Mais tarde, Heitor vai conversar com Verônica e pede ajuda para provar que Sofia é negligente com os filhos de forma a conseguir ficar com a custódia de Carol. Heitor diz a Verônica que Sofia ainda é sua mulher e que já não aguenta ver Matias por perto. Toni e Duarte confrontam Nuno pelo seu envolvimento com Verônica. Nuno diz que a sua vida privada nada interessa para o caso e garante que continua a investigar Verônica.

Já na recepção do hotel, Duarte comenta com Toni que não confia em Nuno e acha que deviam arranjar uma forma de revistar o quarto dele. Matilde comenta com Nazaré que percebeu que era Toni que estava em sua casa. Nazaré diz à mãe que se beijaram, mas que ama Duarte e não quer dar falsas esperanças a Toni. O cantor mistério acaba de atuar no bar enquanto Glória o olha, embevecida. Glória aproxima-se e tenta fazer conversa, mas Ismael está comprometido e tenta escapar. Quando Ismael acha que já escapou, Glória arranca a sua máscara e fica em choque quando percebe que é Ismael. É de noite e, no Lar, Igor entrega a Ivana os documentos para que possa fugir com o bebê. Ermelinda os vê e fica desconfiada, mas Ivana se faz de desentendida para disfarçar a situação. Quando a sénior vai embora, Ivana comenta com Igor que Ermelinda é esperta e que tem de ter cuidado com ela. Ermelinda conversa com Floriano e conta o que viu. Ela diz que continua desconfiando de Ivana. Floriano desvaloriza e diz que foram muito injustos com ela. Ele aconselha Ermelinda a deixar de se preocupar com o assunto. Ismael conversa com Glória no Restaurante e conta a história de como começou a cantar. Falam do beijo que trocaram e Glória diz que esse assunto é para esquecer, pois Ismael nem faz o seu tipo.

RESUMO NAZARÉ – capítulo 137, quarta, 24 de novembro

Toni está sonhando com Nazaré quando Matias lhe confessa que beijou Sofia, mas que não devia ter feito isso, porque agora está um ambiente estranho. Matias comenta ainda que um cliente esteve na banca à procura de um produto especial. Nazaré está sozinha no seu quarto e olha para a aliança. Depois pega numa fotografia sua com Duarte e outra com Toni e fica as observando pensativa. Na quinta, Duarte fala com o advogado Leonardo que lhe diz que a audiência de Nazaré já está marcada. Bárbara ouve a conversa e comenta que isso implica que Duarte esteja com Nazaré. Duarte diz que tudo pode ser diferente se ela o acompanhar. Olívia encontra-se com Bernardo no Restaurante. Está nervosa e diz que não percebeu se acabaram ou não. Bernardo confirma e diz que agora que viu o pai não pode ter outras distrações. Olívia sai furiosa.

No hotel, Prata mostra várias fotografias a Ana na tentativa de que ela identifique o suspeito. Ana não consegue, sente-se pressionada, só consegue se lembrar da voz dele. Laura tem de mandar Gonçalo embora, pois está a desestabilizar a filha. Laura fala com Gonçalo e tenta chamá-lo à razão dizendo que Ana precisa da ajuda e do apoio deles. Gonçalo, muito nervoso, admite que não está sabendo lidar com a situação e que se sente culpado por não ter feito nada para impedir que a filha estivesse sofrendo. Na casa dos Gomes, Nazaré tenta resistir a Toni, mas não consegue. Ele diz que a adora e acabam por cair os dois na cama, envolvidos. Nazaré trava a situação e diz a Toni para ir embora, pois tem uma reunião com o Dr. Leonardo. Duarte chega com Bárbara e João chama Nazaré, gritando da sala. Bárbara se oferece para ir chamá-la no quarto e, quando abre a porta, apanha Nazaré e Toni aos beijos.

RESUMO NAZARÉ – capítulo 138, quinta, 25 de novembro

Irônica, Bárbara ri e diz que não queria atrapalhar. Bárbara provoca Nazaré dizendo a Toni que podia ter arranjado uma namorada melhor e as duas começam a discutir. Duarte e João ouvem os gritos e Duarte segue para o quarto de Nazaré. Quando lá chega, vê Toni no meio das duas tentando acalmar a situação. Duarte fica incomodado quando Bárbara diz que os apanhou na cama. Nazaré se sente humilhada. O advogado chega e Bárbara e Duarte estão de saída quando Leonardo pede a Duarte que fique, pois acha que é importante a sua presença. Duarte e Bárbara ficam.

Na Atlântida, Bernardo diz a Nuno e a Verônica que a mãe tem de servir de isca para conseguirem apanhar Félix. Nuno acha arriscado, mas Verônica está contente porque esta situação está a aproximá-la do filho. No Lar, Ermelinda mantém as suas suspeitas. De repente, vê Ivana empurrando o carinho do bebê e dizendo que vai levá-lo para passear. Ermelinda a proíbe de sair com o bebê e vai contar a Floriano que a auxiliar a ameaçou de morte. No Mercado, Bárbara conversa com a mãe e agradece que tenha falado com Nazaré em sua defesa. Dolores diz que defendeu Nazaré, mas que nunca permitirá que roube o marido da sua filha. Luís vem com a boa nova de que inscreveu Dolores no concurso do queijo.

Duarte vai à recepção e rouba a chave do quarto de Nuno. Sobe, vasculha os pertences do segurança e fala com um técnico de informática da Atlântida que vai dando indicações enquanto ele mexe no computador de Nuno. Gonçalo entra no quarto de Ana achando que a filha não está. Quando dá de caras com ela fica desconfortável e incomodado. Ele sai apressado sem saber como reagir. Já na recepção do hotel, Gonçalo comenta o que se passou e diz que não sabe como lidar com a situação nem como encarar a filha. Ana, escondida, ouve a conversa. Heitor vai falar com Sofia em casa. Sofia fica tensa, mas Heitor veio para dizer que quer estar mais presente na vida dos filhos e mais atento à saúde do Pipo. Apesar de Sofia lhe garantir que tem a situação controlada, ele exige saber as datas das consultas do filho. Érica e Luís entram em casa animados. Quando Érica se apercebe, vê Verônica com Yara no colo. Érica fica tensa e Verônica começa a provocar a filha e a desdenhar que ela esteja a viver naquela casa. Érica tira Yara dos braços de Verônica e conduz a mãe à saída, sem lhe dar qualquer satisfação.

Toni está na casa de Nazaré e mostra-lhe os “prints” que Duarte lhe enviou das conversas de Nuno com a ex-mulher, em que fala de Verônica. Nazaré questiona a relação próxima de Duarte e Toni, mas Toni vira a questão e diz que só quer ela. Os dois envolvem-se num beijo apaixonado. Na quinta, Bárbara inicia uma nova discussão porque acha que Duarte defendeu Nazaré na reunião. Duarte encerra o assunto dizendo que a escolheu e que Nazaré e Toni estão juntos por isso não faz sentido continuar a conversa. Verônica vai até à serração e chama por Heitor. De repente, ouve uma porta abrir, mas não vê ninguém. Um vulto começa a se aproximar dela e Verônica fica em pânico. Bernardo, que ficou lá fora no carro, apaga as fotografias de Olívia enquanto aguarda o retorno da mãe.

Verônica continua sozinha e assustada. Quando deixa de ver o vulto, tenta fugir, mas umas tábuas acabam por cair em cima dela. Quando está impedida de se mover, o vulto se aproxima e Verônica entra novamente em pânico. Verônica tenta se soltar enquanto o vulto vai se aproximando. Bernardo aparece e fica aflito ao ver a mãe naquela situação. Verônica grita dizendo ele que vá atrás de Félix. Bernardo corre até ao exterior da serração, mas não vê ninguém. Bernardo retorna e diz à mãe que não viu ninguém. Verônica garante-lhe que vão descobrir o que se passa. Duarte olha Bárbara e diz que a quer feliz e que não a quer preocupada com mulher nenhuma e muito menos com Nazaré. Acrescenta ainda que também quer ter um filho com ela.

Toni está muito feliz e diz a Nazaré que sabe que não vai ser fácil fazê-la esquecer Duarte, mas que se vai esforçar. Quando Toni está de saída, Nazaré pede a ele que fique e diz que já não há necessidade de se esconder mais. Heitor confirma a Verônica que não lhe enviou mensagem nenhuma pedindo para se encontrarem. Enquanto Bernardo tenta acalmar a mãe, Verônica diz que já pediu a exumação do corpo de Félix. Ivana está sozinha na sala de pessoal verificando os documentos enquanto fala ao celular e pede que a esperem na porta, pois ela vai sair com o bebê. Ermelinda dorme ao lado do bebê e quando Ivana tenta tirá-lo, Ermelinda acorda e corre com ela ameaçando-a que a quer longe dela e do bebê.

RESUMO NAZARÉ – capítulo 139, sexta, 26 de novembro

Ismael vai ao encontro de Glória para lhe dizer que não consegue parar de pensar nela. Glória diz que a única coisa que os une é a voz dele. Ismael começa a cantar e Glória fica embevecida até que o momento é interrompido pela chegada de Toni e Matias.Na Quinta, Bernardo conta a Duarte o episódio na serração. Duarte estranha toda a situação, mas Bernardo garante que Félix estava lá e diz que vai provar, pois Verônica já pediu a exumação do corpo. Na casa dos Gomes, Matilde não acha boa ideia que a filha tire a pulseira para ir à praia com Toni. Toni diz a Matilde que pode confiar nele. Ela permite, mas pede a Nazaré que lhe prometa que não será apanhada. Nazaré caminha enquanto olha para o mar. Tira a roupa, mas Toni diz que a água deve estar gelada. Ela diz que se cale e que a siga. Verônica encontra Érica no Mercado e começa a ofender a filha dizendo que é uma vergonha para a família ela viver na casa dos Soares. Nazaré e Toni estão felizes e chegam em casa. Nazaré encontra Duarte, que a aguardava, e que a repreende pela atitude de tirar a pulseira. Enquanto Toni volta a colocar a pulseira em Nazaré, Duarte fala sobre Nuno e comenta que ele está apaixonado. Ficam todos na expectativa para perceber qual será o próximo passo de Nuno. Pipo tenta dar um beijo em Ana, mas ela vira o rosto e pergunta a ele se já comeu hoje. Pipo perde a cabeça e Ana diz que não é com gritos que vai conseguir ajudá-la.

Pipo desce para a cozinha, mas se esconde quando Ana e Gonçalo entram a conversar. Ana pergunta ao pai se tem vergonha dela, Gonçalo nega, mas a filha sabe que ele tem vergonha por ela ter sido violada. Pipo, fica em choque, por ter acabado de descobrir o que aconteceu. Nuno vai até casa de Nazaré falar com Toni e Duarte. Ele perde a cabeça quando percebe que Duarte mexeu no seu computador. Eles acusam Nuno de ter tomado o partido de Verônica e o segurança vai embora dizendo que se é guerra que querem, é guerra que vão ter. Verônica vai à quinta avisar a Bernardo que a exumação de Félix vai acontecer. Bernardo segue com ela, pois tem de saber a verdade sobre o que está acontecendo. Na recepção do hotel, Duarte conta a Laura que Nuno tentou matar Nazaré e Toni. O jovem diz que ele os prendeu num carro em chamas e que quer fazer queixa e contar tudo ao inspetor Prata. No cemitério, Verônica está muito nervosa enquanto diz aos coveiros que podem continuar. Quando abrem o caixão vemos que o corpo de Félix não está lá. Verônica entra em pânico e diz que Félix fez isso para se vingar dela e Bernardo acredita que possa ser esse o caso.


A HISTÓRIA

Logo da novela Nazaré
Novela Nazaré (Foto: Reprodução)

Ambientada na vila de Nazaré, localizada no distrito de Leiria, a 99 km de distância de Lisboa, a trama vai contar vai mostrar a história de luta da protagonista para ajudar sua mãe, Matilde, que sofre de um tumor cerebral. De origem humilde, Nazaré vai precisar de muito dinheiro para pagar o tratamento da mãe. Isso porque o único especialista nesse tipo de tumor atende apenas em Londres. Mesmo passando por sessões de radioterapia, a doença de Matilde não regride, agravando o estado de saúde dela e preocupando Nazaré cada vez mais.

Para poder salvar a vida da mãe, a jovem acaba se envolvendo em um dos esquemas de seu namorado, Toni, que não larga o crime. Porém, os caminhos de Nazaré e Duarte se cruzam quando ele sai de uma balada bêbado e tropeça na moça, que está ali vendendo seus pãezinhos. Ele é um playboy que não sabe o que fazer da vida. O pai dele, Antônio (Virgílio Castelo), é um magnata da indústria de móveis que quer que o filho o suceda na presidência de sua empresa, a Atlântida. Nazaré será obrigada a trair seu namorado com Duarte sem saber que pode estar se envolvendo em um problema muito maior do que imagina.

ELENCO E PERSONAGENS

Carolina Loureiro como Nazaré Gomes

Atriz Carolina Loureiro da novela Nazaré
Foto: Divulgação

Nazaré é uma jovem de origem humilde e que luta muito para poder pagar o tratamento da mãe que sofre com um tumor no cérebro. Foi abandonada na infância pelo pai, que cometeu um homicídio. Acaba aceitando o plano de Félix e Verônica contra Duarte, tudo para conseguir dinheiro para pagar um cirurgião em Londres, o único capaz de salvar a vida de Matilde, sua mãe.

Afonso Pimentel como Toni Silva

Ator Afonso Pimentel da novela Nazaré
Foto: Divulgação

Inicia na novela como namorado de Nazaré. Criminoso, ele não pretende desistir da vida do crime tão cedo. Sua vida se resume em dar golpes para conseguir dinheiro fácil. As únicas pessoas em que ele confia são Nazaré e seu irmão Matias (Pedro Souza).

José Mata como Duarte Blanco

Ator José Malta da novela Nazaré
Foto: Divulgação

Duarte é um mauricinho, filho de um magnata da indústria madeireira dono da empresa Atlântida. Sempre teve tudo do bom e do melhor. Sua vida muda quando conhece Nazaré. Ela será a única pessoa que o fará repensar suas atitudes e mudar de vida.

Albano Jerónimo como Félix Blanco

Ator Albano Jerónimo da novela Nazaré
Foto: Divulgação

Vilão da novela, Félix é um homem ambicioso e se escrúpulos. Ele é marido de Verônica e sócio minoritário e vice-presidente da Atlântida, que é de seu irmão Antônio. O casal tem dois filhos: Bernardo (Guilherme Moura) e Érica (Joana Aguiar).

Sandra Barata Belo como Verônica Blanco

Atriz Sandra Barata Belo da novela Nazaré
Foto: Divulgação

Verônica é mulher de Félix e mãe de Bernardo e Érica. Ela trabalha como designer de móveis da Atlântida. Assim como o marido, é ambiciosa e capaz de qualquer coisa para conseguir o que quer.

Outros nomes:

  • Filipa Areosa – Bárbara Soares Blanco;
  • Rogério Samora – Joaquim Gomes/Carlos Sampaio;
  • Custódia Gallego – Matilde dos Santos Gomes;
  • Inês Castel-Branco – Laura Vaz;
  • Rui Unas – Heitor Carvalho;
  • Ruy de Carvalho – Floriano Marques;
  • Márcia Breia – Ermelinda Marques;
  • Carlos Areia – João Pereira;
  • Luísa Cruz – Glória Silva;
  • Gonçalo Diniz – Gonçalo Vaz;
  • Carla Andrino – Dolores Soares;
  • Bárbara Norton de Matos – Sofia Carvalho;
  • Pedro Sousa – Matias Silva;
  • Liliana Santos – Cláudia Fontes;
  • Tiago Aldeia – Ismael Pinto;
  • Guilherme Moura – Bernardo Maria Telles Blanco;
  • Raquel Sampaio – Olívia Carla Dias Pereira;
  • Joana Aguiar – Érica Telles Blanco;
  • Madalena Aragão – Carolina Carvalho;
  • João Maneira – Cristiano Vaz;
  • Laura Dutra – Ana Vaz;
  • E outros.

TRILHA SONORA

Protagonistas da novela Nazaré
Foto: Divulgação
  1. Xutos & Pontapés – À Minha Maneira;
  2. Ana Bacalhau – Passo a Tratar-me por Tu;
  3. Anjos – Para Longe;
  4. Micaela – Louco Por Ti;
  5. Fado Lelé – Fado Lelé;
  6. Xutos & Pontapés – Dá Um Mergulho;
  7. Carlos do Carmo – Fado dos Cheirinhos;
  8. Expensive Soul – Amar É Que É Preciso;
  9. David Fonseca com Márcia – Deixa Ser;
  10. Luís Sequeira – Se ao Menos Eu Te Odiasse;
  11. April Ivy – Tell Me Baby;
  12. Tonicha – Fadinho da Comida;
  13. Jorge Palma – Estrela do Mar;
  14. Matias Damásio – Teu Olhar;
  15. Anaquim – Anda Por Aí um Bicho;
  16. NBC – Espelho;
  17. Via & Miguel Araújo – Já Não Sei Quem Sou;
  18. Salvador Sobral – Anda Estragar-me os Planos;
  19. Emanuel – Pimba Pimba.

TEMA DE ABERTURA

Música: O Sol
Artista: Vitor Kley
Data de lançamento: 2017

Siga o Resumo das Novelas On nas redes sociais:

@resumodasnovelason

@resumodasnovelas.online

@resumonovelason

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *