O Sétimo Guardião: Luz e Ondina se perdoam pelo passado e fazem revelações

O Sétimo Guardião: Luz e Ondina se perdoam pelo passado e fazem revelações

Luz e a cafetina Ondina. Foto – montagem.

Em O Sétimo Guardião, Luz (Marina Ruy Barbosa) descobrirá toda a verdade sobre seu nascimento e primeiros dias de vida e ficará horrorizada com seu passado, após ser roubada da mãe.

Tudo acontecerá quando Ondina (Ana Beatriz Nogueira) revelar que é mãe de Luz. Ela conversará com Murilo (Eduardo Moscovis) que a essa altura da trama saberá que sua filha com Neide (Viviane Araújo) foi adotada por uma família rica e morreu em um acidente de carro.

Após iniciarem uma conversa, Ondina fala um pouco sobre o pai de Luz. “Quando estava sóbrio brincava com você, fazia carinho, todas essas coisas normais. Mas quando bebia… Aí, não gostava nem dele mesmo… e odiava o resto do mundo”, diz a cafetina. “Que tipo de pessoa deixa uma filha bebê assim, desprotegida, no meio do nada? Isso não é um pai, é um monstro!”, avaliará Luz.

“Eu não estava lá pra ver, Luz, mas posso imaginar… Quando ele se viu com você nos braços, chorando, sem saber pra onde ir, o que fazer… Se desesperou! Por isso fez o que fez!”, diz a empresária. “Falando assim, parece que você perdoou ele…”, imagina a ruiva. “Nunca. Posso nascer e morrer cem vezes, nunca vou perdoar o que ele fez com você e comigo. Nos separar, nos impedir de viver uma vida juntas…”, deixará claro Ondina.

Veja também: Órfãos da Terra: Aziz invade casamento de Laila e Jamil armado e toca o terror

“Mas você não tentou me achar? Não conseguiu nenhuma pista? Nada?”, quer saber a ex de Gabriel. “Tentei. Tentei tudo o que uma moça tonta, pobre e ingênua poderia ter tentado. Mas durante todos esses anos vivi com a culpa me consumindo por não ter tentado mais. Se você soubesse, Luz, tudo que eu sofri, o tanto que chorei por não te encontrar”.

“Não sei a dor de perder um filho, mas sei a dor de não ter uma mãe…”, fala a ruiva. “Algum dia você vai me perdoar?”, perguntará Ondina. “Perdoar… por quê?”. “Por ter me entregado a um louco, desequilibrado, ter tido uma filha com ele e não ter conseguido te proteger…”, desabafa a dona do cabaré. “A gente não pode se culpar por amar”, responde Luz.

“Mas eu me culpo. Todo dia”. “Não devia. O amor é um sentimento lindo que, às vezes, tem consequências que a gente não espera”, fala a neta de Sóstenes. “Eu não esperava nunca mais te encontrar…” “Mas encontrou. E isso que importa agora”. “Será que algum dia você vai me aceitar… como sua mãe de verdade? Claro, a gente tem que fazer esses testes aí de maternidade e tudo mais, mas…”, garante a ‘mãe’ de Adamastor.

“Se tudo que me falou é verdade, eu não tenho razão pra acreditar que não é… esse dia é hoje. Não precisa de teste nenhum”, fala a ruivinha. “Você está falando sério?”, quer saber Ondina. “Sabe o que eu sinto agora, olhando pra você? Que fui órfã durante vinte e dois anos, mas acabei de ganhar minha mãe de volta!”, responderá Luz. “Minha filha… Minha filha querida…”, concluirá Ondina, emocionada.

Siga o Resumo das Novelas On nas redes sociais:

@resumodasnovelason

@resumodasnovelas.online

@resumonovelason

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *