Eva Wilma revela de onde surgiu bordão de A Indomada

Espirito de Altiva vaga pela cidade após morte (Foto: Reprodução)

A atriz Eva Wilma está feliz da vida com mais uma exibição da novela A Indomada, o seu grande destaque na TV nos anos 90. A trama voltará no GloboPlay e ficará disponível para assinantes.

E em uma entrevista, ela comentou de onde surgiram os bordões de Maria Altiva, a grande vilã da obra de Aguinaldo Silva: “Eu me diverti muito. Na época, tinha uma repórter recifense que me deu a dica do ‘thank you very much, viu bichinho'”.

Ela seguiu: “Foi ela que trouxe isso. Eu falei com o Aguinaldo Silva [autor da trama], e ele aprovou. O mais gratificante de tudo foi a reação do público que, aliás, não ficou com raiva da Altiva”, entrega a veterana de 87 anos.

“A gente se divertiu tanto nesse trabalho. Estou muito feliz que vai entrar no catálogo”, alegou a contratada da Globo. Ela ainda contou que uma cena em específico a marcou muito e a faz gargalhar até hoje.

Veja também – Fina Estampa: Zuleika faz barraco e tenta impedir casamento de Rafael

“Tem uma cena em que a Altiva sai de casa com chapéu, luva e uma sombrinha, mas não consegue encontrar uma hospedagem. Vai parar no banco da praça, adormece e alguém leva uma quentinha. Só que ela está tão cansada que vem um cachorro, sobe nela e come toda a comida”.

E seguiu rasgando seda à vilã: “Maria Altiva era muito divertida e irônica. Não gosto de fazer vilões mal-humorados. Acho que o vilão tem sempre uma característica que é o prazer da raiva. São personagens que têm muitos conflitos e colocam isso para fora”, conta Eva Wilma ao Notícias da TV.

Vale lembrar que além de A Indomada, a atriz está no ar na Globo, como a tia Iris de Fina Estampa, também do mesmo autor.

Siga o Resumo das Novelas On nas redes sociais:

@resumodasnovelason

@resumodasnovelas.online

@resumonovelason

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *