Em livro, Claudia Raia relata sobre briga nos bastidores com diretor e vingança

Em livro, Claudia Raia relata sobre briga nos bastidores com diretor e vingança

Claudia Raia (Foto: Reprodução)

A atriz Claudia Raia revelou em seu livro intitulado Sempre Raia Um Novo Dia um acontecimento bombástico que ocorreu em 2008, durante os bastidores da novela A Favorita, na Globo. Na obra, a ex-mulher de Edson Celulari relatou que teve uma séria discussão com o diretor Ricardo Waddington, o qual teve seus óculos de grau escondidos por ela como uma forma de vingança por parte da morena.

De acordo com informações divulgadas pelo jornal Extra, isso se deu por conta de uma discordância entre os dois “sobre a composição da personagem Donatela, a protagonista de A Favorita”. Foi em torno do capítulo 60 que “Waddington teria dito que ela deveria atuar de forma minimalista como Patricia Pillar”, a vilã do folhetim.

Veja também: Saiba quem substituirá Marina Moschen em Além da Ilusão, novela protagonizada por Larissa Manoela

“Então, é melhor você chamar outra atriz porque não foi isso que você combinou comigo. Você me pediu para fazer uma mulher rude”, declarou a global, na época, trazendo agora para sua obra. Em seguida, Claudia ainda descreveu que chorou após a briga e, com isso, teve a ideia de elaborar um plano de vingança contra o diretor: esconder seus óculos.

“Ficou três horas procurando, sem poder dirigir. Ele me pediu desculpa diante de todos, devolvi os óculos, a temperatura baixou, criamos uma ponte e acabou tudo em amor”, contou a artista, que está escalada para Além da Ilusão, onde interpretará a mãe da personagem de Larissa Manoela e ainda fará um triângulo amoroso com os personagens de Dan Stulbach e Thiago Lacerda.

Siga o Resumo das Novelas On nas redes sociais:

@resumodasnovelason

@resumodasnovelas.online

@resumonovelason

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *