Marcos surta ao lembrar de Ralf no tribunal e confessa que matou o rival: “Ele acabou de colocar a corda no pescoço”

Léia, Ralf e Marcos em O Rei do Gado. (Foto: reprodução)

Em O Rei do Gado, terá início o julgamento de Marcos (Fabio Assunção) pela morte de Ralf (Oscar Magrini) em um dos momentos mais tensos da trama. E apesar de aparecer bastante apreensivo em relação ao seu futuro, principalmente pela gravidez de Liliana (Mariana Lima), o playboy não foge das suas responsabilidades e admite que foi o responsável pela morte do rival.

E durante o depoimento de Léia (Silvia Pfeifer), Marcos acabará surtando ao lembrar de Ralf e tudo o que ele fez de mal para a mãe. Isso, no entanto, acabará piorando ainda mais a situação do rapaz, para desespero de Bruno (Antonio Fagundes).

Tudo começa quando o promotor questiona se Léia amava Ralf, e quando ela confirma isso, o oficial insiste em saber se a sua família sabia da relação. Será a partir desse momento que Marcos perderá a linha ao se intrometer nas respostas da mãe, mesmo com a advertência do juiz.

Marcos surta no tribunal e confessa que matou Ralf

“A senhora apanhava dele? E seu filho e marido sabiam disso?”, perguntará o promotor. “Não, em sempre escondi isso do meu filho e do meu marido”, responderá a perua. “A senhora temia alguma reação deles?”, insistirá o promotor. “Do meu marido”, responderá Léia. “O meu pai esteve no apartamento daquele desgraçado, encheu ele de porrada e ele nem reagiu!”, berrará Marcos, causando o maior rebuliço.

Veja também: Resumo dos capítulos da novela O Rei do Gado

“Ele não prestava! Batia na minha mãe. Eu já confessei que matei ele, eu matei ele! O que mais vocês querem?”, vai disparar o playboy. “Esse tribunal entre em recesso até amanhã”, falará o juiz. “Ele acabou de colocar a corda no pescoço”, lamentará Bruno.

Escrita por Benedito Ruy Barbosa em 209 capítulos, a trama rural é protagonizada por Antônio Fagundes, Patricia Pillar, Raul Cortez, Glória Pires, Fábio Assunção, Silvia Pfeifer, Carlos Vereza e Stênio Garcia, e com direção de Luiz Fernando Carvalho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.