Halley invade diretoria da Fontini, acusa Norton de ser espião de Flora e o agride perante os conselheiros: “Canalha”

(Foto: Reprodução)

Nos próximos capítulos de A Favorita, Donatela (Claudia Raia) tentará se esconder como pode de Flora (Patrícia Pillar), enquanto tenta provar a sua inocência e colocar a rival atrás das grades novamente. A vilã, no entanto, acabará descobrindo o seu paradeiro e obrigará a protagonista a procurar outro lugar para ficar, dessa vez fora do Brasil.

Mais tarde, Zé Bob (Carmo Dalla Vecchia) se reúne com Irene (Glória Menezes), Lara (Mariana Ximenes) e Halley (Cauã Reymond) para contar que Donatela desistiu de fugir para o exterior e que tem um plano para atrair Flora e fazê-la confessar os seus crimes. “Isso é uma loucura, Zé, você não podia deixar a Donatela voltar para o rancho”, dirá Lara.

Zé Bob, no entanto, conta que Silveirinha (Ary Fontoura) está no local e que parece estar do lado deles. “Será? Não podemos esquecer que temos um traidor entre nós. Alguém contou para a Flora onde a Donatela estava escondida”, dirá a loira. Halley lembra que Silveirinha não sabia onde Donatela estava: “Essa informação vazou daqui de dentro”. Irene chega a levantar a teoria de que Flora pode ter colocado escutas nos telefones, mas o mocinho não acredita nessa possibilidade. “Quem além de nós sabia que a Donatela estava escondida lá no sítio do Augusto César?”, questionará ele.

Lara diz que apenas ela e a avó estavam no apartamento, mas Irene acabará tendo uma lembrança do dia que a informação foi vazada: “Não, peraí… O Norton (Alexandre Schumacher). Ele estava aqui quando o telefone tocou”. Lara concorda e afirma que o rapaz, que era o braço direito de Gonçalo (Mauro Mendonça) no grupo Fontini, deve realmente ter ouvido a conversa delas.

Halley confronta Norton na frente dos outros conselheiros da Fontini

Furioso, Halley vai até a Fontini e confronta Norton diante dos conselheiros da empresa, durante uma reunião. “Que mentira você tá contando aos conselheiros da empresa, Norton?”, dirá o galã. O executivo se faz de desentendido, mas Halley perde a paciência e o segura pelo colarinho.

Veja também: Resumo da novela A Favorita

“Você tá entendendo muito bem, seu vagabundo, pau-mandado da Flora. Você não tem vergonha não de espionar para a mulher que arruinou essa empresa, que acabou com a família Fontini, que matou o doutor Gonçalo?”, indagará Halley, exaltado. Cínico, Norton acusa o rapaz de estar bêbado.

“Eu tô dizendo é que você é um ladrão, um canalha, um verme. Esse homem aqui que era o homem de confiança do doutor Gonçalo virou espiãozinho de uma mulher que é uma bandida, uma assassina. Quanto é que ela te pagou para você colocar em risco a segurança da dona Irene e da Lara? Quanto é que ela te pagou para espionar os Fontini, fala seu rato?”, bradará Halley. Norton ameaça processar o mocinho, que explode e dá um soco no rosto do executivo, que acaba sendo demitido.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.