Resumo Os Dez Mandamentos: capítulos de 30/01 a 03/03/2023

Resumo da novela Os Dez Mandamentos
Resumo da novela Os Dez Mandamentos

Leia o resumo da novela Os Dez Mandamentos (de 26/01 a 03/03/2023), em reprise na Record TV, e fique por dento dos principais acontecimentos. O folhetim foi escrito por Vivian de Oliveira sob direção geral de Alexandre Avancini. Foi exibida pela primeira vez entre 23 de março e 23 de novembro de 2015, em 242 capítulos. Nos papeis principais contou com Guilherme Winter, Denise Del Vecchio, Paulo Gorgulho, Larissa Maciel, Petrônio Gontijo, Vera Zimmermann, Sérgio Marone e Zé Carlos Machado.

RESUMO DA NOVELA OS DEZ MANDAMENTOS 2022

Capítulo 076, segunda, 23 de janeiro

Na rua do comércio, Ada e Damarina terminam de escolher os adornos e sentem a falta de Adira. Baruk, em sua barraca, orgulhoso por ter feito uma ótima venda, pergunta a Anibal sobre Menhaem. Anibal sai à procura do irmão e cruza com Ada e Damarina, que sente repulsa ao ver o rapaz. Tuya avisa a Gahiji sobre o casamento de Ramsés e Nefertari. O cozinheiro fica radiante com a notícia. Ramsés e Nefertari conversam e se declaram apaixonados. Zípora joga seu charme para Moisés, mas distraído, ele não dá atenção à jovem. Escondidos em um beco, Menahem propõem a Adira fugirem juntos. Adira nega e diz que só casa com a benção do pai. Eldade estranha a presença de Nadabe na obra. Arão diz que o jovem foi punido por brigar com o feitor. Apuki conspira junto com Kamuzu e pede cuidado para não serem descobertos. Simut, sem acreditar no que está vendo, flagra o encontro de Bakenmut e Yunet. Eliseba revela a Joquebede a preocupação por Nadabe ser tão parecido emocionalmente com o pai.

Apuki chega à obra e questiona sobre a presença de Nadabe. Arão explica o ocorrido e Apuki decide levar Nadabe para carregar pedras, o que deixa Arão muito irritado. Henutmire conversa com Hur sobre o casamento do irmão e pede que o joalheiro confeccione joias para a futura rainha e para Yunet. Moisés, preocupado, diz a Zípora que a olhará como olha a um homem, para que não haja mal entendido com o Jetro. Zípora assente frustrada e finge concordar com Moisés. Simut procura Gahiji para pedir ajuda sobre o que descobriu. Simut fala sobre a traição sem revelar os envolvidos e Gahiji tenta ajudar o amigo. Nefertari, feliz, conversa com Yunet e Karoma sobre o casamento. Tuya chega para lembrar a noiva sobre o vestido e todas conversam alegres. Ramsés conversa animado com Paser e Disebek e revela agora estar pronto para decidir sobre o futuro do Egito e promete honrar o pai. Leila percebe a tristeza de Eleazar e vai até ele. Eleazar conta que sente falta de Nadabe trabalhando com ele.

Leila consola o garoto a tempo de livrar Eleazar da punição do feitor. Adira conversa com Zípora sobre o namoro com Menahem. Zípora a aconselha, mas Adira percebe a angústia da irmã. Zípora revela a Adira que Moisés a beijou e que está apaixonada. Adira, então, promete ajudá-la. Sem saber que está ajudando Apuki, Judite passa detalhes sobre a rotina da casa de Uri e de Leila e o feitor disfarça o prazer com a informação. Gahiji prepara um belo jantar para Ramsés e Nefertari. O rei, romântico e apreensivo, agradece o empenho do cozinheiro na organização da surpresa. Nefertari é adornada por Karoma para o jantar, quando se surpreende com os conselhos de Yunet, o que a deixa mais nervosa. Após o jantar junto com Jetro e as filhas, Moisés toma coragem e revela a Jetro o desejo em casar com uma das meninas. Jetro recebe com muita alegria a notícia.

Capítulo 077, terça, 24 de janeiro

Moisés diz para Jetro que pretende se casar com Zípora, mas pede segredo. Jetro diz que ficará feliz em tê-lo como genro. Apaixonados, Nefertari dança para Ramsés que fica admirado com a noiva. Eleazar e Abiú procuram saber de Nadabe como foi o primeiro dia de trabalho como escravo adulto. Mesmo exausto, o filho mais velho de Arão diz que o trabalho na obra foi bastante fácil. Arão fica revoltado por Apuki ter colocado o filho para fazer trabalho de adulto, mas Eliseba o acalma. Zípora não consegue parar de pensar em Moisés. Henutmire diz para Disebek que o casamento do irmão Ramsés trouxe um pouco de alegria para a vida dela e conta que Yunet está radiante com o acontecimento. Simut suspeita do romance entre Yunet e Bakenmut e nota quando os dois seguem às escondidas para o santuário. Nayla diz para Karoma que teme a intransigência de Yunet quando ela se tornar a mãe da esposa real.

Ramsés e Nefertari fazem um brinde à felicidade e finalmente ela se entrega ao rei, deixando de lado as tradições e as leis. Simut vai até Paser e insiste que ele vá até o santuário. Hur diz para Gahiji que tem pensado bastante em Miriã. Moisés coloca em prática seu plano para conquistar Zípora. Paser vai com Simut até o santuário, mas como não encontra nada, fica zangado com o aprendiz. Após passar a noite juntos, Ramsés e Nefertari trocam juras de amor. Zípora convida Moisés para se refrescar no rio, mas ele a ignora, deixando-a frustrada. Yunet se anima ao perceber que a filha passou a noite fora do harém. Nayla desconfia que Nefertari passou a noite com Ramsés e provoca Yunet, que retribui a provocação.

Nefertari fica preocupada ao despertar na cama de Ramsés durante a manhã e diz que sua atitude não foi digna da grande esposa real. Nefertari se encontra com Karoma e pede para que a serva a ajude a trocar de roupa antes que a rainha apareça no harém e desconfie que ela passou a noite com Ramsés. Miriã confessa para Abigail que acha Hur um homem muito charmoso. Disebek percebe o bom humor do rei Ramsés e desconfia que o motivo seja Nefertari. Uma artesã tira as medidas de Nefertari para preparar o vestido da noiva. Moisés e Zípora saem a procura de uma ovelha e deixam Jaque sozinha. Um forasteiro aparece ameaçador e deixa Jaque em pânico. Após sair da vila com Miriã, Abigail decide voltar para casa para pegar uns figos que esqueceu. O jogador vai até a casa de Apuki cobrar a dívida e o ameaça usando Judite e seus filhos. Um ladrão aproveita que a casa de Leila está vazia e entra para procurar pelas joias de Uri. O forasteiro arrasta Jaque para trás de uma pedra e começa a tirar as roupas deixando a garota apavorada. Zípora e Moisés voltam com a ovelha perdida e escutam um grito de Jaque.

Veja também os resumos de:

Capítulo 078, quarta, 25 de janeiro

Moisés e Zípora correm em direção aos gritos de Jaque. A menina tenta se livrar do agressor e acaba levando uma bofetada. Moisés manda o forasteiro largar a irmã de Zípora, mas o homem o ameaça com uma faca. Abigail não vê Kamuzu e o ladrão rouba as joias de Uri. Moisés consegue desarmar o forasteiro. Uri e Bezalel encontram com Hur no palácio. Betânia pede ajuda a Ada para conseguir ir até o vilarejo encontrar a adivinha. Nefertari se abre com Karoma e revela detalhes da noite anterior ao lado de Ramsés. Moisés e Zípora chegam à casa de Jetro e contam sobre o atentado que Jaque sofreu. Betânia aproveita o momento para ir ao vilarejo. Enquanto serve água para os escravos, Miriã é desrespeitada por Apuki. O feitor percebe que perdeu o chicote e culpa Nadabe. Mesmo sendo advertido por Leila, Uri permite que Bezalel brinque no harém do palácio. Zípora e Adira cuidam de Jaque. Jetro agradece Moisés por ter defendido a filha caçula. Ramsés e Nefertari se banham em clima de amor e felicidade.

Betânia se encontra com a adivinha Mahira e revela que está disposta a fazer o que for necessário para conseguir fisgar Moisés. Miriã confessa ter pegado o chicote de Apuki. O feitor avista o jogador se aproximando e manda Miriã e Abigail se afastarem. O cobrador marca um encontro com o feitor na Casa de Senet. Anibal e Menahem encontram com Betânia na rua. Yunet humilha Bezalel e Nayla intervém. Nefertari pede para Ramsés manter segredo sobre a noite anterior. Uri se arrepende de ter deixado o filho sozinho no harém do palácio. Miriã encontra Eliseba e Joquebede e conta sobre o que aconteceu na obra. Uri e Bezalel chegam em casa e percebem que as joias foram roubadas. Adira sugere que Zípora cozinhe algo para Moisés. Uri avisa para Judite que alguém roubou as joias de sua casa. Betânia conta para Ada sobre a orientação que recebeu da vidente. Jetro consola Jaque. Moisés fica satisfeito com o jantar preparado por Zípora. Ramsés diz que não vê a hora de ter filhos com Nefertari. Moisés abre o jogo com Zípora e diz que a ama.

Capítulo 079, quinta, 26 de janeiro

Confusa, Zípora não acredita no que ouviu e Moisés repete o pedido de casamento. Zípora tenta conter a alegria e aceita casar-se com ele. Moisés diz que Jetro já está ciente de tudo e a beija apaixonadamente. Simut se interessa em ajudar Gahiji e pede que o cozinheiro converse com Paser. Cínico, Apuki finge estar surpreso ao ser avisado por Judite do assalto na casa de Uri. Leila fica chocada ao saber que as joias do marido foram roubadas. Uri se culpa por ter deixado as joias desprotegidas em casa e diz não saber como pagará Osorkon pelo prejuízo. Zípora expulsa Betânia do quarto e surpreende Adira ao revelar que casará com Moisés. Nefertari agradece Yunet por sempre ter lutado para fazê-la feliz. Zípora pede segredo para Adira, pois ainda precisa se acostumar com a ideia. Betânia conta que só Moisés pode tirá-la da solteirice e esperará pelo amor dele.

Apuki chega a Casa de Senet procurando por Kamuzu. Leila reclama com Uri por Bezalel ter sido maltratado por Yunet. Paser se nega a fazer as pazes com Yunet. Simut contém a indignação ao vê-la e questiona o amor do sacerdote pela esposa. Paser confessa que já foi muito apaixonado, mas atualmente considera Yunet uma estranha. Anrão recrimina Miriã por ter escondido o chicote de Apuki e ocasionado na suspensão de água para os escravos. Apuki encontra o jogador e se anima ao saber que tem uma chance de se livrar do pagamento da dívida. Zelofeade desconfia que algum egípcio quis aprontar com Uri e o roubou. Apuki aceita o desafio de ganhar três partidas seguidas e não precisar pagar o jogador. Eliseba aconselha Arão e Nadabe a não enfrentarem Apuki. O jogador vence o desafio e a dívida de Apuki é dobrada. Desesperado, ele percebe que Kamuzu fugiu sozinho com as joias e promete se vingar. Disebek e Henutmire pensam em Moisés. Osorkon fica chocado ao descobrir que as joias que Uri estava confeccionando foram roubadas. Betânia nota a ausência de Adira e Zípora inventa uma desculpa.

Apaixonados, Menahem revela que ama Adira e não desistirá dela. Paser é surpreendido com a notícia de que Simut quer trabalhar na cozinha com Gahiji. Uri deixa Osorkon irritado ao assumir que não tem como pagar o prejuízo, mas oferece trabalho de graça até quitar o que deve. Leila se despede de Bezalel e sai para trabalhar, deixando-o na companhia de Abigail. Judite questiona Apuki sobre os homens que apareceram procurando-o, mas ele desconversa. Nefertari frustra Ramsés ao avisar que eles só dormirão juntos após o casamento. Gahiji observa a habilidade dos candidatos a assistente e se preocupa ao ver que Simut está atrapalhado na cozinha. Betânia flagra Adira e Menahem aos beijos, assustando-os. Moisés beija Zípora e assume estar se divertindo em guardar segredo sobre o noivado. Firme, Ramsés comunica Tuya, Henutmire, Disebek e Paser que o casamento com Nefertari deve acontecer o mais breve possível.

Capítulo 080, sexta, 27 de janeiro

Betânia flagra Adira e Menahem e sai apressada para contar ao pai. Nefertari se demonstra surpresa e apreensiva com o adiantamento do casamento por parte de Ramsés. Gahiji observa atentamente os candidatos sovando a massa do pão. Uri chega em casa arrasado após o encontro com Orsokon e Bezalel anima o pai. Apuki vai até a Casa de Senet em busca de informações sobre Kamuzu. Zípora e Moisés trocam olhares apaixonados enquanto cuidam do rebanho e conversam sobre a vida após o casamento. Simut chega abatido por ter sido eliminado na seleção. Paser tenta consolá-lo e comemora o fato de não perder o assistente. Hur se mostra preocupado com a proximidade do casamento e Tuya sugere que chame Uri para ajudá-lo na confecção das joias.

Henutmire e Yunet conversam sobre o casamento e a princesa desabafa sobre o fato de não ter dado um filho a Disebek. Os escravos culpam Miriã e cobram Anrão pela falta de água. Arão tenta defender o pai e fala para os escravos cobrarem Apuki. Hur vai até a vila chamar Uri para ajudá-lo e aproveita para encontrar Miriã para uma conversa. Uri conta a Leila sobre o pedido de Hur para ajudá-lo com as joias. Leila tenta disfarçar a apreensão, mas concorda. Karoma e Ikeni namoram, a jovem nota a preocupação do soldado e ele demonstra chateação por perceber que Bakenmut tem uma maior confiança do rei. Nayla confessa a Tuya a preocupação em Yunet se tornar mãe de uma rainha.

Tuya discorda de Nayla e acredita que Yunet é arrogante, mas com um bom coração. Moisés e Zípora marcam a data do casamento e Jetro fica extremamente feliz. Nefertari vai ao encontro de Paser para agradecer ao pai por toda a ajuda. Ramsés aparece e convida a noiva para um passeio. Simut chega e pede a atenção de Paser que atende espantado. Jetro reúne Moisés e as filhas para uma reunião familiar. As jovens esperam ansiosas para saber o quer está acontecendo. Para o espanto de todas e raiva de Betânia, Jetro anuncia o casamento de Moisés e Zípora.

Novela Os Dez Mandamentos: resumo semanal de 30 de janeiro a 03 de fevereiro de 2023

Capítulo 081, segunda, 30 de janeiro

Jaque, Adira, Jerusa e Damarina ficam surpresas com a notícias do casamento de Zípora e Moisés, enquanto Betânia se choca com a notícia. Jetro se dirige até Betânia e diz que espera estar feliz pelo casamento da irmã. Cínica, Betânia cumprimenta o casal. Uri volta muito feliz ao palácio para trabalhar novamente com o pai. Betânia destila seu veneno contra Zípora, diz que a irmã é fingida e promete vingança. Nefertari diz para Ramsés que está um pouco nervosa com o casamento. Eles se lembram de Moisés e o faraó pergunta se ela ainda pensa nele. Nefertari diz que Ramsés é o homem que escolheu para se casar e pede para não tocar mais nesse assunto.

Leila não esconde a tristeza de Uri ter voltado para o palácio. Hur conta que está encantado por Miriã e Uri fica contente pelo pai estar conseguindo esquecer o amor que sente pela princesa Henutmire e adverte Hur para não magoar os sentimentos de Miriã. Menahem diz para Baruk que pretende se casar com Adira e deixa o pai assustado. Adira diz para Zípora que não consegue tirar Menahem da cabeça. Baruk diz para o filho arrumar outra mulher para se casar, mas Menahem diz que não irá desistir de Adira. Nefertari experimenta seu vestido de noiva e deixa Yunet radiante de alegria. Alguns dias se passam e chega o dia do casamento. Yunet ganha status como mãe da futura rainha e deixa de servir a princesa Henutmire. As duas conversam e Henutmire entrega uma joia de presente para Yunet como forma de agradecimento pela amizade. Falsa, Yunet diz para a princesa que ela não precisava se preocupar.

Adira chora de saudades de Menahem e se abre com Jaque. Jetro se mostra desanimado em ver a tristeza da filha, mas diz que jamais daria a mão de Adira para um filho de Baruk. Moisés diz para Zípora que irá conversar com Menahem e pedir para o rapaz se explicar com Adira. Aníbal provoca o irmão ao falar de Adira e os dois partem para a briga. Leila se mostra chateada com Uri, que jamais voltou à vila para ver a família. Orsokon vai até a casa de Leila e pergunta por Uri, cobrando as joias que foram roubadas. Anrão diz que não irá para o cortejo do faraó pois Ramsés parece ter se esquecido do povo hebreu. Joquebede nota que Miriã está mais feliz após a visita de Hur. Para não perder o costume, Yunet mais uma vez provoca Nayla. Bakenmut vai atrás de Yunet e diz que a amante está maravilhosa e os dois marcam encontro no santuário. Os dois não reparam que Nayla ouve a conversa e fica chocada com o que acabou de presenciar. O jogador vai até a casa de Apuki e arromba a porta deixando Judite em pânico. Simut percebe que Bakenmut irá se encontrar com Yunet e chama Paser. Desconfiada, Nayla também segue os amantes até o santuário. Paser flagra a mulher com o amante e pede para que Bakenmut e Simut saiam. Escondida, Nayla ouve a conversa entre Paser e Yunet, que confessa que Nefertari é na verdade, filha de Bakenmut. Nayla e o sacerdote ficam chocados com a revelação.

Capítulo 082, terça, 31 de janeiro

Paser fica perplexo ao ouvir as confissões de Yunet. Nefertari se preocupa com a ausência do sacerdote. Jahi, o sobrinho de Nayla, cumprimenta Ramsés. Ikeni estranha o nervosismo de Bakenmut. Ramsés fica ansioso com a chegada de Nefertari para a cerimônia de casamento. Karoma encontra Simut e pergunta sobre Paser. Yunet continua fazendo revelações sobre o passado ao marido. Escondida, Nayla fica perplexa com as confissões da vilã. Karoma chega e Paser disfarça. Jahi nota Nayla bebendo de forma exagerada e estranha o comportamento da tia. Ramsés ordena que Disebek verifique a demora de Nefertari. Yunet chega e diz que Paser já trará a noiva. O sacerdote troca palavras amorosas com a futura rainha. Moisés pede para falar com Menahem.

Betânia conversa com a adivinha no vilarejo da cidade. Bakenmut se irrita com as perguntas de Ikeni. Simut conversa com Gahiji e tenta disfarçar a tensão. Nefertari finalmente chega à sala do trono para a cerimônia de casamento. Nayla vê a satisfação de Yunet e contém a raiva. Judite encontra Miriã e diz que o marido se meteu em alguma encrenca. Kamuzu propõe a Apuki uma maneira de quitar a dívida, mas o feitor não gosta da proposta. Zípora tenta consolar Adira. Moisés entrega um anel para Menahem e diz para o rapaz pedir a mão de Adira em casamento. Ramsés e Nefertari se casam oficialmente. Ada alerta Betânia sobre o perigo de se entregar a um estranho. Nayla não suporta ver Yunet discursando na cerimônia e grita para todos dizendo que é falsidade da mãe da noiva. Todos ficam perplexos e Tuya tenta conter Nayla. A tia de Jahi revela que na verdade Nefertari é filha de Disebek. Ramsés intervém e pede silêncio. Paser confirma as acusações de Nayla. Surpresa, Henutmire questiona Disebek.

O general assume que Yunet trabalhou na Casa de Senet e afirma que não é possível saber quem é o verdadeiro pai de Nefertari. A vilã se irrita e chama Disebek de canalha. Paser também acusa a esposa pelo assassinato de Maya. Moisés e Zípora se beijam ansiosos com os preparativos do casamento. Ramsés ordena a prisão de Yunet e pede para ficar a sós com Disebek. Os hebreus aguardam o cortejo dos noivos egípcios. Arão diz não ter esperança que Ramsés faça um bom reinado para os escravos. Ikeni acompanha Yunet até a cela. Nefertari se entristece com o desfecho da cerimônia. Disebek tenta se explicar para o faraó, mas Ramsés se mostra decepcionado com o general. Henutmire surpreende Tuya ao pedir para falar com Yunet. Simut e Gahiji conversam sobre a confusão na cerimônia. Paser conversa com Nefertari e tenta consolar a filha. Bakenmut revela para Ikeni que Paser o flagrou aos beijos com Yunet. Detida, a vilã se anima ao saber que Henutmire deseja vê-la.

Capítulo 083, quarta, 01 de fevereiro

Bakenmut estranha a confiança de Yunet e afirma que Ramsés jamais irá perdoá-la pela morte de Maya. Yunet cai em si e pede ajuda para fugir. Bakenmut diverte-se com o desespero dela e é agredido. Um guarda aparece para levar Yunet até Henutmire. Ramsés acusa Disebek de ter trazido uma assassina para o palácio e o pune com o exílio para longe do Egito. Henutmire agradece Nayla por ter desmascarado Yunet e a abraça emocionada. Hur lamenta que Henutmire tenha sido enganada durante anos por Disebek e Yunet. Jetro presenteia Zípora com um bonito colar que pertencia a esposa e Betânia sente inveja da irmã. Moisés conta que não tem como pagar o dote de Zípora e Jetro aceita o trabalho dele como pagamento.

Assim que vê Henutmire, Yunet se joga aos pés dela e suplica por perdão. Nayla e Tuya ficam perplexas com a encenação. Henutmire é firme, avisa que a farsa de Yunet acabou e pede que as servas retirem os adornos de nobre dela. Yunet abandona a postura de súplica e revela que sempre foi fácil enganar a princesa. Nayla e Tuya ajudam Henutmire a dar uma surra em Yunet. Karoma foge do harém apavorada ao ver Yunet sendo golpeada. Paser é procurado por Disebek, mas se nega a conversar e desconta a raiva desferindo um soco no rosto dele. Nefertari fica assustada ao saber por Karoma que Yunet está apanhando. Miriã estranha a demora no cortejo e Judite desconfia que algo aconteceu. Nefertari interrompe a surra em Yunet e pede para ficar a sós com a mãe. Yunet lembra que a filha se tornou rainha graças a ela. Nefertari afirma que Yunet enganou todo mundo e a chama de monstro. Yunet vê a filha abandonando-a e se desespera. Disebek tenta se desculpar com Henutmire, mas é expulso do quarto dela e sai arrasado. Betânia morre de ciúmes ao ver Moisés e Zípora se beijando apaixonados. Judite percebe que Apuki arrumou uma encrenca, mas ele hesita em falar. Tuya elogia a punição de Ramsés para Disebek e afirma que Yunet merece morrer por tudo que fez. Ramsés comunica Nefertari que Yunet será condenada à morte. Nefertari implora para que o rei tenha piedade e não seja tão radical, deixando-o em dúvida. Baruk e Aníbal ficam admirados com o anel que Moisés deu para que Menahem entregue à Jetro e consiga casar-se com Adira. Apuki revela que o homem a quem deve quer se deitar com Judite como forma de pagamento e a deixa chocada.

Ramsés informa Yunet que irá poupá-la da morte somente porque ama Nefertari e a expulsa do palácio. Yunet confessa que preferia morrer do que voltar a ser pobre e é carregada para rua por oficias. Nefertari sofre ao ver a mãe indo embora. Um escriba avisa que não haverá cortejo e Bezalel se entristece porque não encontrará Uri. Leila avista Yunet sendo jogada para fora do palácio e fica impressionada. Disebek disfarça a emoção ao se despedir de Bakenmut e Ikeni. Miriã comemora que a família terá uma refeição farta graças aos mantimentos dados por Ramsés ao povo hebreu. As irmãs de Zípora suspiram ao vê-la sendo carinhosa com Moisés. Apesar de indignada, Judite aceita se deitar com o homem para salvar a família de represálias, mas avisa que Apuki terá uma dívida eterna com ela. Yunet retorna para a casa de Senet e pede emprego. Betânia se disfarça de prostituta e aborda um viajante. Jetro reconhece a filha pela pulseira que lhe presenteou e corre atrás dela.

Capítulo 084, quinta, 02 de fevereiro

Betânia está prestes a se entregar a um viajante quando é surpreendida por Jetro e Moisés. Yunet, humilhada, aguarda resposta do atendente, que a coloca para cuidar da limpeza, mas ela tenta convencê-lo de que sabe seduzir um homem muito bem. Nefertari revela a Karoma preocupação com o futuro da mãe. Tuya chega para conversar com Nefertari mas, diante da negativa da jovem rainha, ela exige ser ouvida. Disebek vai até a Casa de Senet para se despedir e o atendente oferece a ele uma moça recém-chegada. Judite recebe o jogador em casa para pagar a aposta de Apuki enquanto o marido leva as crianças para brincar no rio. Betânia cobra Mahira o amor de Moisés.

A adivinha pede que Betânia continue com o plano para ela ter o que tanto deseja. Menahem briga com Baruk e Anibal em defesa de Adira e das irmãs. Disebek descobre que a nova moça é Yunet e os dois discutem. Henutmire desabafa com Hur e volta atrás na expulsão de Leila do palácio. Yunet se sente humilhada por Disebek e, em um ato de raiva, desfere um golpe de adaga e mata o general. O atendente da Casa de Senet vai até o palácio contar sobre o ocorrido. Ramsés e Paser se assustam com a notícia.

Uri chega em casa alegre e conta as últimas novidades à família. Zípora e Moisés namoram olhando as estrelas. Moisés conversa apaixonado e sugere apressar o casamento. Zípora concorda, com a intenção de dar uma alegria ao pai. Anrão questiona Miriã sobre Hur. A jovem nega o interesse do joalheiro em namorá-la e, para a tristeza de Miriã, Anrão lembra que o Hur abandonou os deuses deles e se tornou um egípcio. Hur encontra Henutmire pensativa no jardim do palácio, os dois conversam e Hur consola a princesa. Eles trocam olhares com intensidade e se beijam.

Capítulo 085, sexta, 03 de fevereiro

Após beijar a princesa Henutmire, Hur se desculpa e confessa que sempre a amou. Henutmire se encanta com o carinho de Hur. Uri tenta convencer Leila a voltar a morar no palácio. Leila diz que tem medo de se deixar seduzir pela vida luxuosa dos egípcios e assim se afastar de Deus. Uri diz que a decisão já foi tomada e deixa Leila apreensiva. Judite trata Apuki friamente e o deixa angustiado. Uri entrega um saco de joias para Orsokon, que satisfeito, diz que ele não deve mais nada. Orsokon oferece novo trabalho para Uri, que recusa dizendo que está voltando para o palácio. Ramsés nomeia Bakenmut como seu novo general e deixa Ikeni decepcionado. Ada e Damarina pedem permissão a Jetro para ir a procura de Betânia. Gahiji perde a paciência com Nebefer e a expulsa de sua cozinha.

Menahem pede a mão de Adira em casamento para Jetro e oferece o anel que ganhou de Moisés como dote. Jetro devolve o anel e diz que não pode permitir o casamento dos dois. Moisés e Zípora tentam convencer Jetro, mas o pastor se mostra irredutível. Ramsés pede ajuda a Paser para que seu reinado seja lembrado por milênios. Nefertari conversa com Henutmire e se diz envergonhada pelas atitudes da mãe. Henutmire diz para Nefertari que foi Yunet quem contou para Moisés sobre a sua família hebreia e deixa Nefertari surpresa com a notícia. Zípora conta para Adira que o pai não permitiu o casamento dela com Menahem. Muito chateado, Jetro se desculpa com Adira e diz que não poderia permitir que ela se casasse com um homem de família inimiga.

Betânia recebe um cliente e se sente humilhada depois do ato sexual. Arão se revolta mais uma vez contra Deus e deixa Anrão irritado. Leila, Uri e Bezalel voltam para o palácio e para surpresa de todos, a princesa Henutmire convida Leila para ser a sua dama de companhia. Hur agradece Henutmire pela nova oportunidade e os dois se olham encantados. Yunet é expulsa da Casa de Senet. Simut lê em voz alta o papiro que Paser escreveu para Nefertari no dia do casamento da filha, sem saber que a jovem rainha ouvia escondida. Nefertari se emociona com as palavras e abraça o pai. Tuya diz para Ramsés que Seti se sentiria orgulhoso com as decisões que o filho tem tomado para o reino.

Ada e Damarina encontram Betânia na barraca de Mahira e pedem para a irmã voltar para casa, mas Betânia se recusa. Hur conta para Uri que beijou Henutmire. Uri adverte o pai que, embora a princesa seja viúva, continua sendo um amor impossível. Simut faz nova oferenda e prepara uma fórmula para Karoma. As semanas passam e finalmente chega o dia do casamento de Moisés E Zípora. Menahem diz para Baruk que quer a parte dele na herança para poder se casar com Adira. Baruk fica nervoso e diz que ele somente terá a parte dele quando estiver morto. Betânia vai até o casamento de Zípora e assiste à cerimônia de longe, com raiva da irmã.

Novela Os Dez Mandamentos: resumo semanal de 06 a 10 de janeiro de 2023

Capítulo 086, segunda, 06 de fevereiro

Zípora e Moisés iniciam a cerimônia de casamento sob o olhar invejoso de Betânia. Menahem decide ir embora da casa de Baruk. Joquebede se alegra ao perceber que Miriã está apaixonada por Hur. Bastante traumatizada, Judite não reage e Apuki se preocupa com a esposa. Ramsés ordena o aumento da jornada de trabalho dos escravos hebreus. Nefertari desabafa com Karoma e diz que não quer mais pensar em sua mãe. Yunet suplica por esmolas nas ruas da cidade. Jaque canta lindamente durante o casamento da irmã. Apuki pede para Joquebede tentar conversar com Judite. Paser alerta Simut para esquecer Karoma, mas o aprendiz de sacerdote se mostra decidido a lutar pelo amor da moça. Henutmire presenteia Leila com uma joia. A hebreia hesita ao ver um símbolo de um deus egípcio no acessório, mas acaba aceitando. Hur convida a princesa para um passeio. Karoma estranha o comportamento de Simut.

Tuya e Nayla fazem reflexões sobre o futuro do palácio. Jetro declara Zípora e Moisés casados oficialmente. Ada percebe que Betânia está observando o casamento de longe e vai ao seu encontro. Ela tenta fazer a irmã mudar de ideia, mas Betânia continua firme em sua decisão. Enlouquecida, Yunet tenta entrar no palácio, mas é impedida pelos guardas. Apuki comunica aos escravos que o faraó Ramsés ordenou o aumento da jornada de trabalho. Joquebede vai até a casa de Judite para ajuda-la a reagir. Nefertari autoriza a entrada de Yunet no palácio para uma última conversa. Simut interrompe o treino de Ikeni e diz que Karoma está dividida entre eles dois. Miriã vê Hur e Henutmire se beijando. Nefertari entrega um cesto de comida para Yunet, mas a vilã se sente ofendida e grita dizendo que não quer esmola. Emocionada, Nefertari é firme e diz que Yunet deverá manter-se afastada do palácio. A megera esbraveja e amaldiçoa a filha. Hur percebe o olhar de Miriã e tenta disfarçar. Menahem surpreende a todos ao chegar à festa de casamento de Zípora.

Paser tenta consolar Nefertari. Eliseba se mostra satisfeita com a criação de Oseias. Karoma presencia Simut prestes a duelar com Ikeni e estranha a cena. O oficial pede para a moça escolher com quem deseja ficar. Joquebede nota Miriã desolada e a abraça sem entender o motivo de sua tristeza. Menahem conversa em particular com Jetro e diz estar disposto a abrir mão da herança de Baruk para casar-se com Adira. Leila se abre com Gahiji e diz ter medo de esquecer suas crenças em Deus. Betânia esbraveja com a vidente. Ela reclama por não ter conseguido se casar com Moisés. Com o consentimento de Jetro, Menahem pede Adira em casamento. Bezalel fica feliz com a vida no palácio. Hur conta para Uri sobre o flagra de Miriã. Judite reza ao Senhor e se desfaz das estatuetas dos deuses egípcios. Yunet percebe e rouba as estátuas descartadas pela esposa de Apuki. Zípora seduz Moisés no quarto e eles se beijam apaixonados.

Capítulo 087, terça, 07 de fevereiro

Moisés e Zípora dormem juntos pela primeira vez. Empolgados, Adira e Menahem já pensam em se casar. Jaque comunica que os noivos estão casados e todos os saúdam. Moisés decide presentar Menahem com joias egípcias e a espada que usava, para que ele consiga começar uma nova vida com Adira. INÍCIO DA TERCEIRA FASE. Muitos anos se passam e Zípora se diverte com Moisés, acompanhada dos filhos. Zípora reencontra Adira e conta que estava com saudades. Ada deixa as irmãs com inveja ao mostrar as joias que ganhou do marido rico. Adira lamenta que Damarina seja viúva tão jovem e Jetro conforta a filha. Moisés se emociona ao receber de volta o anel que havia presenteado Menahem tempos atrás.

Ramsés e Nefertari ficam satisfeitos ao saberem de Paser que diversas obras foram concluídas com sucesso. Bakenmut é ordenado a preparar a visita da família real aos templos. Paser alerta que os hebreus estão trabalhando sem descanso, mas Ramsés não se penaliza. Oseias e Calebe seguem em um barco cheio de escravos rumo à Pi-Ramsés. Eliseba teme que Oseias não esteja vivo, mas avisa que Inês irá até o Nilo na esperança de reencontrá-lo. Nadabe e Abiú chegam em casa bêbados, deixando Eliseba revoltada. Apuki indaga Arão sobre a falta de Nadabe e Abiú na obra. Corá percebe o clima tenso entre eles e intervém. Arão é liberado por Corá, sem que Apuki saiba, para tentar rever Oseias. Ana repreende Jairo ao vê-o sendo ignorante com Judite. Joquebede, Eliseba e Arão ficam muito emocionados ao reencontrarem Oseias. Cansados, Zelofeade e Eldade agradecem Deborah por lhe servirem água na obra. Oseias apresenta o amigo Calebe para a família. O feitor interrompe a conversa para chamar os dois ao trabalho.

Arão questiona Eliseba sobre o paradeiro de Nadabe e Abiú ao lembrar que os filhos não foram trabalhar. Zípora acha graça ao avistar Moisés brincando com Eliezer e Gerson. Oseias vê o feitor abandonando um escravo idoso morto e resolve carrega-lo para que tenha um enterro digno. Judite e Ana ajudam Taís a escolher um vestido para o encontro com Meketre. Deborah estranha as numerosas estátuas de Ramsés e Aoliabe explica que o faraó quer ser adorado como Deus. Oseias e Calebe enterram o escravo idoso. Nefertari recebe ajuda de Karoma para administrar o harém. Ramsés deixa Amenhotep empolgado ao relembrar uma importante batalha que venceu. Ikeni fica decepcionado ao ver Pepy sendo derrotado por Amenhotep em um treino de espadas, enquanto Ramsés sorri orgulhoso do filho. Apuki se irrita ao ver que Oseias conseguiu sobreviver.

Henutmire assume para Leila que não faz questão de agradar Ramsés. Hur encontra Henutmire indignada pelo rei proibir eles de assumirem o romance e a acalma com um beijo. Uri e Leila elogiam a bela joia feita por Bezalel para Nefertari. Corá revela para Apuki que Arão saiu da obra sem permissão, mas pede segredo. Arão confessa que foi encontrar com o filho e é ordenado por Apuki a ir para a pedreira. Calebe percebe que Oseias se chateou ao ficar de frente com o assassino do pai dele. Arão chega à pedreira e se impressiona com as péssimas condições de trabalho. Na enfermaria, Miriã e Abigail lamentam a grande quantidade de escravos feridos que precisam de cuidados. Itamar fica feliz ao reencontrar Oseias e conhece Calebe. Oseias salva Ana de ser ferida por um objeto da obra, deixando-a assustada.

Capítulo 088, quarta, 08 de fevereiro

Ana e Oseias caídos no chão trocam olhares encantados um com o outro, até que são alertados por Calebe sobre o perigo das ferramentas que continuam a cair de cima do andaime. Abirão vai ao encontro de Datã, que se emociona ao ver que o irmão voltou das obras no templo. Ana chega em casa e Judite repara no jeito distraído da filha. Ana conta sobre o acidente e se desculpa por ter se esquecido do pedido da mãe. Eliseba conversa chateada com Inês sobre os filhos chegarem bêbado na noite anterior, mas se alegra com a chegada de Oseias. Joquebede se assusta ao saber que Arão está trabalhando na pedreira e Anrão tenta acalmá-la. Chibale cozinha sob o olhar atento de Gahiji. Ao terminar, o cozinheiro real avalia o filho com rigidez e pede que ele melhore, para a tristeza de Chibale, que sai. Leila, preocupada, conversa com Gahiji sobre o interesse de Bezalel em Debora. Gahiji questiona, mas Leila revela que tem medo que o filho sofra por se relacionar com uma hebreia.

Amenhotep mostra a Nefertari a adaga que ganhou do pai e, ao brincar com o instrumento, ameaça uma serva. Assustada a jovem derruba a bandeja, causando risada no príncipe e na rainha. Henutmire se aproxima séria e repreende os dois pela atitude. Oseias se culpa por Arão ter sido colocado para trabalhar na pedreira e Eliseba tenta consolar o filho. Joquebede e Anrão chegam e se emocionam ao encontrar com Oseias. Em casa, Apuki cobra do Jairo para que ele seja mais rígido com os escravos. Judite, irritada, ouve a conversa e repreende os dois. Bezalel vai até a vila dos hebreus levar mantimentos para os seu tios, mas seu real interesse é ver Debora que se acanha com os olhares do egípcio. Nefertari conversa ansiosa com Ramsés sobre a visita ao templo em Abu Simbel. Hur chega, desconcertado, e entrega a joia para a rainha.

Nefertari conversa com Ramsés sobre Moisés. Ele diz que agora dá razão ao pai pela implicância com o príncipe hebreu e ela questiona se hoje a relação dele com Moisés seria diferente. Jaque brinca com os sobrinhos quando Zípora chega para colocá-los para dormir. Moisés atende ao pedido dos filhos e conta uma história para eles dormirem. Karoma discute com Ikeni e questiona o marido sobre as saídas noturnas. Pepy assista à briga dos pais chateado e sai correndo. Tais e Meketre conversam sobre o reinado de Ramsés. Ele avalia que o rei poderia ser menos rigoroso com os escravos para que, assim, a produtividade dos hebreus aumentasse. Corá afia uma faca enquanto cobiça Safira. Bina percebe a atitude do marido, mas finge que não viu.

Ikeni vai ao encontro de Bakenmut na Casa de Senet e desabafa com o amigo sobre as cobranças de Karoma. Ahmós, dono do estabelecimento, recepciona Meketre que justifica a ausência nos últimos dias com o excesso de trabalho. Arão volta da pedreira cansado e em transe. Ele cai de joelhos e solta um grito de desabafo por tudo que tem sido obrigado a suportar. Oseias o encontra caído e leva o pai para casa com a ajuda de Calebe. Anrão fica arrasado com a situação. Miriã questiona o pai sobre a chegada do libertador. Ele afirma que Deus não os esqueceu. E os dois, de joelhos, iniciam com fé uma oração.

Capítulo 089, quinta, 09 de fevereiro

Anrão e Miriã oram por um futuro melhor para os hebreus. Joquebede se junta a eles e todos se emocionam com as dificuldades que passam. Ao lado de Zípora, Moisés se lembra da conversa que teve com Anrão antes de partir do Egito e questiona o sentido de sua vida. Zípora diz que se ele não tivesse partido, não a teria conhecido. Os dois sorriem felizes. Oseias e Calebe levam Arão para casa e o estado do marido assusta Eliseba. Arão fica muito abalado com tudo o que viu na pedreira e diz que essa situação não pode continuar. Muito emocionado, ele chora nos braços de Eliseba. Comovidos com a situação de Arão, Joquebede, Anrão e Miriã se propõe a conversar com os hebreus mais velhos para recordarem das promessas de Deus e contar as histórias para as crianças. Nadabe e Abiú bebem novamente e aguardam o efeito da bebida passar para voltar para casa. Eldade aparece e dá conselhos aos rapazes que dizem que bebem para esquecer o sofrimento que passam no trabalho escravo. Meketre se encontra com Karen na Casa de Senet e trocam juras de amor. Bezalel visita Deborah e não esconde o interesse pela garota, despertando a ira de Aoliabe. Bezalel percebe que Aoliabe não gosta dele e conversa com Abigail sobre o assunto.

Ela diz que ele e seus pais escolheram viver no palácio e isso os afastaram. Abigail aconselha Bezalel a se afastar de Deborah, deixando o rapaz chateado. Durante o jantar, Corá olha maliciosamente para Safira e Bina percebe. Corá diz para Abirão que se tornou chefe dos escravos após passar a perna em Anrão. Datã diz que Corá armou para mandar Arão para a pedreira e assim conquistar a confiança de Apuki. Corá ri satisfeito com suas armações e diz que assim todos saem ganhando. Bina diz para Safira parar de se insinuar para Corá e as duas discutem. Calebe diz para Oseias esquecer Ana, já que ela é egípcia, mas ele diz ter percebido que Ana também gosta dele. Ana pensa em Oseias sorridente. Judite percebe que ela não está com a pulseira e questiona a filha, que diz ter perdido na cidade. Karen pede a Meketre conhecer o filho, mas o egípcio se nega dizendo que não tem certeza que o garoto é mesmo seu filho, deixando Karen chateada. Nadabe e Abiú voltam para casa e levam bronca de Eliseba, que os espera aflita. Eliseba chora de tristeza ao falar de Arão e é consolada pelos filhos. Ahmós entrega a Meketre um amuleto para ser dado ao faraó. Hur diz para Henutmire aceitar o convite de Ramsés para ir com ele até Abu Simbel.

A princesa pergunta ao joalheiro se o faraó tem tratado ele mal. Hur nega e diz que a relação entre os dois é profissional e que nunca perguntou sobre o romance que mantém com Henutmire. Anrão e Oseias vão ao encontro de Arão que se banha no rio e diz que pretendem mudar a situação dos escravos, deixando Arão surpreso. Já sabendo da novidade, Joquebede diz para Eliseba que irão juntar o povo hebreu para fazer um clamor a Deus por socorro. Nadabe e Abiú desdenham da ideia. Falso, Corá vai até a casa de Joquebede para saber notícias de Arão. Miriã conversa com Abigail, Deborah, Aoliabe e Zelofeade sobre a reunião que estão convocando para falar do elo entre Deus e os hebreus. Miriã pede que a notícia seja divulgada entre o povo. Menahen se prepara para ir ao encontro do pai e do irmão. Leila e Hur conversam com Bezalel e aconselham o filho a se casar com uma egípcia. Insana, Yunet espera que o cortejo o qual a filha irá acompanhar o faraó nas obras é para tirá-la da rua. Anrão dá uma bronca em Nadabe e Abiú. Oseias avista Ana e corre atrás dela para devolver a pulseira. A moça retribui com um sorriso. Os dois conversam e não conseguem esconder o encantamento que um sente pelo outro. Nervosa com a situação, Ana diz para Oseias se afastar dela, já que ela é uma egípcia e ele um hebreu, deixando o rapaz decepcionado.

Capítulo 090, sexta, 10 de fevereiro

Judite ajuda Tais a se arrumar para a visita aos templos. Apuki ordena que Abiú e Nadabe trabalhem na pedreira. Menahem chega na casa de Baruk e o encontra ardendo em febre, abandonado por Anibal. Oseias sai para tentar pescar alguns peixes para os escravos feridos. Chibale fica magoado com Gahiji pela rigorosidade do cozinheiro. Karen pede autorização a Amhós para dar uma volta pela cidade. Meketre presenteia Ramsés com o amuleto. Ikeni se irrita com as reclamações de Karoma. Em conversa com Judite, Leila diz sentir saudades do povo hebreu. Enquanto se banha no rio, Oseias vê Ana se aproximando. Menahem cuida de Baruk. Nadabe e Abiú encontram Arão na pedreira. Ramsés inicia o cortejo pela cidade. Ana se desculpa com Oseias e eles começam a se entender. Moisés e Zípora cuidam de uma ovelha ferida.

Joquebede convida Bina e Safira para o encontro em sua casa. Karen encontra o filho Bak e ele fica feliz com a visita dela. Baruk se desculpa com Menahem por ter lhe dado as costas no passado. Barzilai pede conselho a Jetro e Moisés. Oseias se despede de Ana em clima de conquista. Karen agradece a Abigail pela ajuda com o filho Bak. Nefertari se encanta com o monumento em sua homenagem. Miriã e Eliseba cuidam dos escravos feridos. Oseias comenta com Calebe sobre o encontro com Ana no rio. Bezalel alerta Hur sobre o perigo da relação do avô com Henutmire. Os hebreus se posicionam para observar o cortejo do rei. Corá, Datã e Abirão riem de Yunet ao ouvirem ela dizer que é mãe da rainha. Joquebede e Miriã ficam felizes ao verem a quantidade de peixes que Oseias trouxe para os escravos. Durante o cortejo, Oseias se recusa a se curvar perante o rei e Ramsés fica furioso com a atitude do escravo.

Novela Os Dez Mandamentos: resumo semanal de 13 a 17 de fevereiro de 2023

Capítulo 091, segunda, 13 de fevereiro

Furioso, Ramsés recrimina o atrevimento de Oseias. Corá, Datã e Abirão ficam surpresos com a atitude do hebreu. Oseias não obedece a ordem de Apuki, é jogado no chão e chicoteado, para satisfação de Ramsés. Henutmire pede que Nefertari intervenha, mas ela se nega dizendo que o castigo é merecido pelo desrespeito com Ramsés. Todos ficam horrorizados ao verem Oseias sendo açoitado. Anrão estranha que Oseias tenha se interessado em ir ao cortejo do rei. Joquebede e Miriã sofrem com a notícia de que Nadabe e Abiú foram mandados à pedreira como punição pela falta na obra. Eliseba fica aflita ao imaginar o perigo que os filhos irão correr no novo local de trabalho. Zelofeade e Eldade se preocupam com Oseias, que continua sendo agredido por Apuki. Yunet chama atenção de todos ao gritar por Nefertari e até Apuki se distrai, parando com as chicotadas. A rainha fica envergonhada e Ramsés ordena que os oficiais sumam com Yunet. O rei pede que Apuki saia com Oseias e diz para Paser seguir com o cortejo.

Zelofeade, Eldade e Calebe socorrem Oseias. De longe, Ana observa o rapaz bastante machucado e se entristece. Adira estranha a demora de Menahem no encontro com Baruk. Jetro sugere para Moisés que a circuncisão de Eliezer seja feita o quanto antes. Betânia oferece companhia para Menahem, mas se envergonha ao reconhecê-lo. Furioso, Ramsés chega ao palácio culpando Oseias e Yunet por terem estragado o cortejo real. Joquebede e Miriã se apressam para cuidar de Oseias ao encontrá-lo ferido. Eliseba fica apavorada ao saber que Oseias foi chicoteado por Apuki e sai desesperada atrás do filho. Henutmire assume para Hur que foi perturbador reencontrar Yunet. Meketre deixa Tais surpresa ao revelar que Yunet realmente é mãe de Nefertari. Paser confessa para Simut que se impressionou com o estado deplorável da ex-mulher. Nefertari afirma para Karoma que Yunet está merecendo sofrer por todo mal que fez. Ahmós nota que Karen está chateada após encontrar o Bak e cobra uma boa aparência, ameaçando demiti-la. Abigail conta para Deborah que só foi ao cortejo para ver Leila.

Zelofeade se comove ao ver Bak triste por estar longe da mãe e o convida para brincar. Eliseba dá bronca em Oseias por ele ter enfrentado Ramsés. Menahem avisa Adira que Baruk não está nada bem. Irritado, Apuki diz para Jairo que Oseias estragou o momento em que teria o trabalho elogiado por Ramsés. Judite e Ana se chocam ao descobrirem que o rapaz agredido por Apuki é filho de Arão. Bina avisa Corá que os hebreus irão se reunir na casa de Joquebede para clamar a Deus por libertação. Ana disfarça a preocupação na frente de Apuki, mas Judite percebe o interesse da filha em Oseias. Arão se surpreende ao saber que o filho foi castigado durante o cortejo do faraó. Ramsés decide condenar Oseias à morte. Zelofeade consegue convencer Aoliabe a ir ao encontro do povo hebreu. Bakenmut é ordenado pelo rei a executar Oseias na frente de todos os hebreus. Miriã estranha a presença de Judite no encontro. Encantados um pelo outro, Ana e Oseias trocam olhares discretos ao se reencontrarem.

Capítulo 092, terça, 14 de fevereiro

Os hebreus chegam à casa de Joquebede para uma reunião. Ana e Oseias trocam olhares disfarçadamente. Judite não esconde a apreensão com medo da forma que será recebida, mas quer saber notícias de Oseias. Eliseba se prepara para se juntar aos demais hebreus e tenta convencer Arão a acompanhá-la. Leila conversa com Uri sobre a atitude corajosa de Oseias durante o cortejo. Apesar da discordância do marido, Leila se mostra orgulhosa com a coragem do jovem. Apuki se diverte na Casa de Senet na companhia de Jairo, Bakenmut e Ikeni e conversam sobre uma possível punição a Oseias. Karoma sofre com as saídas noturnas de Ikeni e é consolada por Pepy. Enquanto Nefertari massageia Ramsés, ele afirma ter mandado matar o hebreu como punição pela ousadia, para que ele sirva como exemplo aos outros. Jetro se junta a Moisés e lamenta a ausência de Betânia junto à família. Moisés tenta confortá-lo. Os dois conversam e Jetro, com sua sabedoria, responde aos questionamentos do hebreu. Arão, sem a revolta habitual, questiona a Deus a razão pela qual os hebreus passam por tanto sofrimento e não percebe que seu clamor se une ao do seu povo.

Menahem conta para a família da esposa que encontrou Betânia. Jaque e Moisés se mostram surpresos ao saber que Betânia continua levando a vida nas ruas. Corá percebe a presença de Ana e Judite na reunião e se aproxima com o intuito de constrangê-las na frente dos demais, já que Oseias foi castigado por Apuki. Oseias troca um olhar decepcionado com Calebe com a descoberta. Judite tenta consolar Ana e a jovem revela estar apaixonada pelo hebreu. Gahiji e Chibale ouvem, impactados, as ordens que Ramsés dá a Bakenmut para punir Oseias. Ikeni vai até a casa de Joquebede para cumprir as ordens do faraó e Oseias não demonstra resistência. Ele é colocado exposto, com os pés e mãos amarrados, para sofrer até a morte. Anrão não aceita a situação e vai até o palácio falar com o faraó. Ramsés é avisado por Bakenmut e Ikeni sobre a presença de Anrão. O faraó manda expulsar o hebreu, mesmo com os pedidos de Henutmire para apenas ouvi-lo. A família de Oseias assiste o sofrimento do rapaz sem nada poder fazer. Eliseba se desespera e tenta dar água ao filho, mas é impedida por um oficial. Henutmire vai até o portão do palácio ao encontro de Anrão e ouve com surpresa o pedido do hebreu.

Capítulo 093, quarta, 15 de fevereiro

Anrão implora a Henutmire salvar a vida de Oseias. Henutmire diz que não pode ajudar, mas Anrão insiste. Henutmire diz então que irá falar com o faraó, mas não pode garantir que o rei irá preservar a vida do hebreu. Apuki observa o choro de Ana e pergunta o que aconteceu. Sem saber o que responder, a moça diz que torceu o pé. Judite conversa com Ana e diz para a filha que Apuki ficará muito bravo se descobrir que ela chorava por causa de Oséias. Eliseba se desespera ao ver Oseias arramado e sendo torturado. Arão sofre muito com a situação do filho e vai até Oseias, mas é interrompido pelos guardas. Arão insiste em se despedir do filho e os guarda consentem. Oseias diz que Deus foi muito bom em dar-lhe uma boa família e fala para seu pai adotivo que se tiver que morrer, morrerá em paz. Corá observa a cunhada Safira e tanta beijar a moça. Bina aparece, percebe a situação e olha com raiva para a irmã. Miriã organiza um novo clamor para pedir proteção de Deus. Henutmire conversa com Ramsés e pede para que perdoe o hebreu. Em conversa com Karoma, Nefertari se mostra favorável à decisão de Ramsés em condenar o hebreu à morte.

Chibale conversa com Bezalel e diz que tem curiosidade em conhecer melhor o Deus dos hebreus. Bezalel convida o amigo a ir até a vila e Chibale gosta de ideia. Ramsés decide perdoar Oseias para alivio de Henutmire, que agradece a benevolência do irmão. Adira e Menahem levam as crianças para conhecer o avô Baruk. Para espanto de Paser, o faraó manda Bakenmut até a obra escolher dez escravos para serem executados no lugar de Oseias. Henutmire conta para Leila que o irmão perdoou Oseias e a deixa muito feliz. Bina e Safira brigam por causa das insinuações de Corá. Baruk se emociona ao ver os netos. Anibal é capturado pela população que o chama de ladrão, mas é salvo por Moisés. Ikeni vai até onde Oseias está exposto e manda soltar o hebreu. Joquebede se emociona com a decisão do faraó. Oseias abraço a tia e se reanima ao tomar água. O escriba aparece e diz em voz alta a decisão do faraó, deixando todos perplexos.

Oseias implora para Ikeni não executar os dez hebreus e pede para que seja morto. Moisés leva Anibal para casa onde se encontram com Menahem, que pergunta ao irmão como teve coragem de sair deixando o pai doente. Corá conta para os escravos que Oseias foi solto para alívio de Anrão. Os hebreus comemoram até Corá contar que dez hebreus terão que ser sacrificados no lugar dele, deixando todos espantados. Eliseba se emociona com a volta de Oseias para casa. Ela recebe a notícias da ordem do faraó e fica chocada. Henutmire e Leila também ficam surpresas com a decisão de Ramsés. A princesa tira satisfação com o irmão e diz que foi manipulada. Bakenmut vai até a pedreira e seleciona nove escravos para serem mortos e, antes de escolher o décimo, diz o motivo. Todos ficam apreensivos até que Bakenmut para na frente de Nadabe e o encara frente a frente. Arão fica apavorado com a situação.

Capítulo 094, quinta, 16 de fevereiro

Bakenmut escolhe outro escravo e Arão e Nadabe ficam aliviados. Eliseba se desespera temendo o que possa acontecer com o marido e filhos. Oseias sente-se culpado pelo ocorrido. Yunet é vista como louca por pessoas na rua. Deborah conta para Abigail e Miriã sobre a ordem do faraó de matar dez escravos. Ana se desespera ao pensar que Oseias está morto. Emocionado, Arão abraça Nadabe e Abiú aliviado pelos filhos não terem sido escolhidos. Henutmire conversa com Hur e diz estar decepcionada com a intolerância do irmão aos escravos. Bezalel decide ir até a vila dos hebreus para saber notícias dos escravos. Uri e Leila tentam alertar o filho do perigo, mas o rapaz se mostra decidido. Anrão avisa aos outros escravos sobre a reunião que terá em sua casa. Corá denuncia Anrão para Apuki. Menahem se indigna com Anibal e Moisés tenta acalmá-los. Zípora e Adira apresentam Baruk aos netos. Simut comenta com Paser sobre a crueldade de Ramsés. Judite aconselha Ana a esquecer Oseias.

Apuki avisa ao faraó que os escravos estão fazendo reuniões noturnas. Gahiji proíbe Chibale de ir até a vila dos hebreus. Zelofeade diz para Abigail que o encontro na casa de Anrão está confirmado. Ramsés diz, em tom ameaçador, que os escravos terão o que merecem. Miriã diz que a intenção do faraó é que os outros escravos culpem Oseias. Anibal pede perdão a Baruk. Oseias reencontra Arão e os irmãos. Eliseba se emociona ao ver a família reunida. Bezalel apresenta Chibale à Abigail e Zelofeade. Leila diz que às vezes Gahiji é exigente demais com o filho. Nefertari confessa para Karoma que se sentiu abandonada por Moisés. Tais prepara uma surpresa para Meketre. Yunet surpreende Ahmós ao começar a dançar no palco da Casa de Senet. Jerusa, Adira e Zípora lamentam a ausência de Betânia. Eliseba tenta fortalecer a fé do marido Arão. Corá proíbe os familiares de irem até à reunião dos hebreus. Apuki diz que a farra dos escravos vai acabar. Judite e Ana se preocupam com o comentário do feitor. Anrão começa a discursar durante o encontro, mas os hebreus são surpreendidos com a chegada do oficial Bakenmut.

Capítulo 095, sexta, 17 de fevereiro

Anrão se desculpa e explica que a reunião é para clamar o Deus dos hebreus. Bakenmut comunica que todos receberão menos porções de trigo como forma de punição. Ikeni ordena que todos retornem para casa. Joquebede reclama do castigo, porém Bakenmut ameaça cortar a distribuição de comida caso haja um novo encontro. Ana sai escondida de Judite e vai atrás de Oseias. Curiosos, Corá e Datã seguem para a reunião. Safira se entristece por Bina não perceber que Corá é um mau-caráter. Anrão diz que não irá desistir e vai para rua implorar pela ajuda de Deus. Joquebede e Miriã se juntam ao lamento com ele. Todos os hebreus ficam comovidos e rasgam as vestes como suplica pela liberdade. Arão ouve o alvoroço provocado pelas orações e fica impactado com a quantidade de pessoas louvando. Judite se preocupa ao notar que Ana fugiu. Corá vê Ana conversando com Oseias e descobre que os dois estão combinando um encontro. Karen fica radiante ao encontrar Meketre e o beija. Tais repara que Meketre saiu e se entristece.

Baruk e Anibal demonstram surpresa ao reencontrarem Menahem bem-sucedido. Moisés revela para Zípora que gostaria de saber como estão vivendo os familiares que deixou no Egito. Ramsés se irrita com a preocupação de Paser com o sofrimento dos hebreus. Leila fica emocionada ao escutar o relato de Bezalel sobre o clamor que o povo fez para Deus. Gahiji recrimina Chibale por ter ido à vila dos hebreus. Eliseba se chateia por Arão estar descrente de que Deus irá salvá-los. Meketre se assusta ao acordar ao lado de Karen e sai desesperado para casa. Karen critica Ahmós pela contratação de Yunet. Ana mente para Judite dizendo que não conseguiu falar com Oseias. Calebe fica abismado ao descobrir que Oseias vai se encontrar com Ana. Uri confessa para Hur que tem receio de que Leila queira voltar a visitar Abigail. Jetro elogia Menahem por ajudar Anibal a se livrar das dívidas. Adira e Zípora decidem procurar por Betânia. Meketre encontra Tais nervosa e inventa uma desculpa para que a esposa não desconfie do encontro com Karen. Judite observa e reconhece a mentira contada por ele. Moisés vai até o Monte Sinai resgatar uma ovelha perdida e se espanta ao ouvir um chamado de Deus.

Novela Os Dez Mandamentos: resumo semanal de 20 a 24 de fevereiro de 2023

Capítulo 096, segunda, 20 de fevereiro

Moisés mostra espanto ao ouvir seu nome diante da Sarça Ardente. Ele ouve as palavras de Deus, ainda impressionado e impactado. Em pleno surto de megalômano, Ramsés fala aos núbios agradecendo os presentes que lhe foi dado, mas não deixa de engrandecer seu reinado e o povo egípcio, causando desconforto nos demais. Datã e Abirão questionam Anrão se ele não tem medo do que a história de clamor pode causar. Anrão afirma que não tem medo e faz questão de mostrar a todos a importância da fé. Corá, mal intencionado, conta a Apuki que Ana esteve na reunião dos hebreus e que ela e Oseias combinaram de se encontrar no rio. Arão conversa com os filhos, descrente dos planos de Deus. Apesar das tentativas dos filhos, ele se mostra relutante em acreditar. Adira e Zípora estão preocupadas quanto ao paradeiro de Betânia e vão até a barraca da adivinha para ter alguma notícia. Ao chegar, elas se espantam com o que encontram. Ana e Oseias se encontram e, apesar da intensa atração, Oseias ainda se recente com o ocorrido. Nefertari lembra os momentos com Moisés e se irrita, causando estranheza em Karoma, que não entende o que aconteceu.

Anibal e Baruk se mostram surpresos e agradecidos com Moisés, quando Menhaem chega para trazer o pagamento da dívida que seu irmão contraiu. Ana e Oseias conversam e trocam olhares apaixonados, quando são surpreendidos com a presença de Apuki muito irritado. Leila conta a Henutmire sobre seus medos e conflitos ao ver Bezalel tão próximo dos hebreus. A princesa diz entender todo este medo e, também, desabafa em relação a Moisés. Apuki vai até a obra alertar Anrão que, se Oseias não se afastar de Ana, ele o matará. Estranhando o comportamento de Moisés, Zípora questiona o marido que, confuso, não sabe como contar o ocorrido. Assustada, Zípora procura entender o chamado recebido por Moisés, mas não esconde o ciúme. Anrão vai até a casa do filho contar sobre a ameaça de Apuki e Arão fica furioso ao saber que Oseias se envolveu com a filha do seu desafeto. Moisés vai buscar conforto nas palavras de Jetro e conta ao sogro sobre o chamado recebido. Jetro reage surpreso com a notícia. Arão questiona a Deus sobre o sofrimento do seu povo e fica no aguardo de uma resposta. Ele sai desacreditado, mas é surpreendido por uma voz que chama pelo seu nome. Pasmo, Arão cai de joelhos.

Capítulo 097, terça, 21 de fevereiro

Deus conversa com Arão e diz para o hebreu ir ao encontro de Moisés, que voltará ao Egito para libertar o seu povo. Joquebede diz a Oseias que ele precisa se afastar de Ana, justamente por ela ser filha de Apuki. O feitor diz para Ana que se ela continuar se encontrando com Oseias, que o matará, assim como fez com Num. Arão conta para sua família sobre a conversa com Deus e deixa todos surpresos. Jetro acalma Zípora que está nervosa com o contato de Moisés com Deus. Ela resolve então apoiar Moisés em sua decisão. Anrão e Eliseba ficam muito emocionados quando Arão conta que Moisés é o libertador dos escravos. Zípora surpreende Moisés ao dizer que irá partir junto com o marido. Ramsés pede que todos os servos hebreus que vivem no palácio sejam reunidos para provarem que realmente são leais ao rei. Anrão decide não contar para os outros escravos sobre a visão de Arão com Deus para que a notícia não chegue aos ouvidos do faraó. Apuki age com agressividade contra Judite e a culpa pela atitude da filha. Ana interrompe o pai e pede para apanhar no lugar da mãe. Apuki deixa a sala magoado com a filha, mas não a agride. Judite diz para Ana se afastar de Oseias e deixa a moça triste. Anrão conta para Joquebede e Miriã a aparição de Deus para Arão e as deixa eufóricas.

Apuki pede a Bakenmut que ajude a colocar a filha no palácio para trabalhar como dama. Safira questiona Corá pela fartura na mesa. Moisés diz para os filhos que todos irão para o Egito. Arão decide partir e comunica a família. Apuki diz a Ana que ela deve ir trabalhar no palácio. Bakenmut pede a Karoma que indique Ana para ser dama da rainha. Em troca, Karoma fala que o atenderá desde que pare de levar Ikeni para a Casa de Senet. Zípora comunica as irmãs que irá para o Egito com Moisés e as crianças. Henutmire e Leila vão até Nefertari para saber o motivo pelo qual o faraó pediu para reunir os servos hebreus. A rainha se mostra maquiavélica ao falar com Leila e diz que se ela é leal ao rei, não há o que temer. Judite conta para Tais que Ana não poderá mais trabalhar para ela e deixa a egípcia surpresa. Tais diz que irá conversar com a rainha para colocar Tais como sua dama. Apuki manda chamar Arão para uma conversa sobre Oseias. Abigail e Deborah desconfiam que Miriã esteja escondendo algo. Apuki agradece Corá pela informação sobre Ana e Oseias. Apuki provoca Arão e os dois discutem. O feitor promete se vingar de Oseias.

Capítulo 098, quarta, 22 de fevereiro

Anrão fica tenso com a situação entre Arão e Apuki e decide intervir. Anrão diz para Apuki que Oseias não irá mais se aproximar de Ana. Apuki diz que irá enviar Oseias para a pedreira. Inês e Eliseba preparam os mantimentos para a viagem de Arão. Joquebede se junta à nora e entrega mais comida para ela colocar no cesto de Arão. Menahem diz a Moisés que ficará em Midiã enquanto ele estiver fora. Moisés se mostra preocupado com o tipo de governante que Ramsés se transformou. Ramsés reúne os servos hebreus na sala do trono e pede para que todos se curvem em reconhecimento a divindade do soberano. Bezalel hesita em se curvar para desespero de seus pais. Tais indica Ana para ser dama de Nefertari. A rainha pede a Judite que leva sua filha ao palácio para conhecê-la. Oseias sofre de amor por Ana. Hur conversa com Henutmire e a princesa diz que o irmão Ramsés está mais cruel do que nunca. Uri discute com Bezalel e o rapaz diz que tem sangue hebreu e que jamais irá se esquecer de seu povo. Bezalel diz para o pai que jamais irá trair o seu povo e que não concorda com as injustiças que o faraó comete. Leila diz que concorda com o filho e deixa Uri irritado. Karoma se mostra enciumada com a contratação de outra dama para servir a rainha. Arão reúne os filhos para se despedir. Zelofeade diz para Abigail e Deborah que Arão e Anrão estão muito estranhos. Deborah diz que percebeu o mesmo de Miriã e todos desconfiam que estão escondendo algo.

Apuki comemora a ida de Ana para o palácio, mas a moça implora para o que o pai não a mande para lá. Apuki conta que mandou Oseias para a pedreira e deixa Ana chocada. Bakenmut diz para Karoma que irá cumprir a parte dele no trato e não levará mais Ikeni para a Casa de Senet. Ikeni fica enciumado ao ver Pepy brincando com Simut. Leila conversa com Gahiji e diz que a coragem do filho lhe dá forças. Para justificar a ausência de Arão, Oseias sugere dizer que o escravo fugiu com medo de ser morto por Apuki. Anrão, Oseias e Nadabe acompanham Arão em sua fuga. Arão se despede de todos e parte. Corá desconfia que Anrão está escondendo alguma coisa. Apuki vai até a Casa de Senet e comemora a ida da filha ao palácio. Bakenmut se mostra interessado em Ana e deixa Apuki irritado. Moisés confessa para Jetro que está apavorado com a volta para o Egito, mas o pastor diz que Deus o preparou para isso. Oseias diz que tem a sensação de que estão sendo seguidos. Arão decide conferir e encontra com Abirão escondido. Arão braveja com Abirão e o manda sumir em tom ameaçador. Dois sentinelas armados fazer segurança na entrada da cidade. Oseias simula uma briga com Nadabe para distrair os seguranças. Arão aproveita a oportunidade para fugir, mas é surpreendido por um outro oficial.

Capítulo 099, quinta, 23 de fevereiro

Anrão é reconhecido pelo oficial, que conta ter participado do clamor para Deus acompanhado dos pais. O oficial pede que os sentinelas liberem Nadabe e Oseias. Arão e Anrão ganham a permissão para sair da cidade. Arão segue o caminho em direção ao deserto sob o olhar emocionado de Anrão. Datã, Corá e Abirão tentam imaginar o motivo da fuga de Arão. Zípora assume para Moisés que está com medo, mas irá acompanhá-lo. Eliseba fica aliviada ao saber que Arão conseguiu fugir. Emocionadas, as irmãs se despedem de Zípora. Moisés promete para Jetro que cuidará bem de Zípora. O casal vai embora acompanhado dos filhos e são observados pela família. Joquebede assume que está ansiosa para rever Moisés. Oseias e Calebe saem em direção a pedreira. Ana se entristece ao saber que terá que morar no palácio. Karen acha graça ao ver Yunet ser dispensada por Ahmós.

Corá questiona Anrão sobre o paradeiro de Arão. Jairo recebe Oseias, Calebe, Nadabe e Abiú na pedreira. Ana é encaminhada por Karoma até o quarto de Nefertari. Assim como Corá, Apuki também sente falta de Arão e Anrão revela que o filho fugiu do Egito, deixando-os surpresos. Nefertari nota o nervosismo de Ana e resolve testá-la. Karen chega para visitar Bak, mas é ignorada e ganha o consolo de Abigail. Judite comemora a notícia de que Ana foi escolhida para ser a dama que acompanhará Nefertari. Ana fica emocionada ao se despedir de Tais, Meketre, Meryt e Hori. Apuki pensa que Arão fugiu por medo de ser morto por ele e preferiu se arriscar no deserto. Betânia surpreende Jetro e as irmãs ao retornar à casa da família. Moisés se abriga com Zípora e os filhos em uma estalagem. Deus castiga Moisés por ele não ter feito a circuncisão no filho mais novo.

Capítulo 100, sexta, 24 de fevereiro

Moisés caído no chão, como se estivesse morto. Enquanto isso, Zípora e os filhos recebem toda atenção de Joana a e Nabor. Jetro, acompanhado das filhas, se surpreende ao reencontrar Betânia. Ela se emociona ao ouvir o pai a chamando de filha e pede perdão pelos erros cometidos. Zípora, preocupada com a demora de Moisés, vai até o poço junto com Nabor. Eles o encontram desacordado e leva Moisés até a estalagem onde recebe os cuidados de Zípora e Joana. Anibal brinca com os sobrinhos Haya e Abner enquanto Menahem surpreende Baruk com a notícia de que voltará a morar em Midiã. Ramsés e Nefertari conversam apaixonados enquanto veem Amenhotep treinando na beira do rio Nilo. Karen caminha chateada após ser rejeitada pelo filho Bak e avista Meketre com a família. Ela assiste, arrasada, à felicidade de todos. Meketre percebe a presença de Karen e a encara com um olhar ameaçador, ela o olha com raiva, até que Tais percebe a mudança no comportamento do marido e ele disfarça. Abigail vê o sofrimento de Bak e tenta consolar o sobrinho.

Ele ainda reage com revolta por não poder conviver com a mãe, mas Abigail o conforta com um abraço emocionado. Nefertari conversa com Karoma, quando é interrompida por Henutmire que se mostra preocupada com o comportamento de Ramsés em relação aos hebreus. Ramsés chega a tempo de ouvir e faz questão de mostrar a Henutmire que não aceita receber ordens de ninguém. Betânia conhece os sobrinhos, filhos de Adira, e fica emocionada. Joana pede para Zípora ser forte diante do grave estado de saúde de Moisés. Aflita ela vai até Gerson e Eliezer e pede para que eles rezem pela melhora do pai. No seu desespero, Zípora clama a Deus por uma resposta. Joquebede demonstra preocupação em saber se Arão conseguiu encontrar Moisés no deserto. Enquanto conversa com a família, Anrão sente uma falta de ar e Joquebede fica apreensiva. Apuki não esconde o orgulho imaginando que Arão fugiu com medo, sem saber do real motivo. Judite ainda alerta Apuki, desconfiada da atitude do hebreu, mas ele se deixa levar pelo ego. Concordando com o sobrinho, Zelofeade acredita que nada adiantou o clamor do povo hebreu. Abigail tenta convencê-los do contrário, mas Aoliabe e Zelofeade se mostram descrentes.

Leila vai até a cozinha do palácio para saber notícias de Bezalel. Gahiji diz que por ali ele não passou, mas Chibale disfarça mal e o pai pressiona para que ele diga a verdade. Corá fala para Datã que não acredita na fuga de Arão. Para ele, seu primo tem outras intenções. Bina, Datã e Corá começam a debochar de Arão e são interrompidos pela seriedade de Safira que não concorda com o comportamento deles. Arão caminha pelo deserto com sede, fome e frio. Ele tenta dormir, mas os seus pensamentos estão distantes. Zípora, aflita, lembra que Eliezer ainda não tinha feito a circuncisão, indo contra aos desígnios de Deus. Em um ato de desespero, ela chama o filho e explica que o procedimento precisa ser feito. Joana e Nabor reagem preocupados, mas atende ao pedido de Zípora. Tranquilizado pela mãe, Eliezer tenta demonstrar toda a sua coragem de forma inocente. Zípora sorri emocionada para o filho e inicia o procedimento na esperança de salvar Moisés.

Novela Os Dez Mandamentos: resumo semanal de 27 de fevereiro a 03 de março de 2023

Capítulo 101, segunda, 27 de fevereiro

Zípora se prepara para fazer a circuncisão de Eliezer enquanto Moisés permanece desacordado. Após o procedimento, Zípora coloca o prepúcio retirado aos pés de Moisés e as manchas vermelhas do corpo do marido desaparecem. Moisés finalmente abre os olhos completamente curado e todos ficam admirados com o milagre que presenciaram. Cansado da jornada no deserto, Arão vê um homem que se aproxima. Assustado, o hebreu se prepara para se defender quando o homem diz para ele não ter medo. O homem diz que foi ao encontro de Arão para lhe oferecer ajuda e entrega um cajado ao hebreu. Em seguida ele tira pães, frutas, vinho e água e oferece a Arão. Enquanto come, o homem desaparece e deixa Arão intrigado, até que ele olha para o céu e vê uma forte estrela brilhante e entende que o homem era na verdade um anjo enviado por Deus. Durante conversa com Moisés, Zípora diz ao marido que voltará a Midiã com os meninos.

Ramsés diz a Nefertari que a princesa Henutmire deve manter a discrição em relação ao romance com Hur, caso contrário ela corre o risco de ser obrigada a se casar com um nobre do Alto Egito. Leila descobre que Bezalel foi até a vila dos hebreus visitar os parentes e decide ir atrás dele, mas é proibida por Gahiji. Desconfiado da fuga de Arão, Corá vai até a casa de Eliseba para saber do primo, mas a família de Arão mantêm o segredo sobre o chamado de Deus. Moisés promete a Zípora que irá busca-la com os filhos assim que libertar o seu povo, deixando-a satisfeita. Betânia se mostra feliz por estar de volta a casa do pai . Baruk e Anibal fazem uma visita a Jetro. Baruk se desculpa e agradece Jetro por ter aceitado Menahem em sua família selando a paz entre eles.

Ada aparece para visitar as irmãs e fica irradiante ao ver Betânia. Anrão tem uma leve tontura e deixa Joquebede preocupada. Contrariada, Ana arruma suas coisas para se mudar para o palácio. Anrão passa mal e desmaia, sendo socorrido por Itamar e Zelofeade, que o levam para casa. Moisés se despede de Zípora e dos filhos. Karoma recebe Ana no palácio. Ikeni vai até a sala de Simut e presencia uma conversa em que Pepy diz para Simut que gostaria que ele fosse seu pai. Ikeni entra na sala e interrompe a conversa. Ele diz para o filho que irão passear de biga e deixa o garoto radiante. Nefertari conversa com Ramsés quando Karoma chega com Ana, lindamente adornada e deixa a o faraó completamente enfeitiçado. Nefertari percebe o olhar interessado do marido e fica incomodada. Paser e Simut saem para levar oferenda aos deuses e encontram com Yunet, que promete vingança. Joquebede cuida de Anrão que está muito debilitado. Moisés e Arão finalmente se encontram no deserto e se abraçam emocionados.

Capítulo 102, terça, 28 de fevereiro

Arão e Moisés conversam e seguem felizes na travessia. Miriã reencontra Anrão em sua casa. Moisés conversa com o irmão e fala sobre a experiência que teve com Deus. Arão o alerta sobre o ódio de Ramsés. Enciumada, Nefertari ordena que Ana penteie todas as perucas do harém. Judite comenta com Tais sobre a paixão que a filha sente por um escravo. Meketre procura Karen e manda a moça ficar longe de sua família. Paser revela para Simut que ficou mal depois do encontro com Yunet. Chibale oferece frutas a Ana, mas ela não percebe o interesse do rapaz. Eldade se espanta ao ouvir Itamar dizer que Moisés vai voltar. Arão atualiza Moisés sobre os acontecimentos de todos esses anos. Eldade comenta com Zelofeade sobre o que ouviu de Itamar. Nefertari e Paser conversam sobre Yunet. Karoma chega e fala de Ana. A rainha se irrita ao escutar falar sobre a moça.

Arão e Moisés seguem confiantes no poder de Deus. Eliseba e os filhos se preocupam com a saúde de Anrão. Oseias alerta que os escravos estão perdendo a fé. Judite tenta conter o ódio ao presenciar Jairo tendo atitudes semelhantes a Apuki. Karoma comenta com Ana sobre o ciúme que Nefertari sentiu. Leila pede autorização a Henutmire para visitar os parentes na vila dos hebreus. Eldade faz uma visita a Anrão. Moisés e Arão fortalecem a fé em Deus para continuarem na travessia do deserto. Eldade pede para Anrão se recuperar logo para receber os filhos. Uri estranha a ausência de Leila no palácio. Ramsés diz para Nefertari que deseja se satisfazer com a nova dama. A rainha tenta conter o ódio e o ciúme. A filha de Apuki se recorda dos momentos ao lado de Oseias. Miriã alerta o sobrinho sobre os perigos de se envolver com Ana. Henutmire e Hur trocam palavras de amor. Leila chega à casa de Abigail e Zelofeade. Anrão e Joquebede aguardam ansiosos pela chegada dos filhos. Moisés começa a escrever o livro de Exôdo.

Capítulo 103, quarta, 01 de março

Enquanto conversa com Moisés, Arão fala maravilhado sobre estar nesta missão junto com o irmão e confidencia a Moisés que antes dele ir morar no palácio eles eram muito unidos e relembra alguns momentos de quando eram crianças. Abigail fica surpresa com a visita de Leila. Elas se abraçam emocionadas e Leila pede perdão pelo afastamento. Joquebede e Anrão conversam esperançosos. Emocionado, ele conta que teve um sonho em que os hebreus estão felizes e livres. Oseias e Calebe se mostram apreensivos com a possibilidade de uma batalha entre hebreus e egípcios. Em sua sabedoria, Miriã os convence de que Deus não libertará o povo hebreu através de uma guerra e pede para que eles confiem no poder da fé. Ikeni se desculpa com Karoma e Pepy pelas falhas que vinha cometendo. Mesmo na defensiva, ela cede às palavras sinceras do marido. Corá aproveita que a casa está vazia e agarra Safira. A jovem tenta se desvencilhar, mas não consegue. Bina chega a tempo de flagrar a cena. Sem motivos, Nefertari implica com a roupa que Ana lhe entregou. Ela não vê a sujeira indicada pela rainha, mesmo assim se desculpa. Karoma chega e percebe que é apenas implicância de Nefertari, mas pede para Ana entregar a roupa às servas.

Nefertari explica para Karoma o motivo de tanta raiva e a dama tenta amenizar a situação. Corá tenta se explicar, mas é interrompido por Bina. Datã chega e tenta entender o que está acontecendo. Safira conta que foi agarrada por Corá, mas Bina surpreende e desmente a irmã. Uri briga com Leila por causa da ida dela à vila. Ela tenta explicar os motivos que a fizeram ir até a casa da irmã, mas Uri não aceita. Datã acredita nas palavras de Bina e expulsa Safira de casa. Irritado, Uri desconta sua raiva em Bezalel. Ele culpa o filho pela atitude de Leila de em ir até a vila. Ramsés conversa sobre negócios com Meketre. Nefertari chega para fazer um convite a Ramsés e o comerciante pergunta à rainha se ela está gostando de Ana. Ramsés se antecipa e enche a jovem dama de elogios. Nefertari sorri tentando disfarçar a raiva. Jairo se diverte ao sentir o pequeno poder que tem sobre os escravos. Abiú, Calebe, Nadabe e Oseias conversam sob os olhares de Jairo. O feitor se aproxima e pede para que Oseias se afaste dos outros. Chibale confidencia ao pai que está interessado em Ana. Carinhoso, ele pede ao filho para esquecer, já que o rei também está interessado na dama. Ramsés se junta à Nefertari na piscina e, com jeito, pede para a esposa realizar o seu desejo e preparar Ana para aquela noite. Anrão não se sente bem e Zelofeade percebe.

Ele diz estar se sentindo tonto e tenta despreocupar o amigo. Safira tenta encontrar um abrigo na rua e senta num canto. Yunet chega e a expulsa. Ahmós conversa com dois nobres e percebe Safira passando. Ele se encanta com a beleza da jovem e se aproxima. Percebendo o desespero dela e mal intencionado, ele aproveita a situação para oferecer um abrigo. Meketre chega em casa e conta para Tais e Judite que Ramsés está encantado por Ana. Taís fica maravilhada, mas Judite não esconde a apreensão. Nefertari pede ajuda a Paser para se livrar de Ana. Ele repreende a filha falando que ela está se comportando como Yunet. Nefertari se choca com a comparação e pede desculpas. Arão se encanta com o anel que Moisés deixa cair da sacola. Ele explica ao irmão que foi um presente dado por Ramsés. Eles percebem a aproximação de cinco homens mal encarados. Moisés alerta que provavelmente sejam assaltantes e Arão brinca dizendo que não tem nada que possa ser roubado, mas seu sorriso se fecha ao perceber o anel no dedo de Moisés.

Capítulo 104, quinta, 02 de março

Diante dos quatro Amalequitas, Arão se controla para não partir para briga e Moisés tenta manter a calma. Um dos ladrões pede pressa na entrega dos pertences e Moisés entrega o anel. Em meio à tensão, Moisés oferece comida aos assaltantes e eles estranham a atitude do pastor de ovelhas. Hur percebe a tristeza de Henutmire e ela confessa que, apesar de todos os anos sem notícias, ainda sente falta do filho. Ahmós insiste em ter Safira como uma de suas dançarinas, a jovem fica irritada e ameaça ir embora. De forma falsa, Corá tenta ganhar novamente a confiança de Datã, que se incomoda com o assunto e interrompe a conversa. Eldade e Zelofeade ficam preocupados com o mal-estar de Anrão e o aconselha a ir para casa. Apuki não se solidariza com o problema do escravo e manda todos voltarem ao trabalho. Paser não consegue esconder a preocupação e confidencia a Simut que está muito espantado com a atitude de Nefertari em querer se livrar de Ana. Karoma fica surpresa ao ouvir a rainha pedindo para preparar Ana para Ramsés. Judite revela a Tais preocupação em ver o rei interessado na filha. Tais tenta acalmar sua dama, mas alerta quanto ao ciúme de Nefertari. Jairo insiste nas provocações a Oseias. O hebreu tenta manter a calma, até que não aguenta mais e reage aos ataques do feitor.

Ana se desespera ao receber a notícia de que terá que se deitar com Ramsés e Karoma tenta acalmá-la. Bakenmut repara na felicidade anormal do rei. Ramsés tenta disfarçar, mas entrega o motivo de tanta alegria. Apesar de ter mandado Karoma preparar Ana, Nefertari está decidida em não deixar que Ramsés se deite com a dama. Leila desabafa com Gahiji e diz não saber o que fazer com os conflitos que envolve sua família. Apuki se alegra ao receber a notícia de que Ana foi escolhida pelo rei. Ele acredita que assim se torne um nobre. Nefertari tenta disfarçar os ciúmes diante de Ramsés, que está ansioso e feliz pela noite. Safira não consegue esconder o desconforto com os olhares dos clientes da Casa de Senet. Ahmós tenta acalmá-la e a elogia pelo trabalho. Dando continuidade ao seu plano, Nefertari se mostra atenciosa com Ana e tenta animar a jovem oferecendo a ela uma bebida. Ana termina de beber e é conduzida pela própria rainha até Ramsés. O faraó fica encantado com a beleza de Ana. Percebendo o medo da dama, ele oferece uma taça de vinho para distraí-la. Ao se virar para pegar a jarra, ele é surpreendido com o desmaio da jovem.

Capítulo 105, sexta, 03 de março

Ramsés vai até Ana desmaiada no chão e grita pelos guardas. Ikeni e um oficial entram e o rei pede para chamar Paser e Nefertari. Junto de Karoma, a rainha não segura a ansiedade para saber se seu plano funcionou, quando Ikeni chega apressado para avisar sobre o ocorrido. Abigail fica emociona ao ouvir de Zelofeade que Moisés é o salvador. Em oração, Leila pede perdão por ter se afastado de Deus. Bezalel se aproxima e, em meio à conversa, conta a Leila que decidiu ir morar na vila. Hur pede a Uri que tenha mais paciência com Leila e Bezalel. Ao ouvir as palavras do pai, Uri resolve seguir seus conselhos. Rancorosa, Bina exige que Corá lave a louça e critica o trabalho do marido. Corá se revolta com a postura da mulher e a humilha. Datã chega e, com raiva, Bina solta um olhar ameaçador para o marido. Enquanto aguarda os tios, Bak pergunta a Aoliabe se ele já foi à Casa de Senet. O jovem hebreu fica surpreso com o questionamento e, com a ajuda de Deborah, tenta explicar de uma forma superficial. Enquanto trabalha, Safira é observada por Apuki, que se aproxima da moça na intenção de levá-la paro o quarto.

De forma seca, Safira recusa a proposta e avisa que está lá apenas para fazer a limpeza. Chibale tenta convencer o amigo a não ir morar na vila, mas Bezalel está certo da decisão. Henutmire sonha com o retorno de Moisés e acorda ofegante. Hur, que dorme ao lado, desperta com o susto e conforta a princesa. Joquebede mexe no baú e encontra o manto que foi de Moisés. Anrão se aproxima e, emocionados, eles divagam sobre os desígnios de Deus para o filho. Anrão vai até a casa de Corá preocupado com o ocorrido. Bina e Corá tentam manter as aparências e fingem emoção com as palavras do tio. Na tentativa de fazer Safira uma dançarina, Ahmós obriga Karen a se juntar ao plano dele e acusa Safira de roubo. Bezalel conta ao avô sobre a decisão tomada. Hur tenta fazer com que o neto pondere e o jovem fica pensativo. No trabalho da confecção dos cestos, Miriã entoa uma música em hebraico, emocionando Eliseba e Joquebede que cantam também. Enquanto caminham, Arão fica animado com a proximidade da chegada ao Egito. Na ansiedade de reencontrar a família, eles encontram forças em continuar a caminhada sem descanso.

*O resumo da novela Os Dez Mandamentos é disponibilizado pela Record TV e pode sofrer alterações, sem aviso prévio, de acordo com a edição realizada pela emissora.

ABERTURA DA NOVELA

8 comentários em “Resumo Os Dez Mandamentos: capítulos de 30/01 a 03/03/2023

  • 03/12/2022 - 09:04 em 09:04
    Permalink

    Todos merecem ser felizes em seus casamentos, tiveram a sorte de ter meu marido de volta, os feitiços do Dr. Robbinson são autênticos, meu marido me deixou por 8 meses e fiquei arrasada e não consegui encontrar uma maneira de recuperá-lo. Em algum momento eu estava deprimido, enquanto lia na internet onde as pessoas testemunhavam sobre como o Dr. Robbinson os ajudou a resolver problemas semelhantes, estava em uma página de divórcio, entrei em contato com ele e ele nunca hesitou em me ajudar também, meu marido voltou para casa , minha felicidade é restaurada
    Texto/chamada: +12267705795

    Resposta
  • 23/07/2018 - 12:32 em 12:32
    Permalink

    PARABENS Á RECORD PELAS LINDAS NOVELAS BASEADAS NA BIBLIA….SOU ESPIRITA KARDECISTA MAS TENHO PROFUNDO RESPEITO ´POR TODAS AS RELIGIOES POIS CREIO QUE TODAS LEVAM A DEUS….PRINCIPALMENTE APRECIO AS IGREJAS EVANGELICAS….

    Resposta
  • 16/07/2018 - 21:47 em 21:47
    Permalink

    DEPOIS DE QUASE DUM ANO DE NOVELA AGORA QUE ESTA NO CAPITULO 65,NAO CONSIGO ENTENDER,ALGUEM ME EXPLICA POR FAVOR

    Resposta
  • 05/07/2018 - 15:38 em 15:38
    Permalink

    Estou achando muito repetitivo, dizem que esta no fim mas falta muito ainda pela historia, ta muita lenga lenga com essa historia de leila ter sido sequestrada, de onde tiram isso meu Deus.

    Resposta
  • 16/06/2018 - 11:52 em 11:52
    Permalink

    Estou assistindo a novela pela segunda vez e continuo gostando muito. Mas concordo com o povo, a parte das pragas era o mais legal.

    Resposta
  • 04/06/2018 - 20:10 em 20:10
    Permalink

    Os dez mandamentos está muito chato, repetitivo só na parte das pragas era legal.

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.