Resumo Nazaré: capítulos da novela de 17/09 a 15/10/2021

Capa do resumo da novela Nazaré
Nazaré vai ao ar de segunda a sexta, na faixa das 20h25, na Band

Leia agora o resumo da novela Nazaré (de 17/09 a 15/10/2021) e fique por dentro dos próximos capítulos da novela da Band, substituta de Floribella. Escrita por Sandra Santos, Nazaré é uma telenovela portuguesa e foi exibida originalmente pela SIC de 9 de setembro de 2019 a 8 de janeiro de 2021. A superprodução portuguesa é protagonizada por Carolina Loureiro, Afonso Pimentel e José Mata.

RESUMO DA NOVELA NAZARÉ

RESUMO NAZARÉ – capítulo 085, segunda, 13 de setembro

Toni está com Nazaré, que confessa estar com muito medo. Toni a consola e diz que sempre vai gostar dela e que estará sempre para a apoiar ainda que ela tenha escolhido Duarte. Bárbara vai até à Quinta e diz a Duarte que não está ali numa tentativa desesperada de uma reaproximação, mas sim como amiga e que, se Duarte precisar, ela está ao seu dispor para desabafar.

Joaquim vai novamente ao encontro de Dolores em busca do seu perdão. Dolores explica que não é fácil para ela superar tudo isso mais uma vez. Joaquim não consegue resistir e beija Dolores com paixão, que também se deixa envolver. Nazaré vai até à Quinta falar com Duarte para dizer que o ama e que sabe que ele nunca irá perdoá-la, mas que o filho que ela carrega, ele não vai tirar dela porque é a única coisa que lhe sobra da história de amor que viveu com ele, é a única coisa verdadeira que sobra de tudo. Nazaré dirige-se à saída, lavada em lágrimas, quando Duarte a chama. Nazaré olha esperançosa para ele quando ouve as sirenes lá fora. Tenta fugir para a sua moto quando Duarte lhe mostra a escuta. Laura entra e detém Nazaré.

Nazaré tenta se defender e dizer a Laura que não matou Antônio e que essa situação é muito injusta, pois ela é inocente. Num impulso, Nazaré sobe para a sua moto e arranca a toda a velocidade. Prata e Laura entram no carro e seguem atrás de Nazaré. Na casa dos Silva, estão todos muito preocupados sem notícias de Nazaré. Toni diz que está disposto a ajudá-la porque é injusto que arque com as consequências sozinha, apesar de Glória não achar muito graça. De repente, Matilde recebe uma vídeo-chamada da filha contando que Laura quase a apanhou e que, naquele preciso momento, deve estar à procura dela porque fugiu.

RESUMO NAZARÉ – capítulo 086, terça, 14 de setembro

Verônica mostra a Érica as imagens de Nazaré e a filha fica incrédula e convencida de que Nazaré é mesmo culpada. Pede à mãe autorização para enviar as imagens ao irmão. Bernardo recebe o vídeo que incrimina Nazaré. Duarte comenta que sabe que Nazaré não é totalmente inocente, mas que aquilo foi tudo um plano orquestrado por Félix e Verônica. Olívia acha que Bernardo devia tentar falar com a mãe para ver se descobria alguma coisa. Fábio liga para Heitor e diz que conseguiu obter a localização da sua família através do celular de Carol, mas adverte de que eles estão protegidos. Heitor quer seguir, de imediato, em busca da família, mas Félix liga dizendo que precisa dele na Atlântida. Félix diz a Heitor que quer que ele mate Verônica e que incrimine Nazaré. Heitor diz que precisa de tempo para tratar de uns assuntos pessoais e Félix aceita, mas ordena que siga com o plano. Nazaré desabafa com o pai e diz que acha que foi Duarte quem a denunciou. Joaquim aconselha a filha a esquecê-lo e a proteger o seu filho. Ana atende o celular e é a Sofia, que está em pânico. Ana chama Gonçalo, aos gritos. Gonçalo diz à amiga que vai a casa de Heitor ver se Carol lá está. Carol se encontra com o pai, em casa. Diz a Heitor que veio sozinha, pois ouviu a sua mensagem. Heitor se emociona com a atitude da filha, mas, ao mesmo tempo, está cheio de raiva por não saber da mulher e do filho Pipo.

Toni fica nervoso quando vê Laura entrando no Restaurante. Laura pergunta por Nazaré e diz que a viram entrando na casa deles. Matias desmente, mas Laura diz a Toni que terá de acompanhá-la à delegacia. Matias apresenta à mãe o plano que Toni fez para roubarem o colar da famosa que está no hotel. Glória fica apreensiva e disfarça o interesse, tal como Matias, mas ficam ambos pensando no assunto. Bernardo vai em casa, acompanhado por Olívia, e pergunta a Verônica se ajudou Félix com todo esse plano maquiavélico para matar o primo e incriminar Nazaré. Verônica desmente tudo e tenta fazer a cabeça de Bernardo para que ele acredite que Nazaré é culpada. Gonçalo quer levar Carol, mas Heitor não deixa. Sofia entra em casa, acompanhada pelo funcionário da APAV, e agarra em Carol para a levar dali para fora. Duarte vai até casa de Nazaré e diz a Matilde que não foi ele quem denunciou Nazaré, que foi Laura que colocou uma escuta na Quinta e que nunca a entregaria a não ser que soubesse que estaria em segurança. Já de volta ao “esconderijo”, Sofia tenta acalmar a filha e Carol promete à mãe que não volta a fugir. Têm de parar, no meio da estrada, pois Carol está aflita para “ir à casa de banho”. Sofia acompanha a filha até um sítio onde não seja vista. Sofia aguarda por Carol quando é surpreendida por Heitor que a agarra de forma a que não consiga se soltar ou gritar e a arrasta para o lado oposto até desaparecer com ela.

Carol fica desesperada quando não vê Sofia. Num sítio oposto ao de Carol, Heitor bate em Sofia com violência. Sofia pede misericórdia ao marido, mas Heitor está fora de si. Bate em Sofia até que esta cai e bate com a cabeça numa pedra ficando inconsciente. Heitor fica petrificado. Num barracão, Joaquim entrega um celular novo a Nazaré e diz que ela tem que fugir se não vai presa. Matilde, que está com eles, conta à filha que Duarte está preocupado com ela e que não foi ele que a denunciou. Nazaré está em pânico, não quer fugir, quer provar a sua inocência. Heitor chora e Carol grita e insulta o pai. O funcionário da APAV apressa-se a certificar que Sofia está viva. Na quinta, Laura fala com Duarte que diz a ele que Nazaré é inocente da morte de Antônio. Laura confessa que as provas indicam que tenha sido Nazaré e que, se tudo aquilo foi um plano de Verônica e Félix, foi muito bem planejado. Verônica e Érica vão até à Quinta tentar convencer Bernardo a voltar para casa. Duarte perde a cabeça com a tia e a expulsa, dizendo que está proibida de entrar em sua casa. Bernardo fica muito agitado com toda a situação, mas não pretende abandonar o primo. Cortez aparece no Restaurante e ameaça Glória com uma arma. Dá a ela um prazo até o final da semana para lhe entregar o dinheiro correspondente à barra de ouro. Toni e Matias estão dispostos a ajudar a mãe e seguir com o plano do assalto. Matilde e Joaquim estão no Mercado para fazerem compras para Nazaré. Joaquim avisa a ela que precisa ter cuidado para não ser seguida. Dolores observa eles. Joaquim conta a Dolores que está escondendo Nazaré e pede segredo a ela. Heitor diz a Félix que Sofia sofreu um acidente e que não pode fazer aquilo que ele lhe pediu (matar Verônica). Félix tenta demovê-lo, mas não consegue. Verônica estranha vê-los juntos. Já no Hospital, Sofia está em coma. Carol chora e pede desculpa à mãe. Gonçalo e Laura, que também estão no local, tentam acalmá-la dizendo que não foi culpa dela.

RESUMO NAZARÉ – capítulo 087, quarta, 15 de setembro

Matilde vai até ao barracão onde está Nazaré e leva o jantar para a filha. Nazaré não quer que a mãe se ponha em risco por causa dela. Matilde entrega à filha um chocolate enviado por Toni. No Restaurante, Ismael está todo animado por ir jantar com Cláudia quando Félix chega e pede a ele para falar com ela. Já no Mercado, mais recatados, Félix diz a Cláudia que vai deixar Verônica de vez. Cláudia pede que prove que a ama e que inocente Nazaré. Ele responde que isso não pode fazer e Cláudia o ignora. Verônica vai ao encontro de Heitor e pergunta se falou com Félix sobre ela. Heitor começa a inventar uma história. Verônica percebe o que se passa e diz que, se ficar do lado dela, ela pode ajudá-lo com a custódia dos filhos e com toda a situação familiar. Bárbara fala com Duarte da proximidade de Joaquim e Matilde e diz que até Dolores reparou. Desconfia que eles sabem onde está Nazaré. Na recepção do Hotel, Heitor, agressivo, diz que quer ver os filhos, mas Gonçalo tenta despistá-lo, dizendo que não estão. Heitor vê os filhos e avança para eles, mas Duarte põe-se à frente para o impedir.

Heitor esmurra Duarte e Laura vê-se obrigada a detê-lo. Heitor é levado pela polícia e grita dizendo aos filhos que não acreditem em nada do que dizem e que é inocente. Matilde vai até ao barracão levar mais coisas à filha. Nazaré pede à mãe que tenha cuidado, pois, com tanta visita, alguém pode desconfiar. Matilde olha para a filha e confessa que, se pudesse, ficava com a dor dela, mas que nada tema, pois juntas conseguem tudo. Verônica diz a Félix que eles precisam encontrar Nazaré rapidamente. Félix avisa que já pôs uma pessoa a segui-la e que, em breve, devem encontrá-la, pois não deve ter ido longe. Nazaré toma banho quando, de repente, ouve passos lá fora. Aflita, liga ao pai e pergunta o que deve fazer. Joaquim, em desespero, diz a Nazaré que bloqueie a entrada e saia correndo. Nazaré se esconde e aguarda para ver se consegue ver quem é. Emociona-se quando percebe que é Duarte e tenta se controlar para não se revelar.

Duarte encontra apenas uma roupa de Nazaré, mas fica com a ideia de que ela não está mais ali. Nazaré liga para Joaquim e diz que pode vir com calma, pois era Duarte. Ismael está chateado com Cláudia por causa do jantar no Barbatanas. Verônica vai visitar Heitor na prisão e ele pede que o tire dali. Verônica explica que não é assim tão fácil, mas Heitor diz que pode ajudá-la, que tem o vídeo de Félix assassinando Antônio e conta ainda que Félix pediu que ele a matasse. Duarte vai ao encontro de Matilde e diz que já descobriu onde Nazaré está ou esteve escondida e que esteve lá no barracão. Matilde pede a Duarte que deixe a filha em paz para dar tempo para fazer justiça. Na recepção do hotel, Joaquim entrega a Laura a lista de nomes com quem já trabalhou na organização da falsificação dos quadros. Em desespero, Joaquim pede a Laura que deixe Nazaré em paz, pois ela é inocente.

RESUMO NAZARÉ – capítulo 088, quinta, 16 de setembro

Na cozinha do Hotel, Pipo, Ana e Carol preparam o almoço enquanto Ana acalma Carol e diz que vai resolver a questão de ANON sem ter que incomodar ninguém. De repente, sem que ninguém espere, Heitor aparece e diz que vai ficar aguardando o julgamento em liberdade e pede aos filhos que acreditem nele e que tudo não passou de um acidente. No gabinete da presidência da Atlântida, Verônica, triunfante, mostra a Félix as imagens da morte de Antônio e diz que ou passa a empresa para o nome dela ou irá espalhar as imagens. Félix olha Verônica e diz que não fará o que ela quer e, caso ela divulgue as imagens, conta tudo. Ela responde que, mesmo que ambos sejam presos, ele ficará sempre pior que ela. Na cozinha do Hotel, Heitor quer levar os filhos, mas Pipo enfrenta o pai e defende a irmã, dizendo que ninguém vai com ele para lugar nenhum e ordena que ele desapareça. Nazaré liga para Matilde aflita, pois está sentindo dores na barriga e tem medo que o filho não esteja bem. Joaquim, Dolores e Matilde acham que ela deveria ir ao hospital.

Nazaré diz que vai, pois o filho está acima de qualquer coisa e tem de saber o que se passa. Nazaré liga para Duarte e diz que está com dores. No quarto do hospital, Nazaré tenta tranquilizar Duarte, dizendo que está tudo bem com o bebê e que só precisa de repouso. Nazaré olha para Duarte séria e pergunta se foi ele quem a denunciou. Ele diz que adorava ter essa coragem, mas que, infelizmente, eles são pessoas muito diferentes. Ana está na recepção quando Glória chega e começa a fazer conversa para a distrair. Como não consegue, acaba por pedir a Ana para buscar um copo de água. Na ausência de Ana, Glória faz sinal a Matias e Toni para subirem até ao quarto da hóspede que pretendem assaltar. Laura vai até à Atlântida e esbofeteia Verônica, pois já percebeu que é ela quem está ajudando Heitor a se safar dos seus crimes. Verônica fica possessa e, depois de Laura sair, se fera com um garfo de propósito.

Quando se depara com Gonçalo, se faz de sonsa e diz que foi Laura que a agrediu e a deixou naquele estado. Ela avisa a Gonçalo que vai fazer queixa dela. Gonçalo não acredita em nada do que Verônica diz. Na Atlântida, todos os funcionários recebem, ao mesmo tempo, um frame do vídeo da morte de Antônio. Verônica olha Félix e avisa que aquilo foi apenas um exemplo daquilo que é capaz de fazer. No bar do hotel, Glória conversa com Luísa e Mauro, tentando empatá-los, e os convida para irem jantar no Barbatanas. Glória liga para Matias, nervosa, para avisar que eles estão subindo para o quarto. Matias puxa Toni apressado, mas acabam por ser apanhados pelo casal. Toni e Matias decidem fingir que são um casal e que se enganaram de quarto. Luísa se certifica de que não roubaram o colar. No Mercado, Dolores recebe uma mensagem de Joaquim e disfarça para que a filha não veja. Nesse momento, chega Heitor e quer levar Carol com ele, mas Ana diz que não. Dolores se junta a ela e, com a ajuda das restantes vendedoras, expulsam Heitor do Mercado.

RESUMO NAZARÉ – capítulo 089, sexta, 17 de setembro

No Restaurante, Toni e Matias estão decepcionados porque o assalto foi um fracasso. Glória está aflita, pois não sabe como vão pagar a Cortez. Ficam alerta com o burburinho do Mercado e vão lá ver o que se passa. Todos destratam Heitor e ofendem ele. Carol olha para o pai com pena e acaba por dizer que vai com ele. Bárbara percebe o medo de Carol e vai falar com ela explicando que não é obrigada a nada. Heitor acaba indo embora. No gabinete da presidência da Atlântida, Félix se encontra com um homem que lhe entrega um frasco. Félix se certifica de que o líquido não deixa vestígios no organismo e, depois de ter a confirmação, entrega um envelope ao homem.

Na sala, Paula traz um chá para Verônica e Félix aproveita para colocar o veneno. Érica aparece e diz que fica com aquele chá para ela e pede a Paula que faça outro para a mãe. No quarto do hospital, Nazaré, devastada, está com Matilde quando Joaquim entra e diz que está ali uma pessoa para falar com ela. Nazaré já sabe de quem se trata e Laura acaba por entrar e dizer a Nazaré que vai ter que prendê-la. Félix fica em pânico quando percebe que a filha está prestes a beber o chá envenenado e dá um tapa, a fazendo derramar o chá. Verônica, que está no topo das escadas, assiste a tudo e desconfia da atitude de Félix. Quando Érica se vai deitar, Verônica ameaça Félix e diz que o mais sensato que tem a fazer é assinar os papeis e passar a empresa para nome dela. Laura diz a Nazaré que não foi Duarte quem a denunciou e pede a ela que colabore. Matilde defende a filha. Nazaré tem medo, mas Joaquim diz que nada de mal vai acontecer a ela. Na sala, Félix está assinando a doação da Atlântida. Verônica observa tudo, num misto de firmeza e felicidade. Em troca, Félix exige que Verônica lhe dê a gravação que tem da morte de Antônio e a vilã entrega a ele um pen drive.

Félix coloca o pen drive num computador, mas não consegue ver o vídeo até ao fim, pois fica perturbado. Félix garante que Verônica não tem mais cópias do vídeo que o possam incriminar, mas ela diz que o seu objetivo não é vê-lo na cadeia, mas sim vê-lo a apodrecer sem nada. Laura vê no celular de Duarte o vídeo da morte de Antônio. Laura diz a Duarte que já encontrou Nazaré, que sabe que ele esteve com ela no hospital. Duarte acaba por admitir que é verdade e que estava preocupado com a saúde do bebê. Laura diz a Duarte que Nazaré será presa quando sair do hospital. No Restaurante, Toni conta a Bárbara como correu o suposto assalto ao hotel para roubarem o colar de Luísa. Toni se faz de forte e conta uma versão da história que não corresponde à realidade, mas Bárbara fica toda derretida e acaba por beijá-lo. Envolvem-se e percebemos que vão fazer amor. No Restaurante, Mauro e Luísa aparecem para jantar. Glória fica nervosa com medo de que tenham desconfiado da tentativa de roubo do colar. Mauro vai até o balcão e pede a Glória que esconda o anel de noivado, pois vai pedir a namorada em casamento.

NOVELA NAZARÉ: RESUMO SEMANAL DE 20 A 24 DE SETEMBRO DE 2021

RESUMO NAZARÉ – capítulo 090, segunda, 20 de setembro

No dia seguinte, Bárbara e Toni se encontram no Mercado e o ambiente entre os dois é de constrangimento. Acordam que a situação da noite passada não se volta a repetir, mas não muito convictos. Laura atende a ligação de Ana e fica alarmada quando a filha diz que Cris não dormiu em casa e que tem a certeza que ele pode ter ido roubar para comprar droga. Na sala, Érica estranha o comportamento do pai e Félix percebe que Verônica ainda não contou nada à filha. Verônica diz que tem de ter uma conversa em família, mas com Bernardo presente. Joaquim conta a filha o seu plano para a conseguir tirá-la do hospital e impedir que seja detida. Joaquim diz a Nazaré que terá de se fingir de morta, pois tem um contato que irá ajudá-los. Bernardo vai até casa dos pais e Verônica conta aos filhos que comprou a parte de Félix na Atlântida. Bernardo fica desconfiado e Verônica, dando o golpe de mestre, conta aos filhos que foi Félix que violou a sua irmã Rute e que ela morreu ao tentar abortar um filho dele. Na cozinha do hotel, Ana está desesperada com o irmão e pergunta pelo seu relógio e pelos 20 euros que tinha no quarto. Cris desconversa, está drogado.

Ana continua discutindo com o irmão, ele se descontrola aperta o pescoço dela. É o pai que os separa enquanto Ana olha para o irmão, cheia de lágrimas nos olhos e diz que o odeia. No hospital, um falso policial (arranjado por Joaquim) vai até o agente que está na porta do quarto de Nazaré e diz que pode ir e que, por ordem de Prata, ficará ele agora a guardar Nazaré. O falso policial, já em posição, avisa a Joaquim que o caminho está livre e Nazaré enfia-se dentro do saco do corpo. Joaquim fica tenso quando vê Laura chegar, pela janela. O auxiliar do necrotério avança com a maca com Nazaré pelo corredor em direção ao elevador. Laura e Prata vêm na sua direção. Joaquim espreita de um quarto mais afastado, fechando cautelosamente a porta. Laura e Prata avançam para o quarto de Nazaré. Laura percebe que Nazaré não está no quarto e diz a Prata que dê ordem para fecharem todas as portas. Laura segue para junto do auxiliar que levava a maca e ordena-lhe que abra o saco. O auxiliar começa a fugir e Prata vai atrás dele. Laura abre o saco, não encontra nada a não ser duas almofadas e sai correndo. Nesse momento, Joaquim e Nazaré saem de outro quarto e começam a correr para as escadas.

Bernardo está em choque com o que Verônica acaba de contar acerca do pai. O jovem fica agitado e diz que o pai tem que ser preso. Verônica tenta acalmar o filho e diz que não há provas. Na Atlântida, Félix começa a arrumar as suas coisas, completamente perdido, e sem saber que rumo irá dar à sua vida. Já na casa Silva, Nazaré diz a Toni que não acha que seja seguro ela ficar ali. Não quer que Toni arque com a culpa por causa dela. Toni diz que seria capaz de morrer por ela e que vai ajudá-la. No Restaurante, Matias discute com Glória, pois nem quer acreditar que a mãe seria capaz de roubar o anel de noivado que Mauro lhe pediu para guardar. Glória diz a Matias que ele é um chato e que, se fosse Toni, concordaria com ela. Duarte vai a casa de Nazaré e se depara com Matilde e Joaquim. Pergunta-lhes por Nazaré e os dois dizem que não sabem e que, se não está no hospital, é porque fugiu. Duarte não acredita numa palavra do que eles dizem, mas Matilde e Joaquim são firmes e dizem que a única coisa que lhes interessa é proteger a filha.

RESUMO NAZARÉ – capítulo 091, terça, 21 de setembro

Félix se encontra com Cláudia em casa. Conta o que Verônica fez a ele, que ficou sem nada e pede uma oportunidade. Cláudia é dura e diz que se quer uma oportunidade que vá à polícia, inocente Nazaré e pague pelo que fez. Érica não quer o pai em casa. Félix percebe que Verônica contou aos filhos da situação de Rute e decide ir embora antes que se desespere ainda mais com Érica. No Mercado, Luís está atendendo um cliente quando vê Érica entrar, lavada em lágrimas. Érica não quer falar, só precisa que Luís a abrace. Laura fala seriamente com Cris. Apesar de estar muito preocupada com o filho, mantém a firmeza e avisa-o que se pretende continuar com o comportamento que tem tido até agora, não pode permanecer em casa. Já no Restaurante, Érica pede desculpa a Luís, quer fazer as pazes e diz que o pai dele talvez tenha razão em algumas das coisas que diz. Érica tem saudade dele e Luís também tem dela, mas não sabe se a relação resiste. Heitor chega com presentes para Sofia. Carol quer levar, mas Pipo, revoltado, manda tudo para o lixo. De repente, aparece Ana, que apresenta Jorge como novo hóspede.

Félix vai ao hotel e pede um quarto a Gonçalo. Diz que não quer saber das confusões entre Laura e Verônica, só quer um quarto, pois saiu de casa e precisa de um local para ficar. Nazaré consegue entrar na casa dos Blanco. Vai abrindo gavetas à procura de alguma prova, vê o tablet de Érica, mas não consegue ligar. Sobe para os quartos e começa a vasculhá-los enquanto fala com Matilde ao celular e diz onde está e que procura uma prova da morte de Antônio. Verônica vai até à quinta informar Bernardo de que Félix saiu de casa e que o filho já pode voltar. Duarte pergunta a tia se sempre foi esse o seu plano, de ficar com tudo. Bernardo está revoltado, não acredita na mãe e diz que não vai voltar para casa. Verônica volta para casa e se depara com Nazaré vasculhando as coisas. Cheia de raiva, Verônica atira Nazaré das escadas. A queda é violenta, mas ainda assim Nazaré consegue fugir dali.

De volta a casa dos Silva, Nazaré conta à mãe o que se passou, quando começa a sentir dores fortes na barriga. Matilde, alarmada, diz a Toni que ligue para Cláudia. No quarto de hotel, Félix chora, desesperado e completamente perdido, enquanto vê as imagens da morte do irmão e segura uma arma. Cláudia chega na casa de Toni muito preocupada com a amiga. Apressa-se a tentar ouvir o batimento cardíaco do bebê, mas não consegue. Nazaré, em pânico, pergunta se está tudo bem enquanto Cláudia, que mal consegue falar, abana com a cabeça negativamente. Nazaré desaba, num sofrimento atroz, e Matilde e Cláudia não sabem o que fazer. Nazaré acabou de perder o bebê. Laura vai à Atlântida, falar novamente com Verônica por causa da investigação, e a vilã aproveita para dizer que encontrou Nazaré em sua casa.

RESUMO NAZARÉ – capítulo 092, quarta, 22 de setembro

Duarte vai a casa de Toni a pedido de Nazaré. Nazaré, desolada, conta que perdeu o bebê porque foi a casa dos Félix, à procura do vídeo da morte de Antônio, e Verônica a flagrou e a empurrou das escadas. Duarte, não conseguindo controlar a raiva e a tristeza pela perda do filho, vai até à Atlântida confrontar Verônica. Duarte encosta a tia na parede e a ameaça dizendo que vai destruir a vida dela e que vai vingar a morte do pai e do filho. Verônica fica com medo. Félix vai até à quinta, visivelmente embriagado, e quer falar com Duarte e com Bernardo para pedir perdão por tudo o que fez. Duarte não está em casa, só o filho. Bernardo, no início fica agitado com a presença do pai, mas acaba por ficar ao seu lado quando Félix se deixa cair no sofá e acaba por adormecer. Em casa, Floriano tenta dar a volta a Ermelinda para que ela esqueça a conversa do divórcio. Floriano a convida para viajar e, quando está prestes a convencê-la, Ermelinda diz que no dia seguinte vão ao cartório tratar do divórcio.

Mauro e Luísa jantam no Restaurante. É o jantar de pedido de casamento. Glória vai servir a sobremesa e Mauro diz a Luísa que coma devagar. Luísa acaba a sobremesa e não se sabe do anel. Mauro grita por Glória. Mauro está passado e culpa Glória. Glória diz que colocou o anel na sobremesa e que Luísa é o que o deve ter engolido. Luísa admite que possa ter engolido o anel sem reparar e aceita, muito feliz, o pedido de casamento. Duarte está de volta à quinta e Bernardo conta que Félix está lá. Diz que chegou embriagado e acabou por adormecer no sofá. Duarte se apressa a pegar as chaves do quarto do hotel e sair. Já no hotel, Duarte remexe o quarto do tio e encontra uma caixa com uma arma e um pen drive. Fica intrigado.

No bar do Hotel, Pipo e Ana conversam com Jorge que lá está também. A conversa decorre quando Jorge, sem querer, se descai e fala do tiro que Carol deu em Pipo. Ana fica muito desconfiada. Joaquim vai visitar a filha e insiste na ideia de ela fugir. Nazaré não quer. Matilde implora à filha que o faça por ela enquanto Joaquim conta a todos qual é o seu plano. No quarto de Félix no hotel, Duarte chora ao ver o vídeo da morte do pai. Vemos a porta do quarto abrindo e é Félix. O tio quer tentar explicar o que aconteceu, mas Duarte está muito revoltado para conseguir ter uma conversa. Félix conta ao sobrinho que foi Antônio quem matou Alfredo e que tudo o que Joaquim disse é verdade. Duarte, fora de si, aponta uma arma para o tio.

RESUMO NAZARÉ – capítulo 093, quinta, 23 de setembro

Duarte chora de raiva enquanto aponta a arma para o tio. Bárbara fala, calmamente, com Duarte e o convence de que não adianta nada matar Félix. Duarte consente e abaixa a arma. Já em casa, Félix vê Verônica dormindo no sofá e, de repente, lembra-se da morte do irmão e começa a apertar o pescoço da mulher. Verônica se debate, mas é Erica quem acaba por salvá-la. Félix conta toda a verdade à filha e avisa para que não dê o seu bebê a Verônica. Duarte, muito nervoso, está na recepção do hotel e diz a Laura que viu o vídeo da morte do pai e que prova que foi Félix quem o matou. Bárbara não consegue servir de testemunha, pois chegou depois e não viu nada. Já na quinta, Duarte é honesto com Bárbara e diz que tudo aquilo que Joaquim contou é verdade e que foi Antônio quem matou o pai dela. Duarte diz que ainda vai dá tempo de se reconciliar com a sua família.

Laura está no Restaurante de passagem. Toni conta a Laura que quem lhe encomendou o fogo foi Heitor e que, possivelmente, terá sido ele a filmar a morte de Antônio. Laura vai direto para a casa dos Carvalho e confronta Heitor com o que Toni acabou de contar a ela. Heitor desmente, mas fica tenso com a acusação e assustado de que possam chegar até ele. Ana, que já desconfiava que Jorge era ANON, consegue provar que tinha razão. Ana o denuncia à mãe, que acaba por deter o jovem. O plano para colocar Nazaré fora do país já está em marcha. Toni está agilizando tudo para ir buscar Nazaré, enquanto Glória olha comovida para o filho. Toni sai, deixando para trás o mapa do percurso. Heitor está de chegada ao Tribunal e se depara com uma manifestação contra a violência doméstica encabeçada por Glória e Dolores. Já durante a sessão, Heitor é considerado culpado e condenado a um ano de prisão. Carol chora desolada enquanto Pipo acha que é muito pouco tempo para aquilo que o pai fez.

Na entrada da quinta, Nazaré está na sua moto observando Duarte. Toni chega e diz que agora que já o viu está na hora de ir embora. Nazaré, revoltada, já não quer fugir, mas Toni diz que pense na mãe que não ia superar ver a filha presa. Nazaré, desesperada, arranca na moto. Em casa, Félix vai ao encontro de Cláudia e suplica por ajuda. Diz que perdeu tudo e que quer contar a verdade, fazer justiça e ajudar Nazaré, mas que sozinho não consegue. Ismael os observa e fica alerta. Cláudia aceita, pela amiga, e arranca no carro com Félix. Laura vai até casa dos Silva e tenta descobrir onde está Nazaré. Matias não abre a boca, mas Laura repara no mapa deixado por Toni em cima da mesa. Aproveita para pedir a Matias um copo de água, rouba o mapa e vai embora. Félix e Cláudia estão sendo seguidos. Alguém bate na traseira do carro e Félix perde o controle, acabando por cair numa ribanceira. A pessoa que os seguia incendeia o carro. No ponto de encontro, Matilde e Joaquim estão muito nervosos quando Toni chega, mas sem Nazaré. Esta chega passado pouco tempo a pé. Estão a se despedir quando Joaquim avista o carro de Laura e só conseguem escapar graças a Toni.

RESUMO NAZARÉ – capítulo 094, sexta, 24 de setembro

6 MESES DEPOIS

Impaciente, Nuno está à espera de que o psicólogo o chame. Ele vê a notícia com a foto de Nazaré num jornal antigo, da época dos incêndios. O psicólogo chama Nuno para a consulta. O profissional vai tirando dinheiro. Nuno mente e diz que se sente preparado para voltar a ativa, mas o psicólogo não concorda e se recusa a dar alta a ele. Nuno perde a cabeça. Na Espanha, no campo, vemos Matilde jardinando quando Nazaré chega de bicicleta e cumprimenta Diego. Nazaré recorda que já passaram 6 meses desde que ela e a mãe desapareceram. Na quinta, vemos Duarte envolvido com uma mulher. É Bárbara. Os dois fazem amor e o público perceberá que agora vivem juntos. Em casa, Nazaré está cortando pão quando se magoa e corta a mão. Matilde conversa com a filha e pergunta se está com a cabeça em outro lugar. Nazaré pesarosa diz que não consegue esquecer Duarte.

Na cozinha, Duarte e Bárbara tomam o café da manhã enquanto ela o lembra que tem a prova da ementa do casamento. Na entrada da quinta, Duarte está com o agrônomo e com Dolores e se mostra preocupado com o negócio do pomar. No seu quarto na quinta, Bernardo relembra que faz 6 meses que o pai morreu. Olívia o consola e diz que podem ir comprar flores e depois ir ao cemitério. Bernardo não responde e sai para ir trabalhar. Verônica chega à Atlântida e dá de cara com Duarte sentado na sua mesa. Verônica diz ao sobrinho para deixar de ser ridículo e aceitar que o tribunal lhe deu razão. Duarte avisa que não vai desistir até colocá-la na cadeia.

Cris chega e mostra, orgulhoso, à família a medalha pelos 6 meses de sobriedade. Todos o congratulam. Laura chega, entretanto, e conta à família que a sua suspensão se converteu em demissão. Vai deixar de ser polícia por causa das mentiras que Verônica andou contando, mas não quer que a olhem como uma coitadinha. Laura sai, desesperada e a chorar. Luís pede a Bárbara que fique com a banca um pouco. Ela aceita, ainda que contrariada, e desabafa com o irmão que tem medo de que Nazaré volte e afete a vida que ela agora tem com Duarte. Luís comenta com a irmã que a banca dos Silva está fechada porque Toni vai sair da prisão. Toni está a entrar em casa enquanto fala ao celular irritado porque ninguém o foi buscar. Nuno observa-o enquanto se encaminha para casa. De repente, mal Toni chega à sala, estão todos à sua espera. Glória e Matias organizaram uma festa de boas-vindas para ele. Glória comenta com o filho que Bárbara e Duarte se vão casar.

NOVELA NAZARÉ: RESUMO SEMANAL DE 27 DE SETEMBRO A 01 DE OUTUBRO DE 2021

RESUMO NAZARÉ – capítulo 095, segunda, 27 de setembro

No quarto do hotel, vemos Nuno tirando uma arma de um saco. De seguida, vai para o banho, faz a barba e se apronta para sair. Já na recepção, Gonçalo e Nuno dão um encontrão e Gonçalo fica com a sensação de que o conhece de algum lado. Na Atlântida, Nuno fala com Verônica. A conversa corre bem e Verônica gosta do seu currículo ainda que Nuno minta e diga que saiu da PSP por vontade própria. Verônica pergunta a ele porque se mudou de Lisboa para Leiria e Nuno diz que foi um mero acaso e que quis apenas mudar de ares. Érica está em casa e quando vai para descer as escadas sente uma enorme contração. Aflita, chama por Paula, mas percebe, rapidamente, que está sozinha. Liga para a mãe, em desespero, e Verônica diz que vai ligar ao 112, pede-lhe que respire fundo e que aguarde ela chegar. Bernardo vai ao encontro do inspetor Prata no Restaurante e falam do acidente de Félix e Verônica. Prata está convencido de que foi apenas um acidente, mas Bernardo insiste e diz que acredita que anda um assassino à solta.

No Hospital, Sofia continua em coma. Os filhos estão no quarto com ela e Carol lê um livro. Carol sai para ir buscar algo para comer e Pipo, em desespero, suplica à mãe que acorde, pois não consegue aguentar mais a vida sem ela. Érica já está em trabalho de parto e a ser assistida. Verônica está com ela e vai ajudando a filha durante o parto. Nasce a bebê e Érica fica derretida. Verônica quer afastá-la da criança, mas Érica diz à mãe que afinal mudou de ideia e que quer ficar com a filha. Verônica fica em choque. Nuno invade a casa de Nazaré. Está na sala remexendo em tudo à procura de alguma pista que o possa conduzir até ela. De repente, ouve um barulho e fica alerta. É Joaquim quem entra e que, ao perceber que lá está alguém, apressa-se a ir buscar uma faca. Nuno consegue se esconder e Joaquim não o vê. Joaquim chama Dolores, que aguardava lá fora, e pede desculpa a ela pela confusão. Começam a dar um jeito na casa quando Nuno aproveita para escapar.

Antes de sair, Nuno alcança o celular de Joaquim e tira uma fotografia. Sai deixando a porta aberta. Joaquim estranha a porta estar aberta porque tem a certeza que a tinha fechado. Érica está rendida à filha e diz a Verônica que tem a certeza de que quer ser ela a tomar conta da bebê. Verônica fica furiosa. Cris e Luís chegam para ver a bebê. No bar do Hotel, Laura pede a Prata que lhe arranje os relatórios do acidente de Félix e Cláudia. Prata diz que não pode fazer isso, pois ela já não faz parte da polícia. Prata, preocupado, pede a Gonçalo que controle Laura. Laura e Bernardo falam sobre o acidente e chegam à conclusão de que foi algo encomendado. Laura desconfia de Verônica e diz a Bernardo que sem os relatórios ou os resultados da autopsia não há nada a fazer.

RESUMO NAZARÉ – capítulo 096, terça, 28 de setembro

No hotel, Nuno verifica a fotografia que tirou no celular de Joaquim e começa a ligar para um número. Quando atendem, ele diz o nome de Nazaré e fica silêncio do outro lado. Nuno fica frustrado, não consegue perceber se é Nazaré ou não e se lembra de Joana, a sua mulher. Nazaré fica preocupada com a chamada que recebeu e conta a Matilde. Decidem ligar para Joaquim que diz que não deu o número a ninguém e pede a elas que tenham por perto a arma que deixou e que a utilizem, caso seja necessário. Na quinta, Bárbara fala com Duarte e diz que está saturada da sua luta pela Atlântida, mas ele é direto e diz que nunca vai desistir da empresa. Falam do casamento e de onde planeiam ir passar a lua-de-mel. De volta a casa, Verônica sugere nomes para a bebê e Érica desvaloriza e diz que quer esperar para saber quem é o pai para tomar essa decisão. Érica vai dar de mamar e Verônica supervisiona a filha.

Em casa, Ermelinda desabafa com Ismael sobre a viagem de Floriano à Disney. Ismael diz que a culpa foi dela que quis se separar e diz que, se fosse ela, ia atrás dele. Ismael se lembra de Cláudia e chora. No Restaurante, Nuno está atento à conversa de Glória e Matias e diz, simpático, que gostou do restaurante e planeja voltar mais vezes. Glória e Matias discutem o retorno de Toni à banca, um pouco apreensivos. Já tarde, Bernardo fala com o primo na sala da quinta. Bernardo, sempre muito assertivo, diz ao primo que não acha certo ele casar com uma mulher que não ama. Duarte fica desconfortável com a conversa. No bar do hotel, Pipo está super agitado e cansado. Fala com Ana, já irritado, porque não sabe do seu celular. Matias, ao notar o seu desespero, comenta que talvez o tenha deixado no hospital quando foi ver a mãe e se oferece para ir lá ver.

RESUMO NAZARÉ – capítulo 097, quarta, 29 de setembro

Já no hospital, no quarto de Sofia, Matias procura o celular de Pipo. Olha para Sofia, com pena, quando ouve um suspiro e vê que os seus olhos tremem. De repente, Sofia abre os olhos e Matias toma um susto. Sofia se engasga com o tubo, não consegue respirar e Matias se apressa para pedir ajuda. A enfermeira e o Dr. Murilo ajudam Sofia e dizem a Matias que vão fazer exames e que avisam a família quando tiverem os resultados. Em casa, Pipo confronta Carol, pois descobriu que a irmã anda visitando o pai às escondidas. Carol admite que vai visitar o pai desde o início. Pipo está incrédulo com a atitude da irmã. Matias liga para Carol para contar que Sofia acordou. Eles correm para o hospital.

Já no quarto, Sofia fala com dificuldade e se emociona com a alegria dos filhos. Sofia fica sabendo que Heitor está preso. Toni está pronto para ir trabalhar e chama pela mãe e pelo irmão, mas percebe que não tem ninguém em casa. Quando chega ao Mercado, Glória tenta arranjar uma desculpa para que Toni não fique na banca. Toni percebe e fica magoado. Quando vê Bárbara, pergunta se ela gosta de ser um prêmio de consolação. Na quinta, Duarte fala com Luís sobre o negócio, mas ele está aéreo, só consegue pensar na bebê e Duarte diz que ainda não a foi ver por causa de Verônica. Chega o agrônomo que lhes dá a triste notícia de que o pomar está doente. Na Espanha, Nazaré está deitada na grama tomando sol quando sente a presença de alguém e se apressa a sacar da arma. Matilde se assusta e a filha pede desculpa e mostra que a arma não tem balas. Matilde dá a Nazaré o celular que comprou para ela.

Na casa dos Soares, Joaquim está muito feliz, pois conseguiu falar com Elsa e marcar um encontro na casa de Nazaré. Dolores atende a Duarte e fica preocupada com o que ele lhe conta. De volta à quinta, Duarte está de rastos, vai ter um enorme prejuízo por causa do pomar. O agrônomo explica que quem envenenou o pomar usou químicos bastante fortes. Duarte tem a certeza que foi Verônica e sai apressado. Duarte entra pela casa de Verônica a dentro e pergunta a Paula onde está a tia. Ele vai ao quarto de Verônica e a acusa de ter envenenado o pomar. Verônica, com um ar superior, diz que nunca iria se dar a esse trabalho e para ele se manter longe dela e daquela casa. Bernardo e Érica conversam enquanto a bebê está nos braços de Érica. Com os gritos de Verônica e Duarte, a bebê acorda. Bernardo e a irmã vão ver o que se passa e Érica fica zangada com o primo por não se ter dignado a ir visitar a bebê e agora aparecer para fazer um escândalo. Bernardo não acredita na mãe e sai com Duarte.

RESUMO NAZARÉ – capítulo 098, quinta, 30 de setembro

Já na casa Gomes, Joaquim pede a Elsa que confesse que Verônica lhe pagou para raptar e manter Matilde sedada. Elsa tem medo e não quer ir presa. Joaquim garante que consegue um bom advogado para ela. Elsa fica de pensar no assunto. Na Atlântida, a secretária Maria diz a Verônica que Elsa esta lá para falar com ela. Elsa conta a Verônica que Joaquim se encontrou com ela e lhe pediu que fosse à polícia testemunhar contra Verônica. Verônica descansa Elsa, promete ajudá-la e pede que confie nela, pois vai resolver a situação. Na prisão, Carol conta a Heitor que Sofia já acordou do coma e Heitor chora sem parar. No bar do hotel, Gonçalo fala com Nuno e diz que tem a impressão de que o conhece. Nuno não reconhece Gonçalo e, com o desenrolar da conversa, Gonçalo percebe que Nuno se candidatou para ser segurança da Atlântida.

Na Atlântida, Verônica parabeniza Nuno, pois o lugar de segurança é dele e a proteção dela e da empresa está agora nas mãos dele. Nuno atira para cima da mesa o tema Nazaré para estudar a reação de Verônica. Joaquim está junto a Dolores, no Mercado, que lhe diz que tem medo que ela fuja dele e o plano caia por água abaixo. Quando sai, para ir fazer uma entrega, Joaquim encontra Elsa morta no porta bagagens do seu carro. Joaquim está desorientado, fecha a bagageira e procura algo no celular antes de arrancar. Nuno tenta ligar para Nazaré, mas o celular continua desligado. Verônica avisa a Nuno que Duarte está proibido de entrar na empresa. Já no seu gabinete, Verônica recebe Mike e o avisa para nunca mais se encontrar com ela ali. Ele quer o dinheiro, pois já fez o trabalho que ela lhe encomendou. Verônica dá o dinheiro a ele e o manda embora. Quando Mike sai, Nuno repara nele e estranha a sua presença, percebe que ele não é dali.

Na Espanha, Diego oferece um cesto de fruta e legumes a Nazaré. Ela agradece e diz que não poderá ir com ele ao festival, que fica para a próxima. Matilde tem pena da filha e Nazaré desabafa que está cansada de andar fugida. No meio da mata, Joaquim tira o corpo de Elsa do seu carro e o enterra num buraco. O carro deixa um rasto de pneus pelo caminho. Na quinta, Bárbara diz a Duarte que não devia ter feito queixa de Verônica, mas Duarte diz ter a certeza de que foi ela que envenenou o pomar. Bernardo está com o primo e também acha que a mãe é culpada. Na casa dos Carvalho, Pipo, de cabeça perdida, proíbe Carol de falar com o pai sobre a recuperação de Sofia, mas a jovem continua a acreditar na inocência do pai. Pipo, revoltado, sai para o quarto e Ana tenta explicar a Carol que ela está errada e que tem de abrir os olhos em relação a Heitor e não se deixar manipular.

RESUMO NAZARÉ – capítulo 099, sexta, 01 de outubro

Nazaré percebe que o plano com Elsa falhou e fica revoltada. Está farta de se sentir presa e sem esperança de que algum dia a situação se possa inverter. Bárbara pede a Duarte que se interesse mais pela organização do casamento. Duarte fica tenso, tinha ponderado não ir a lua de mel por causa do pomar, mas ao ver o desespero de Bárbara muda de ideia e não a contraria. Na cozinha do hotel, Cris está nervoso e só espera que Luís seja o pai da bebê, pois Érica gosta dele e seria tudo mais fácil. Laura não pensa em outra coisa que não se vingar de Verônica, mas Gonçalo pede que não o faça. Prata está insatisfeito com a insistência de Laura em relação ao acidente de Félix e Cláudia. Ele diz que não ficou provado o envolvimento de Verônica no acidente e pede a ela que esqueça o assunto, mas Laura continua convencida de que está a escapar algo à polícia.

Na Espanha, Nazaré está vendo os pertences que guardou numa caixa, entre eles o seu anel de noivado e a aliança. Fica triste e revoltada por saber que nunca mais vai poder voltar. Matilde tenta consolar a filha, mas Nazaré diz que não consegue esquecer Duarte e que continua a amá-lo. Em Portugal, na quinta, e quase em sintonia, Duarte descobre a sua aliança e fica nostálgico ao recordar os bons momentos que viveu com Nazaré. Bárbara aparece no quarto e, deparando-se com a situação, fica cheia de ciúmes e inseguranças. Duarte a descansa, dizendo que agora o único casamento que importa é o deles. Bernardo, sempre muito direto, diz a Olívia que não se sente preparado para ter sexo. A jovem, com calma, explica a ele que não é sexo, mas sim amor.

Joaquim cruza com Verônica no Restaurante e a acusa de ter assassinado Elsa e de ter tentado incriminá-lo. Ele diz à vilã que gravou a conversa que teve com Elsa e que vai mostrá-la à polícia como forma de incriminá-la. Verônica avisa que ele não se meta no seu caminho porque se não, a próxima vítima será ele. Verônica entra em casa e não gosta de ver que Laura também lá está. Laura explica que quando soube que ela estaria presente, quis acompanhar o filho. Verônica não quer esperar por Luís e ordena a Érica que abra o envelope com os resultados do teste de paternidade. Na casa dos Soares, Luís se apressa, pois já está atrasado. De repente, entram dois capangas que agridem Luís e Joaquim. Luís, no chão já sem forças, não consegue impedir que Joaquim seja amarrado e levado. Érica revela que Cris é o pai da bebê. Cris fica atarantado com a notícia e a digerir quando Verônica diz a ele que não vai permitir que a neta seja criada por um drogado. Laura defende o filho e aconselha-os a falarem em privado.

NOVELA NAZARÉ: RESUMO SEMANAL DE 04 A 08 DE OUTUBRO DE 2021

RESUMO NAZARÉ – capítulo 100, segunda, 04 de outubro

Dolores está chegando em casa quando vê com o filho no chão, bastante machucado. Dolores ainda fica mais aflita quando Luís lhe diz que Joaquim foi levado por dois homens. Já no quarto de Érica, Cris diz que fará de tudo para ajudar a criar a filha. Enquanto isto, na sala, Verônica e Laura discutem. A policial diz que tem certeza de que foi ela quem matou Félix. Verônica fala que sem provas não a pode acusar de nada, mas fica tensa. Dolores faz uma videochamada para Nazaré e fala do desaparecimento do pai. Matilde chega nesse momento e fica sabendo do que aconteceu. Nazaré diz à mãe ter a certeza que isso tem mão de Verônica. No mercado, Duarte e Bárbara encomenda as flores para o casamento. Cruzam-se com Toni e Bárbara fica incomodada. Glória avisa a ela que Joaquim foi raptado e Luís agredido.

Érica está triste por não ser Luís o pai da sua filha e Verônica comenta que realmente a filha teve pouca sorte com os homens. Érica diz à mãe que não vai afastar Cris da vida da filha. Já no hotel, Ana e Gonçalo estão tão surpresos como Cris ao saber da notícia. Laura diz, com agressividade, que é melhor que a bebê seja  levado ao hotel para que eles a conheçam. Gonçalo não gosta da sua postura. Sabe que Laura nunca mais vai confiar nele 100%, mas pede a ela que faça um esforço. Luis chora, achava que a filha era dele. Érica chora também, bastante emocionada, e confessa que também ansiava que a filha fosse dele, pois seria uma segunda oportunidade. Luís diz que a ama, mas que não vale a pena complicar mais as coisas. Duarte vai até ao hotel e conta a Laura que Joaquim desapareceu. Ela informa que não está mais na polícia e que Nuno é o novo chefe de segurança da Atlântida.

No bar, Duarte pede a ajuda de Nuno para obter informações de dentro da Atlântida. Nuno diz que não gosta de jogo sujo, mas Duarte está convicto de que Nuno o irá ajudar. Depois da chamada que Nazaré recebeu e do rapto de Joaquim, Matilde está com medo de que encontrem ela e a filha. Nazaré começa também a ficar nervosa e Matilde diz que acha mais prudente saírem dali. No seu quarto, Nuno está triste a recordar a mulher enquanto vê um vídeo em que Joana aparece grávida. Laura vai ver Sofia no hospital e desabafa com a amiga que anda descarregando a sua frustração na família. Sofia confessa que está muito preocupada com o que Heitor lhe possa fazer quando ela voltar para casa. No Restaurante, Toni insiste com Matias para que o ajude a convencer a mãe a voltar para a banca. Glória percebe que está atrasada e inventa uma dor de cabeça para conseguir sair.

RESUMO NAZARÉ – capítulo 101, terça, 05 de outubro

Na casa dos Soares, Dolores está chorando e sem saber o que fazer para encontrar Joaquim. Pede a Duarte que leve Bárbara, pois a única coisa que não quer é estragar o casamento deles. Luís fica, neste momento, sabendo que Joaquim tem ajudado Nazaré. Verônica vai à quinta e pede ao filho que volte para casa. Bernardo diz que não vai com ela e Verônica, revoltada, avisa ao filho que Duarte inventa histórias para os manter afastados. Duarte expulsa a tia da quinta, com a ajuda de Bárbara.

No Lar, Verônica, insistente, pede a Olívia que a ajude a convencer Bernardo a voltar para casa. Olívia diz que Bernardo é muito inteligente e que não vai ceder a chantagens e adverte Verônica de que devia ter pensado melhor nas consequências dos seus atos. Vemos Bernardo a contemplar um quadro de cortiça onde tem uma foto de Félix ao centro com fotografias dos possíveis suspeitos ao redor, entre eles, Nazaré, Duarte e Verônica. Ermelinda está pronta para sair quando chega João. Todos ficam surpresos pelo retotrno sem aviso e João fica satisfeito porque a neta agora trabalha ali no Lar. Ermelinda pergunta por Floriano e, quando ele chega, os dois trocam um olhar apaixonado, mas logo se retraem.

Dolores, apressada, grita para o quarto de Luís, e diz que vai à polícia e que não se preocupe porque já tem a roupa do casamento na quinta. Ela atende o celular e fica sem reação. Já na casa Gomes, Dolores dá de cara com Nazaré e Matilde, que retornaram de Espanha. Dolores chora, desesperada, por não saber de Joaquim e Nazaré promete que vai ajudá-la. Quando Dolores está de saída, recebe uma chamada de Glória que lhe diz ter uma coisa para lhe contar acerca de Joaquim. Matilde vai até ao Restaurante, ao encontro de Glória, que lhe conta que Joaquim esteve ali com Verônica no dia em que desapareceu. Nazaré tem a certeza que foi Verônica que raptou Joaquim. Dolores está cansada e sem cabeça para o casamento com toda essa confusão. Apercebe-se do que disse e pede desculpa a Nazaré. Nazaré acalma Dolores e diz que não se preocupe.

RESUMO NAZARÉ – capítulo 102, quarta, 06 de outubro

Prata vai até à Atlântida ao encontro de Verônica e diz que tem umas perguntas para lhe fazer sobre o desaparecimento de Joaquim, pois há quem a tenha visto com ele no dia em que o mesmo desapareceu. Matilde, que está na recepção da Atlântida, cruza-se com Nuno e ele pergunta a ela se precisa de alguma coisa. Matilde responde que precisa de justiça e que, se fosse ele, iria embora da empresa, pois a patroa é uma criminosa. Verônica mente para Prata quando ele a apanha de surpresa ao perguntar se ela e Joaquim não falaram sobre Elsa. Verônica tenta virar o jogo e Prata informa que Matilde lhe disse que Joaquim tinha falado com Elsa. Matilde avisa a Verônica que Nazaré não está sozinha e que vão acabar por provar a verdade. Nuno fica atento a toda a conversa enquanto Verônica se mostra preocupada. Érica prepara-se para ir para o casamento de Duarte e Bárbara. Verônica está incrédula que a filha vá ao casamento, mas Érica está farta de confusões. Enquanto prepara a mala da bebê, Verónica aproveita e rouba o suplemento sem que a filha dê conta.

Na quinta, Bárbara direciona os empregados visivelmente nervosa porque viu Matilde e tem medo do possível retorno de Nazaré. Duarte tenta acalmar a noiva, mas em vão, Bárbara chora e Dolores sente-se culpada por estar mentindo para a filha. Na casa de Nazaré, Prata e Laura vão falar com Matilde. Ela mente e diz que retornou apenas por causa de Joaquim e que não sabe de Nazaré. Laura aconselha Matilde a falar caso tenha contato com Nazaré. Disfarçada de empregada, Nazaré vai ao casamento de Bárbara e Duarte. Bárbara, que anda às voltas muito nervosa, deixa cair um prato junto de Nazaré e pede ajuda a ela para limpar a sujeira. Nazaré, nervosa, mantém a cabeça baixa para não ser reconhecida. Érica procura o suplemento para dar à bebê. Neste momento, Verônica entra com o suplemento com o objetivo de humilhar a filha. Duarte fica furioso ao ver a tia e a manda embora.

Bárbara, que já está se preparando, se olha no espelho e fica emocionada. Dolores, que está ao lado dela, fica também emocionada. De repente, Bárbara ouve a voz de Duarte no quarto ao lado e sai para ver o que se passa. Duarte e Verônica discutem com agressividade e Duarte está muito alterado com a presença da tia. Bárbara entra no quarto, com Dolores atrás, e Verônica, que está de saída, desequilibra-se e segura-se ao vestido de Bárbara, acabando por rasgá-lo. Luís e Dolores levam Verônica dali para fora perante o desespero de Bárbara que tem o vestido de noiva rasgado. Dolores dá um jeito no vestido de Bárbara, que está inconsolável. Dolores e Luís tentam fazê-la ver que as pessoas não vão olhar para o vestido, mas sim para ela e que será um dia inesquecível, pois ela vai casar com o homem que ama.

Já pronta, Bárbara desce de braço dado com o irmão perante o olhar de todos os convidados. Nazaré, escondida, assiste a tudo desolada. Nazaré, por impulso, ainda pensa em falar, mas Toni, que aparece de repente, a agarra e pede que não faça nada, pois se abre a boca vai presa. Toni convence Nazaré a ir embora, mas Laura estranha a presença de Toni. Duarte, ainda que não veja Nazaré, tem uma sensação estranha da sua presença. Bárbara e Duarte se casam. Já na cozinha, e de saída, Nazaré diz a Toni que não acredita que Duarte casou com Bárbara. Toni confessa que foi lá por causa de Bárbara e diz a Nazaré que deve ir embora dali antes que alguém a veja.

RESUMO NAZARÉ – capítulo 103, quinta, 07 de outubro

Todos brindam à felicidade dos noivos. Laura comenta com Gonçalo que viu Toni e acha estranho a sua presença e que isso pode significar o retorno de Nazaré. Gonçalo chama a atenção dele e diz que já não é da polícia, que deixe o assunto. Laura pensa estar prestes a apanhar Nazaré, mas, quando vai a ver, é só uma empregada. Laura confronta Toni, mas ele a desvaloriza e diz que não tem mal nenhum estar ali. Já de volta para casa, Matilde diz à filha que está muito preocupada com ela. Nazaré, firme, diz que voltou por causa do pai e que vai encontrá-lo com a ajuda de Toni. Quando está de saída de casa de Nazaré, vemos que alguém observa Toni.

Na sala de convívio do Lar, Olívia fala com João e Floriano sobre as desconfianças de Ermelinda em relação ao comportamento estranho dos dois. Ermelinda, que ouve a conversa, acusa-os de terem alguém preso no Lar. João vai até casa de Nazaré, não acredita que Matilde retornou e não lhe disse nada. Nazaré se sente culpada por ter afastado a mãe de João e diz que devia ir à luta e dar uma oportunidade ao amor. No quarto de Sofia, no Hospital, o Dr. Murilo diz que os exames que fizeram apresentam bons resultados e que Sofia terá alta no dia seguinte.

No hotel, Cris mostra aos pais uma lista de nomes para a bebê e avisa que vai falar com Érica para escolherem o nome da filha. Dolores pede a Nazaré que se mantenha afastada de Duarte e que deixe Bárbara e Duarte viverem a sua vida, em paz. Nazaré concorda, e descansa Dolores, diz que vai seguir Verônica, pois pode ser que ela a conduza até ao pai. Bárbara pergunta, com medo, a Duarte se ele estava pensando em Nazaré quando hesitou em responder ao juiz que aceitava casar com ela. Duarte, na tentativa de desviar o assunto, diz que a única coisa que importa são eles e beija Bárbara. No quarto de Érica, Cris e a jovem escolhem finalmente o nome da filha – Yara.

RESUMO NAZARÉ – capítulo 104, sexta, 08 de outubro

Na Atlântida, Mike está com Verônica que lhe diz que os seus problemas não estão resolvidos, pois Duarte continua no seu caminho e impedindo que Bernardo volte para casa. Nazaré, escondida, ouve a conversa, mas, de repente, bate num vaso e Verônica e Mike ficam alerta. Nazaré foge para o gabinete da presidência e Mike e Verônica acabam por não encontrá-la e vão embora. Nazaré, quando tenta sair, percebe que ficou trancada e não tem como sair dali. Na casa Silva, Matias comenta com Toni que a mãe está estranha, tem tido muitas enxaquecas e está trancada no quarto sem dizer nada. Toni não liga muito e, quando recebe uma chamada, apressa-se a sair. Na entrada da Atlântida, Toni observa o segurança que faz a ronda e, quando pode, segue para a sala onde está Nazaré. Nazaré avisa a ele que tenha cuidado, pois os gabinetes têm alarme. Toni, como perfeito malandro que é, consegue abrir a porta para Nazaré sair.

Nos fundos da empresa, Nazaré e Toni estão a sair dali enquanto Nuno, do carro, os fotografa sem reconhecer Nazaré. Quando Toni volta para casa, apanha Glória. Ela, atrapalhada, diz que adormeceu vestida. Toni acha melhor a mãe ir ao médico, pois não é normal andar sempre com dores de cabeça. No Lar, Ermelinda continua com as suas desconfianças em relação a Floriano e João. Pede a Ismael que os distraia enquanto lhes vai vasculhar o quarto e Ismael, vencido pelo cansaço, aceita. Matias, intrigado, mostra a Glória o batom que encontrou perdido em casa. Glória fica tensa, mas disfarça. Toni aproveita e comenta que na noite anterior, quando chegou a casa, encontrou a mãe vestida e acordada. Toni e Matias ficam desconfiados. Na casa Gomes, Matilde diz a Nazaré que tem de parar de perseguir Duarte ou, qualquer dia, é apanhada. Da última vez só se safou graças a Toni. Nazaré conta à mãe que ouviu Verônica dizer que vai atrás de Duarte e ela vai ter de fazer alguma coisa para impedir que isso aconteça.

Verônica fica muito revoltada por Érica e Cris terem ido registar a bebê sem a sua presença e exige que a filha escolha outro nome para a neta. Érica diz à mãe que o nome está escolhido e o assunto encerrado. Na Atlântida, Nuno estranha ao ver a cadeira do gabinete da presidência fora do lugar. Vai verificar as câmaras de vigilância, mas não repara que não há registos. Quando Nuno está pedindo à secretária Maria as imagens da noite anterior, Verônica chega e diz que não é preciso pedir nada, pois foi ela que lá esteve. No Hotel, Ana fala com os pais sobre a ideia dela e de Pipo de se fazerem as sessões de apoio às vítimas de violência doméstica ali no hotel. Laura e Gonçalo acham uma ótima ideia. Ana desabafa com Laura sobre a sua preocupação com a extrema magreza de Pipo. Já na casa dos Carvalho, Pipo diz à mãe que vai preparar o almoço, mas Sofia quer voltar a ser ela a tomar conta dos filhos e não o contrário. Matias aparece com um cesto de boas-vindas para oferecer a Sofia e ela o convida para almoçar.

NOVELA NAZARÉ: RESUMO SEMANAL DE 11 A 15 DE OUTUBRO DE 2021

RESUMO NAZARÉ – capítulo 105, segunda, 11 de outubro

Nuno volta a insistir com Verónica sobre a noite anterior, mas Verónica acaba rapidamente com a conversa voltando a frisar que foi ela que lá esteve. Mike aparece, para se encontrar com Verónica, sob o olhar desconfiado de Nuno. Já no gabinete, Verónica avisa Mike, mais uma vez, que não o quer a aparecer ali. Ele diz-lhe que precisa de contratar mais uma pessoa, mas Verónica não dá permissão. Verónica dispensa Mike e atende uma chamada da prisão. Estão todos a almoçar em casa dos Carvalho enquanto Sofia agradece o apoio da família e dos amigos. Pipo, sem que ninguém note, cospe o almoço para o guardanapo, mas Ana vê. No final do almoço, Ana confronta Pipo com a comida no guardanapo. Ele pede que não conte nada a Sofia pois a mãe acabou de sair do hospital e ainda está debilitada. Heitor fala com Verónica e pede-lhe ajuda, ameaçando de que a podia ter denunciado e que não o fez. Verónica diz-lhe que não é assim tão fácil tirar alguém da prisão, mas Heitor, sem meias medidas, diz-lhe que a cada dia que passa pondera cada vez mais abrir a boca e contar a verdade.

No Lar, João e Floriano já estão fartos que Ismael os esteja a empatar e querem ir à sua vida. Quando finalmente o despacham, Ermelinda vem dos quartos com um bebé nos braços. Mike chega ao Pomar de Duarte e Nazaré segue-o. Na sala da Quinta, Duarte está tenso com as más previsões em relação ao Pomar e pergunta a Bárbara se se importa de adiarem a lua de mel até o assunto estar resolvido. Bárbara acede, ainda que triste. Mike acende um cigarro e faz um monte de folhas com acendalhas no topo. Antes que tenha hipótese de atear fogo, é surpreendido por Nazaré, que o ataca, saltando-lhe para cima, enrolando-se ambos no chão à luta. O cigarro cai ao chão, aceso. Nazaré consegue libertar-se de Mike e levanta-se conseguindo correr para um trator ali estacionado e buzina para chamar a atenção. Duarte, Bárbara e Bernardo ouvem a buzina e ficam alerta. Duarte ordena que fechem tudo e se deixem estar os dois em casa enquanto ele vai perceber o que se passa.

Nazaré luta com Mike para conseguir impedi-lo de pegar fogo ao Pomar mas, quando ouve a voz de Duarte, paralisa. Mike aproveita a oportunidade para fugir dali para fora. Duarte corre para Nazaré, empurrando-a e acabando por cair em cima dela. Duarte, sem lhe ver a cara, pergunta quem é que está por trás deste plano, mas Nazaré mantém-se calada. Quando consegue libertar-se, Nazaré foge enquanto Duarte apaga o cigarro e regressa a casa. Bernardo e Bárbara estão em pânico quando Duarte entra a dizer que tentaram pegar fogo ao Pomar. Volta a sair atrás do tipo que fugiu. Na Atlântida, Nuno percebe que Verónica pediu as imagens da noite anterior pois vê a secretária levar-lhe uma pen com as mesmas. Tenta também ele pedir as imagens, mas não há cópias e Verónica deu ordem para se apagarem as imagens. Mike vai ter com Verónica e conta que foi atacado e que não conseguiu seguir com o plano de atear fogo ao Pomar. Verónica, furiosa, atira com a pen para longe.

No quarto de Érica, a jovem está aflita porque a bebé Yara não para de chorar. Cris tenta ajudar mas, quando Luís chega, fica muito desconfortável. Luís traz um ramo de flores e um pedido de desculpas a Érica. No Hotel, Gonçalo e Laura falam com Pipo sobre a sua magreza extrema. Pipo tenta desvalorizar, dizendo que está tudo bem, mas o casal insiste em que o jovem vá ao médico. Depois da conversa com Gonçalo e Laura, Pipo confronta Ana. Está frustrado, mas ela diz-lhe que não sabia o que fazer e que o quer ajudar. Duarte vai ter com Laura ao Hotel e conta-lhe que tentaram incendiar o Pomar. Qual não é o seu espanto quando Laura lhe conta que Matilde está de volta e que desconfia que Nazaré também tenha voltado. Duarte fica em choque. João e Floriano tentam explicar, perante o espanto de todos, o que se passa. Floriano conta que adotou um bebé na Ucrânia durante a viagem.

RESUMO NAZARÉ – capítulo 106, terça, 12 de outubro

Ermelinda, triste, confessa a Matilde e Olívia que nunca pôde ter filhos. Matilde consola a amiga mas, de repente, recebe uma chamada de Nazaré e sai apressada. Quando está para entrar em casa, Matilde é surpreendida por Duarte. Duarte pergunta a Matilde por Nazaré. Matilde diz-lhe que não sabe da filha, mas Duarte sabe perfeitamente que ela nunca deixaria Matilde para trás e insiste. Matilde continua sem dizer nada e Duarte entra pela casa adentro. Nazaré, que ouvia a conversa lá de dentro, sai antes que Duarte entre. Duarte revista a casa, mas não encontra Nazaré e vai embora, frustrado. Na casa Silva, Toni e Matias surpreendem Glória quando chegam a casa acompanhados por um médico. Glória explica que anda com enxaquecas e, desgostosa, envia uma sms sorrateira a cancelar a saída. Matilde está no Restaurante a pedir comida para levar quando Nuno entra com o mesmo propósito. Nuno começa a fazer conversa com Matilde e provoca uma situação para que Matilde se distraia e lhe consiga colocar um novo cartão no celular.

Dolores vai ao encontro de Nazaré. Está desesperada sem notícias de Joaquim e sem saber o que fazer para o encontrar. Nazaré, tentando acalmá-la, diz que vai refazer os últimos passos do pai na esperança de encontrar alguma pista. De regresso à Quinta, Duarte discute com Bárbara porque esta lhe ocultou o regresso de Matilde. Duarte diz à mulher que não quer mentiras entre eles. Bernardo tenta confortar o primo. Tem pena que Verónica não lhe dê tréguas e diz que quer ajudá-lo e que teve a ideia de se aproximar da mãe para lhe sacar informações. Nazaré esteve a revistar o carro e Joaquim e diz que encontrou folhas e terra nos pneus, por isso, o próximo passo é ir à mata ver se encontra mais alguma coisa. Dolores e Matilde insistem em que leve Toni com ela e a jovem, ainda que contrariada, acede. Já na mata, Toni e Nazaré encontram vegetação semelhante à que Joaquim tinha nos pneus e seguem a pista.

Na Atlântida, Bernardo vai ter com a mãe numa tentativa disfarçada de lhe sacar algum tipo de informação. Pede a Verónica um copo de água e, quando esta se ausente, Bernardo vasculha as suas gavetas. Verónica regressa e apanha o filho a mexer nas suas coisas, mas desvaloriza porque não quer que Bernardo tenha um surto e, no fundo, quer ganhar a sua confiança de volta. Nazaré vê terra remexida, começa a escavar com a ajuda de Toni, e dá com o corpo de Elsa. Toni puxa Nazaré que está descontrolada e quer desenterrar Elsa. Nazaré chora com medo que Verónica também tenha morto Joaquim. De volta a casa, Nazaré conta a Matilde e a Dolores o que encontrou na mata. Dolores fica aflita só de pensar na possibilidade de Joaquim estar morto. Nazaré diz-lhe que tem de ir à polícia e contar que Joaquim andava à procura de Elsa.

RESUMO NAZARÉ – capítulo 107, quarta, 13 de outubro

No lobby da Atlântida, Nuno e Maria ouvem a notícia sobre a morte de Elsa. Verónica aparece, fica tensa, mas rapidamente disfarça, mostrando-se chocada pela morte da enfermeira do filho. Bernardo volta para a Quinta e conta a Duarte que viu uns documentos na Atlântida que lhe podem interessar. Bernardo conta ao primo que a Verónica está prestes a fazer um ótimo negócio. Duarte decide arranjar maneira de dar a provar a Verónica do seu próprio veneno. Dolores conversa com o inspetor Prata e diz-lhe que Joaquim andava à procura de Elsa na tentativa de ajudar Nazaré. O inspetor começa a pôr em causa o possível envolvimento de Joaquim na morte da enfermeira. Nazaré, que ouvia a conversa toda, diz a Matilde que há uma pessoa que as pode ajudar.

No Lar, João e Floriano trocam a fralda ao bebé enquanto Ermelinda assiste a tudo furiosa. Ismael e Olívia falam quando são interrompidos por Ermelinda que se queixa de Floriano e não entende porque é que trouxe um bebé. Olívia acha que está na hora de os dois fazerem as pazes, mas Ermelinda diz que agora vai começar a divertir-se. Dolores e Matilde vão ter com Laura ao Hotel e pedem-lhe ajuda. Laura acede, mas diz que ninguém pode saber do seu envolvimento uma vez que já não é PJ. Gonçalo ouve a conversa e sai atrás de Laura. Gonçalo pede a Laura que fale com o inspetor Prata e lhe passe as coisas e que não faça nada contra a Verónica, por ele e pelos filhos. Na Atlântida, Verónica pede a Nuno que não insista mais com as imagens das câmaras de vigilância pois a única intrusa foi ela. Verónica recebe um telefonema e fica furiosa quando percebe que o empresário francês desistiu do negócio demovido por Duarte. Olívia conta que vai levar Ermelinda à inauguração de um bar. Floriano fica cheio de ciúmes, mas Ismael diz-lhe que é bem feita, só tem o que merece.

Cris vai ver a filha e encontra Luís com a bebé. Luís explica que Érica saiu e que ele ficou a tomar conta de Yara, mas Cris manda-o embora e diz que quem toma conta da filha é ele. Érica, que almoça com Ana, desabafa com a amiga que seria tudo mais fácil se fosse Luís o pai da bebé. Ana tem a certeza que Luís gosta dela, mas Érica mantém as suas dúvidas. Na Quinta, Bárbara sugere a Duarte que façam um evento para os clientes irem conhecer o Pomar. Enquanto discutem a ideia, Verónica entra a ofender Duarte e ameaça-o que se vai arrepender de lhe ter estragado o negócio. Laura vai à Atlântida e pergunta à secretária Maria se viu Elsa na empresa nos últimos tempos. Maria fica atrapalhada e Nuno, que aparece entretanto, pergunta a Laura o que se passa, pois é ele o novo chefe de segurança da Atlântida. Laura diz que é PJ e que está a investigar a morte de Elsa. Duarte desabafa com Bárbara, acha que pode ser demasiado para Bernardo estar a fazer este jogo com Verónica. Bárbara não quer que Duarte se magoe, ainda mais, com toda esta situação, mas Duarte garante que vai lutar até ao fim.

RESUMO NAZARÉ – capítulo 108, quinta, 14 de outubro

Toni vai ter com Nazaré a casa e diz que trouxe um filme para verem. Nazaré, desanimada, diz que está sem vontade, mas Toni insiste. Nazaré está com medo do que possa ter acontecido ao pai. Num sítio abandonado, vemos Joaquim amarrado e a debater-se para se soltar. Na casa Félix, Verónica diz à filha que deviam pedir a guarda total da bebé. Érica não concorda e não quer afastar Cris da filha. Laura chega e vem fazer perguntas a Verónica sobre Elsa, uma vez que esta esteve na Atlântida no mesmo dia em que morreu. Verónica questiona Laura sobre o acesso às imagens de vigilância uma vez que Laura já não é PJ e tenta desviar o assunto, dizendo que esteve a falar com a filha e que vão pedir a guarda total da bebé Yara. Joaquim tenta fugir, mas rapidamente os capangas, que o vigiam, o voltam a prender e o agridem.

Quando Laura sai, Érica confronta Verónica e esta explica à filha que Elsa a procurou para lhe pedir dinheiro e que nada tem a ver com a morte da enfermeira. De volta ao Hotel, Laura ouve uma reprimenda do marido por andar a fazer investigações quando já não faz parte da polícia e só está a dar trunfos a Verónica. Laura conta a Gonçalo que Verónica quer pedir a guarda total da bebé e Gonçalo pede-lhe, por favor, que não faça mais nada que possa dar razões a Verónica para os intimidar. Nazaré está furiosa no seu quarto a dar murros no saco de boxe. Matilde entra e diz à filha que sabe que ela está assim por causa de Duarte. Nazaré é firme e responde que o que importa agora é encontrar Joaquim. Na Quinta, Bárbara fala com Duarte sobre o evento de promoção dos produtos do pomar. Bernardo pergunta se pode levar Olívia consigo. Duarte pega numas chaves e diz que tem de sair.

No seu gabinete na Atlântida, Verónica confessa a Prata que Elsa lá foi pedir ajuda depois de Joaquim a ter ameaçado. Quando Prata sai, Verónica chama Nuno e informa-o que Laura e Duarte estão proibidos de entrar na empresa. Na casa Gomes, Dolores, Matilde e Nazaré estão frustradas pois não sabem como procurar por Joaquim. Nazaré diz que vai tentar saber quem é um tal de Mike e diz à mãe e a Dolores para irem ao evento na Quinta. Verónica chama Nuno e diz que quer que ele saia do Hotel de Laura porque ela é louca e a persegue porque ela e Gonçalo tiveram um caso. Nuno garante a Verónica que a vai proteger. Duarte entra em casa de Matilde. Chama por ela, mas não obtém resposta e segue para o quarto de Nazaré. Duarte encontra um saco com roupa e vê a cama de Nazaré desfeita. Fica desconfiado e liga a Bernardo a pedir um favor.

RESUMO NAZARÉ – capítulo 109, sexta, 15 de outubro

Já no evento de promoção dos produtos biológicos, Floriano fica louco de ciúmes quando vê Ermelinda chegar com outro homem. Por seu lado, João também fica ansioso ao ver Matilde. Bernardo, sem que ninguém veja, vai até à mala de Matilde, tira-lhe o celular e desliga-o, tal como Duarte lhe pediu. Nazaré acaba de entrar em casa e encontra um bilhete a dizer que tem de ir até ao lago se quer voltar a ver a mãe. Nazaré fica em pânico e tenta ligar a Matilde, mas esta tem o celular desligado. Nazaré pega no capacete e sai apressada. Durante o evento, e por falta de notícias de Nazaré, Matilde procura o seu celular. Quando se apercebe que não tem, Matilde fica muito agitada e começa a achar que alguma coisa estranha se passa. Do outro lado, Bárbara aguarda ansiosamente a chegada de Duarte. Matilde está muito ansiosa porque não encontra o seu celular e tenta ligar a Nazaré do celular de Dolores. Nazaré atende a chamada, quando Matilde lhe diz que perdeu o celular. Nazaré olha à volta e vê Duarte a aproximar-se de carro. Ela apressa-se a ligar a mota e a fugir.

Duarte segue atrás de Nazaré e ela, com os nervos, despista-se a acaba por cair. Duarte corre para ela e tira-lhe o capacete. Neste momento, Duarte tem a confirmação de que Nazaré voltou. Duarte recupera do choque de ver Nazaré, passado tanto tempo, e aproxima-se dela para lhe sentir a respiração. Nazaré acorda nesse momento e ficam os dois muito perto. Nazaré pergunta-lhe se ele vinha atrás dela e os seus olhares ficam presos por um instante. Duarte diz a Nazaré que tinha a certeza que ela andava por perto. Gonçalo vai fazer a limpeza ao quarto de Nuno, mas quando se apercebe que ele lá está diz que volta noutra altura e pergunta, por simpatia, se as coisas na Atlântida estão a correr bem. Nuno não é simpático e responde que as coisas corriam melhor se Laura não estivesse constantemente no seu caminho. Diz a Gonçalo que avise a mulher que não é bem-vinda na empresa. Duarte pergunta a Nazaré se era ela no dia do casamento. Ela confirma e diz que tinha de ver com os seus próprios olhos. Pergunta a Duarte se ama Bárbara e ele responde que está feliz e que tem uma mulher que o apoia. Nazaré conta-lhe ainda que foi ela que evitou o fogo no Pomar e que Joaquim está desaparecido, foi por isso que voltou.

Joaquim tenta persuadir um dos capangas para que o deixe fugir. Quando ele se aproxima, Joaquim tira-lhe algo do bolso, que não percebemos o que é. Cortez aparece e avisa Joaquim que só o vai deixar ir embora quando a sua divida estiver paga. Duarte acompanhou Nazaré a casa. Com cautela, Duarte diz-lhe que Joaquim pode estar morto. Nazaré diz que até existir um corpo, vai ter esperança de encontrar o pai e avisa Duarte que fará de tudo para lhe devolver aquilo que lhe tirou. Duarte descansa Nazaré e diz-lhe que não a vai denunciar à polícia. Duarte sai, ainda muito perturbado. Olha para a porta de casa de Nazaré, como quem quer voltar a entrar, mas rapidamente se recompõe e segue caminho. Joaquim tira o telemóvel que roubou ao capanga do bolso, mas perde a esperança quando percebe que não tem rede. Ouve passos e põe-se, de novo, a pintar. Duarte chega ao evento e devolve o telemóvel a Matilde dizendo que deixou Nazaré em casa, que não precisa de se preocupar. Olha para Dolores e pergunta porque é que não lhe disse nada se também sabia a verdade. Verónica discute, mais uma vez, com Érica. Nuno assiste a tudo e sai atrás de Verónica.

*O resumo da novela Nazaré pode sofrer alterações de acordo com a edição realizada pela Band.

NOS CAPÍTULOS ANTERIORES:

RESUMO NAZARÉ – capítulo 080, segunda, 06 de setembro

Na casa dos Silva, Toni e Bárbara observam a mala com o ouro. Matias está muito nervoso, quer devolver a mala, mas Toni e Bárbara mandam ele se calar. Matias, às escondidas, decide ligar para um amigo da polícia. Sofia fala com os filhos e diz que está fazendo o melhor que pode. Carol não aceita, acha que a mãe devia falar com o pai para eles se entenderem. Pipo atende uma chamada de Heitor e diz que ninguém quer falar com ele. Heitor fica possesso com a chamada e por não conseguir falar com Sofia. Ele liga para o advogado, diz que mudou de ideia e que não dá consentimento para a colocação da pulseira eletrônica.

Na casa dos Silva, Matias liga para Cortez dizendo que foi ele quem roubou o carro, mas que vai devolver tudo exatamente como estava. Matias está cheio de medo. Dolores invade o quarto de Joaquim no hotel, vasculha o quarto todo e encontra um quadro falsificado. Na Atlântida, Laura confronta Verônica sobre a clonagem do celular de Gonçalo. Verônica se faz de desentendida. Félix avisa a ela para parar com esses esquemas, pois isso ainda vai prejudicar seus planos. Joaquim chega com material novo para começar um quadro e percebe que foi roubado. Já em casa, Dolores mostra ao filho o quadro que roubou de Joaquim. Luís acha que a mãe devia ir à polícia e denunciá-lo, mas Dolores tem receio de se arrepender.

Carol pergunta a Pipo pela mãe. Ele diz que a mãe foi ao supermercado, mas Gonçalo fica alerta e preocupado por Sofia ter saído sozinha. Num descampado, Heitor puxa Sofia para fora do carro com violência. Sofia acha que ele ainda tem a pulseira, mas Heitor mostra que mandou tirá-la. Heitor descobre o dinheiro que Sofia foi pegar no banco e esbofeteia a mulher. Sofia ganha coragem e dá uma pedrada na cabeça dele para conseguir fugir. Pipo está preocupado por não saber da mãe quando Sofia entra no hotel, magoada, e diz que Heitor a levou para um local isolado. Teme pelos filhos e diz a Laura que tem de os tirar dali. Laura dá à amiga um folheto do APAV (Associação Portuguesa de Apoio à Vítima). Matias conta a Bárbara e Toni que ligou ao dono do carro e prometeu que entregava tudo. Bárbara e Toni estão furiosos com ele. Toni pega o celular de Matias e o quebra, avisando de que não vão entregar nada. Glória está em casa fazendo as contas. Põe as mãos à cabeça e pede a Deus para conseguir pagar todas as suas dívidas a João. De repente, cai a mala com as barras de ouro. Glória grita e diz que é um milagre.

RESUMO NAZARÉ – capítulo 081, terça, 07 de setembro

É dia de casamento. Na casa de Félix, Paula já orienta os empregados e todos os preparativos. Na casa de Nazaré, a jovem não deixa Duarte abrir o armário, pois está lá o vestido e, se o noivo o ver, dá azar. Duarte mostra a Nazaré a chave do barco que o tio lhe ofereceu e Nazaré promete que o amor vai vencer sempre. Verônica está feliz por ter chegado finalmente o dia que tanto aguardava. Félix diz que, desta vez, será ele a tratar de tudo, pois não quer chamar Heitor. Na casa dos Soares, Dolores mostra a Laura o quadro que roubou de Joaquim. Dolores denuncia Joaquim e conta tudo a Laura, dizendo que ele ganha a vida enganando as pessoas.

Cris diz a Joaquim que não viu nada suspeito nas câmaras de vigilância. Joaquim pede que veja de novo enquanto atende a uma chamada de Cortez que o ameaça. No Restaurante, Glória faz negócio com João e entrega a ele uma barra de ouro para cobrir as suas dívidas. Matilde e Cláudia ajudam Nazaré a vestir o vestido de noiva. Matilde pede à filha que não a desaponte e Nazaré começa a entrar em pânico, dizendo que não se pode casar com Duarte para viver uma mentira. Cláudia acalma a amiga. Na casa de Félix, já com tudo pronto, Verônica propõe um brinde enquanto Duarte tenta disfarçar o ódio que sente por ela. Bernardo chega com Olívia para desagrado de Verônica. Érica entrega a Luís o envelope com o sexo do bebê. Luís diz que não vai ver o resultado sozinho e que espera por ela para verem juntos. Cortez vai ao hotel e, aproveitando uma distração de Ana na recepção, sobe para os quartos. Cortez entra no quarto, de arma em punho, mas não encontra Joaquim nem nada dele.

Os convidados começam a chegar e Félix se aproxima de Cláudia e a elogia. Cláudia despreza Félix e pede distância, dizendo que tem nojo dele. No quarto de Duarte, Nazaré está pronta para descer as escadas e começar a cerimônia, quando Cortez entra, com um capuz e lhe aponta uma arma exigindo que chame Joaquim. Laura conversa com Gonçalo sobre Joaquim. Ana ouve a conversa e diz aos pais que lá esteve um homem à procura dele, mas que o quarto de Joaquim está vazio e nem há sinal dele. Nazaré pede a Cortez que a deixe sair, é o dia do seu casamento. Cláudia bate à porta para saber o que se passa, mas Nazaré se apressa para despachar a amiga. Cortez, ameaçador, ordena que chame Joaquim. Verônica estranha a demora de Nazaré, mas Cláudia tranquiliza a todos, dizendo que a amiga vai descer dentro de momentos. Laura entra, de repente, para espanto de todos. Diz ter recebido uma chamada de Nazaré como se fosse para Joaquim e sobe ao encontro dela. Nazaré está muito nervosa. Abre a porta para Laura e Cortez apressa-se a apontar a arma às duas. Laura vê-se obrigada a largar a sua arma enquanto Cortez arrasta Nazaré para fora do quarto de arma apontada à sua cabeça. Cortez desce as escadas, todos ficam em pânico. Nazaré faz sinais a Duarte e consegue se soltar com a ajuda do noivo. Laura sai correndo atrás de Cortez. Nazaré pede a Duarte que a abrace. Ele pergunta se ela quer adiar o casamento, mas Nazaré diz que nem pensar.

RESUMO NAZARÉ – capítulo 082, quarta, 08 de setembro

Depois do susto, Duarte e Nazaré conseguem casar. Félix vai buscar o champanhe para brindarem. Toni chora, desolado, por causa do casamento de Nazaré. Vai procurar o ouro e fica em pânico quando percebe que despareceu. Pede justificações a Matias, que lhe diz que teve de o devolver se não acabavam todos mortos. Glória, que ouve a conversa dos filhos, fica em pânico porque entregou uma das barras a João. Heitor está muito irritado, pois não sabe do paradeiro da família e nem com a filha Carol conseguiu falar. Heitor contrata Fábio para que localize a sua família e diz que Sofia fugiu com os filhos. Nazaré e Duarte se despedem de Matilde, que se apressa a dizer à filha que não se preocupe com ela e que desfrute da lua de mel. Félix e Verônica estão satisfeitos, pois o seu plano de acabar com Duarte está ocorrendo como planejado. Já no iate, Duarte e Nazaré brindam ao amor. Deixam-se cair na cama e envolvem-se consumando o casamento.

Nazaré deixa-se cair no peito de Duarte e acabam por adormecer. Nazaré e Duarte dormem profundamente, pois beberam champanhe que Félix manipulou. Ouvimos os celulares de ambos tocando, mas eles não acordam. Percebemos que foi Félix quem ligou e este entra, de seguida, no barco. Félix está muito nervoso, as mãos tremem, com medo que algum deles acorde e dê pela sua presença. Félix corta a palma da mão de Duarte, esfrega o sangue nos lençóis e no corpo de Nazaré, e arrasta o sobrinho para fora do barco. Duarte foi a deslizar até à parte de fora da embarcação, deixando um rasto de sangue por onde passou. Félix amarra um extintor ao pé dele e o joga fora do barco. Duarte cai no mar e, já dentro de água, abre os olhos. Nazaré abre os olhos. Fica em pânico com o sangue e corre a seguir o rasto até ao exterior da embarcação. Nazaré grita com todas as suas forças por Duarte, está desesperada. Vê umas bolhas de ar à superfície, mergulha e debate-se para trazer Duarte à tona. Félix, já a abandonar o Porto, está ao celular com Verônica e diz que agora é só aguardar que Nazaré acorde. De repente, vê algo, fica em choque e desliga a chamada.

No iate, vemos Nazaré puxando Duarte para o convés. Duarte, ainda sem forças, diz que a ama. Já dentro do barco, Duarte diz a Nazaré que isto foi tudo um plano dos tios para o matarem. Está débil, confuso e revoltado. Nazaré, percebendo que não pode mentir mais, conta ao marido a chantagem de que tem sido alvo nos últimos tempos por parte de Félix e Verônica. Duarte ainda mal tinha recuperado do choque quando Félix entra pelo barco, aponta uma arma a Nazaré e diz ao sobrinho que tem duas hipóteses: ou lhe dá a empresa ou Nazaré e o filho morrem. Nazaré tenta se soltar, mas Félix aponta a arma pra ela e ordena que amarre Duarte. Ela se recusa e diz a Duarte para fugir. Duarte diz a Nazaré que faça tudo aquilo que Félix manda. Félix fala com Verônica, que está visivelmente nervosa, e diz que o advogado vai tratar da papelada para que Duarte doe legalmente a empresa. Verônica está apreensiva, tem medo que o plano não dê certo, mas Félix não podia estar mais confiante.Na quinta, Duarte está fechado no seu quarto enquanto Nazaré está em outro. A única forma de comunicarem é falarem de um lado para o outro. Duarte culpa Nazaré por tudo o que está passando e diz que, caso ela esteja grávida e o filho seja dele, não vai permitir que nasça com uma mentirosa como ela. Nazaré diz que o ama e que em relação a isso nunca mentiu. Temeu contar a verdade com medo de que ele não acreditasse nela. Nazaré está desolada com a ideia de que Duarte lhe poderá tirar o filho.

RESUMO NAZARÉ – capítulo 083, quinta, 09 de setembro

Heitor deixa mensagem de voz para a filha a fingindo que está em grande sofrimento enquanto Laura fala com Sofia e a descansa em relação a Heitor, pois ele não irá encontrá-la. Fábio chega ao Hotel e fica atento à conversa que Laura está tendo com Sofia ao celular. Sofia continua com muito medo de que Heitor os encontre e desabafa com Laura, dizendo que Pipo tem sido um grande apoio, já Carol não está reagindo bem à mudança. Gonçalo encaminha Fábio para o seu quarto no hotel e, já instalado, Fábio liga para Heitor e diz que quando tiver novidades de Sofia entra em contato com ele. De volta à quinta, e já com Heitor presente, Duarte se recusa a assinar os documentos enquanto acusa os tios de serem uns assassinos. Heitor bate nele enquanto Verônica diz ao sobrinho que não tem outra alternativa. Nazaré está trancada. Ouve os barulhos no quarto ao lado e grita para que parem de fazer mal a Duarte. Verônica, já farta de tanto impasse e vendo que Duarte não vai assinar os documentos, acalma-se e diz que vai ficar ali com os documentos para refletir sobre o assunto, mas que não vai chegar a conclusão nenhuma porque não lhe resta alternativa se não assinar.

Os tios saem, juntamente com Heitor, e trancam Duarte no quarto. Duarte consegue arrebentar com a fechadura e vai buscar Nazaré no outro quarto. Duarte e Nazaré tentam fugir, mas Félix a agarra. Nazaré consegue se soltar e diz a Duarte para fugir, mas Heitor aponta-lhe uma arma e Duarte acaba por assinar os documentos de cedência da empresa. Duarte sai dali correndo e vai ao hotel, na esperança de falar com Laura. Laura não está e ele conta a Gonçalo que os tios o obrigaram a passar a empresa e que quer apresentar queixa, antes que seja tarde demais. Laura e Duarte vão à Atlântida confrontar Félix e Verônica. Os tios mentem e manipulam a conversa, dizendo que foi Nazaré quem tentou matar Duarte e que o sobrinho é quem pediu para eles ficarem com a empresa. Laura não acredita em nada do que é dito. Já sozinhos, Duarte diz a Laura que os tios mentem e jura estar contando a verdade. Laura acredita nele, mas adverte que tenha alguma cautela porque já se percebeu que Félix e Verônica não estão para brincadeiras.

RESUMO NAZARÉ – capítulo 084, sexta, 10 de setembro

Joaquim vai até casa de Dolores. Dolores não quer ouvi-lo e pede aos filhos que chamem a polícia. Joaquim explica que não vale a pena, que para se redimir vai colaborar com a justiça para desmascarar a organização para qual trabalhou de traficante de obras de arte. Joaquim diz a Dolores, Bárbara e Luís porque é que mentiu em tribunal e revela tudo sobre a chantagem dos Blanco. Pede a Dolores que o perdoe, mas Dolores, completamente atordoada, pede tempo para processar tudo. Toni sugere à mãe e ao irmão que roubem o colar da celebridade que vai ficar no hotel para poderem pagar a Cortez e repor a barra de ouro que Glória entregou a João para pagar a dívida. Duarte vai até casa da Nazaré e conta que fez queixa dos tios a Laura, mas que eles dizem que foi Nazaré que tentou matá-lo na noite de núpcias. Nazaré tem medo deles, mas diz a Duarte que vai falar com a Laura. Duarte não a perdoa. Na casa de Félix, o casal faz a cabeça dos filhos, tentando fazê-los acreditar que foi Nazaré quem tentou matar Duarte. Érica está em choque com toda a situação, mas Bernardo, por sua vez, diz que eles estão mentindo e que são pessoas más. Bernardo vai ao encontro de Duarte e dá seu apoio, dizendo que acredita nele e que sabe que os pais estão mentindo. Duarte confessa ao primo que Nazaré vai falar com Laura e contar toda a verdade. Duarte acha que, assim, as coisas se vão resolver. Na recepção do Hotel, Laura fala com Gonçalo e Joaquim e diz que acredita em Duarte, mas que sem provas fica difícil incriminar Félix e Verônica. Laura recebe no seu celular as imagens de Nazaré assaltado a quinta e Joaquim, que consegue ver as imagens, sai correndo. Joaquim vai até à casa de Nazaré e avisa a filha que Félix enviou para Laura as imagens do assalto e que ela tem de fugir rapidamente para não ser presa por um crime que não cometeu.

Toni sai apressado ao encontro de Nazaré deixando a mãe desconfiada de que ele sabe algo mais do que aquilo que lhe conta. Laura vai a casa de Nazaré. Matilde, muito tensa, diz que não sabe de Nazaré. Diz que a filha saiu e ainda não voltou e que ela não sabe onde foi. Na casa de Félix, Laura diz que acha muito estranho o vídeo ter imagens editadas. Félix e Verônica mantêm uma postura tranquila enquanto Laura diz a eles que vai ouvir o que Nazaré tem para contar com muita atenção. Toni chega em sua casa com Nazaré e diz à família que ela ficará ali, por enquanto. Joaquim diz à filha que ela tem de sair do país e que a ajuda, mas Nazaré não quer ir embora, mas sim provar a sua inocência. Toni agradece à mãe por deixar ficar Nazaré ficar em sua casa. Toni se sente culpado por Nazaré estar assumindo a culpa sozinha e promete que vai ajudá-la a provar a sua inocência. Ana recebe Luísa e Mauro no hotel e fica entusiasmada com a sua presença. Mauro, sem que Luísa perceba, pede a Ana que guarde no cofre do hotel um anel, pois pretende pedir a namorada em casamento. Matias, que está por ali, ouve a conversa e reconhece Luísa. Trata-se da mulher de que Toni falou em relação ao plano de lhe roubar o colar para pagar a dívida a Cortez. Matias fica atento.


A HISTÓRIA

Logo da novela Nazaré
Novela Nazaré (Foto: Reprodução)

Ambientada na vila de Nazaré, localizada no distrito de Leiria, a 99 km de distância de Lisboa, a trama vai contar vai mostrar a história de luta da protagonista para ajudar sua mãe, Matilde, que sofre de um tumor cerebral. De origem humilde, Nazaré vai precisar de muito dinheiro para pagar o tratamento da mãe. Isso porque o único especialista nesse tipo de tumor atende apenas em Londres. Mesmo passando por sessões de radioterapia, a doença de Matilde não regride, agravando o estado de saúde dela e preocupando Nazaré cada vez mais.

Para poder salvar a vida da mãe, a jovem acaba se envolvendo em um dos esquemas de seu namorado, Toni, que não larga o crime. Porém, os caminhos de Nazaré e Duarte se cruzam quando ele sai de uma balada bêbado e tropeça na moça, que está ali vendendo seus pãezinhos. Ele é um playboy que não sabe o que fazer da vida. O pai dele, Antônio (Virgílio Castelo), é um magnata da indústria de móveis que quer que o filho o suceda na presidência de sua empresa, a Atlântida. Nazaré será obrigada a trair seu namorado com Duarte sem saber que pode estar se envolvendo em um problema muito maior do que imagina.

ELENCO E PERSONAGENS

Carolina Loureiro como Nazaré Gomes

Atriz Carolina Loureiro da novela Nazaré
Foto: Divulgação

Nazaré é uma jovem de origem humilde e que luta muito para poder pagar o tratamento da mãe que sofre com um tumor no cérebro. Foi abandonada na infância pelo pai, que cometeu um homicídio. Acaba aceitando o plano de Félix e Verônica contra Duarte, tudo para conseguir dinheiro para pagar um cirurgião em Londres, o único capaz de salvar a vida de Matilde, sua mãe.

Afonso Pimentel como Toni Silva

Ator Afonso Pimentel da novela Nazaré
Foto: Divulgação

Inicia na novela como namorado de Nazaré. Criminoso, ele não pretende desistir da vida do crime tão cedo. Sua vida se resume em dar golpes para conseguir dinheiro fácil. As únicas pessoas em que ele confia são Nazaré e seu irmão Matias (Pedro Souza).

José Mata como Duarte Blanco

Ator José Malta da novela Nazaré
Foto: Divulgação

Duarte é um mauricinho, filho de um magnata da indústria madeireira dono da empresa Atlântida. Sempre teve tudo do bom e do melhor. Sua vida muda quando conhece Nazaré. Ela será a única pessoa que o fará repensar suas atitudes e mudar de vida.

Albano Jerónimo como Félix Blanco

Ator Albano Jerónimo da novela Nazaré
Foto: Divulgação

Vilão da novela, Félix é um homem ambicioso e se escrúpulos. Ele é marido de Verônica e sócio minoritário e vice-presidente da Atlântida, que é de seu irmão Antônio. O casal tem dois filhos: Bernardo (Guilherme Moura) e Érica (Joana Aguiar).

Sandra Barata Belo como Verônica Blanco

Atriz Sandra Barata Belo da novela Nazaré
Foto: Divulgação

Verônica é mulher de Félix e mãe de Bernardo e Érica. Ela trabalha como designer de móveis da Atlântida. Assim como o marido, é ambiciosa e capaz de qualquer coisa para conseguir o que quer.

Outros nomes:

  • Filipa Areosa – Bárbara Soares Blanco;
  • Rogério Samora – Joaquim Gomes/Carlos Sampaio;
  • Custódia Gallego – Matilde dos Santos Gomes;
  • Inês Castel-Branco – Laura Vaz;
  • Rui Unas – Heitor Carvalho;
  • Ruy de Carvalho – Floriano Marques;
  • Márcia Breia – Ermelinda Marques;
  • Carlos Areia – João Pereira;
  • Luísa Cruz – Glória Silva;
  • Gonçalo Diniz – Gonçalo Vaz;
  • Carla Andrino – Dolores Soares;
  • Bárbara Norton de Matos – Sofia Carvalho;
  • Pedro Sousa – Matias Silva;
  • Liliana Santos – Cláudia Fontes;
  • Tiago Aldeia – Ismael Pinto;
  • Guilherme Moura – Bernardo Maria Telles Blanco;
  • Raquel Sampaio – Olívia Carla Dias Pereira;
  • Joana Aguiar – Érica Telles Blanco;
  • Madalena Aragão – Carolina Carvalho;
  • João Maneira – Cristiano Vaz;
  • Laura Dutra – Ana Vaz;
  • E outros.

TRILHA SONORA

Protagonistas da novela Nazaré
Foto: Divulgação
  1. Xutos & Pontapés – À Minha Maneira;
  2. Ana Bacalhau – Passo a Tratar-me por Tu;
  3. Anjos – Para Longe;
  4. Micaela – Louco Por Ti;
  5. Fado Lelé – Fado Lelé;
  6. Xutos & Pontapés – Dá Um Mergulho;
  7. Carlos do Carmo – Fado dos Cheirinhos;
  8. Expensive Soul – Amar É Que É Preciso;
  9. David Fonseca com Márcia – Deixa Ser;
  10. Luís Sequeira – Se ao Menos Eu Te Odiasse;
  11. April Ivy – Tell Me Baby;
  12. Tonicha – Fadinho da Comida;
  13. Jorge Palma – Estrela do Mar;
  14. Matias Damásio – Teu Olhar;
  15. Anaquim – Anda Por Aí um Bicho;
  16. NBC – Espelho;
  17. Via & Miguel Araújo – Já Não Sei Quem Sou;
  18. Salvador Sobral – Anda Estragar-me os Planos;
  19. Emanuel – Pimba Pimba.

TEMA DE ABERTURA

Música: O Sol
Artista: Vitor Kley
Data de lançamento: 2017

Siga o Resumo das Novelas On nas redes sociais:

@resumodasnovelason

@resumodasnovelas.online

@resumonovelason

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *