Amor de Mãe: Álvaro perde ação contra escola e Vitória comemora

Amor de Mãe: Álvaro perde ação contra escola e Vitória comemora

Álvaro fará nova vítima na novela Amor de Mãe (Foto: Reprodução)
Álvaro em Amor de Mãe (Foto: Reprodução)

Em Amor de Mãe, novela das nove da TV Globo, escrita por Manuela Dias, Álvaro (Irandhir Santos) não vai pensar duas vezes para tomar uma atitude contra a ocupação ocorrida na escola em que Camila (Jéssica Ellen). O empresário quer que o local seja esvaziado imediatamente.

Para isso, Álvaro entrará em contato com Belizário (Tuca Andrada) para pedir ajuda. O capataz vai pedir auxílio de Wesley (Dan Ferreira). No entanto, o profissional será contra qualquer atitude que resulte num embate com os estudantes. “Essa ação é uma covardia! São crianças querendo estudar”, falará o guarda, revoltado com a situação.

Veja também – Camila derrota Alvaro e entra na mira do vilão após ameaça

Mesmo com Wesley retirando a farda e não aceitando as ordens, Belizário resolverá invadir o colégio com os outros policiais. “Bem feito! Quem manda não obedecer a lei?”, afirmará Álvaro, assistindo tudo diretamente de sua casa pela TV.

Porém, a situação mudará quando os policiais receberem uma ordem superior para desistir da ação. O empresário ficará furiosos e ligará para o secretário da Educação para ter uma explicação. Vitória (Taís Araújo), que estará por perto, comemorará o fim do conflito.

AINDA SOBRE AMOR DE MÃE

Camila briga com policiais em cena da novela Amor de Mãe - Foto: Divulgação
Camila briga com policiais em cena da novela Amor de Mãe – Foto: Divulgação

Nos próximos capítulos da novela Amor de Mãe, exibida no horário das 21h da Globo, Camila (Jessica Ellen) acabará apanhando da polícia durante ocupação. Tudo começou quando, para lutar para que a escola continue funcionando, a professora organizou um evento com seus alunos para continuar dando aula. Cúmplice de Álvaro (Irandhir Santos), interessado no terreno em que a escola é localizada, Belizário (Tuca Andrada) chegará no local com a polícia.

Eunice, diretora da instituição que também é aliada de Álvaro, reclamará da polícia não invadir o local. “É um absurdo! Vocês precisam abrir esse portão e botar ordem nesses alunos”, dirá ela. “Até a justiça mandar entrar, vai demorar! Mas se a senhora é a diretora e autorizar a gente arromba o cadeado e entra”, comentará o policial.

“Então, está mais que autorizado! Vamos acabar com essa baderna”, avisará ela. Belizário autorizará e a polícia entrará no local, interrompendo a aula de Camila, que não se intimidará. “Essa escola está ocupada sob a responsabilidade dos alunos e nós estamos tendo aula… O senhor pode se retirar, por favor?”, pedirá ela.

Veja também – Amor de Mãe: Thelma vende restaurante para laranja de Álvaro

Camila se recusará a acabar com a aula e será agredida por Veiga, o que será filmado pelos estudantes com seus celulares. O policial não ficará satisfeito e ainda quebrará as cadeiras do colégio, o que causará ainda mais revolta dos alunos. Não serão apenas os alunos a filmarem, já que repórteres também documentarão a ação da polícia.

Percebendo que está sendo encurralado, Veiga desistirá da ação. “Qual foi, Veiga? Recuaram por quê?”, perguntará Belizário. “Os estudantes começaram a filmar. Eles não estão com medo não”, explicará ele ao superior criminoso.

Siga o Resumo das Novelas On nas redes sociais:

@resumodasnovelason

@resumodasnovelas.online

@resumonovelason

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *