Zé Bob pega a arma de Flora com as impressões digitais dela e arranja a prova que precisa para incriminá-la: “a arma que matou Dodi”

(Foto: Reprodução)

Em A Favorita, Flora (Patrícia Pillar) começará a cavar a própria cova após provocar diversos assassinatos. Nos próximos capítulos, a megera cairá num plano de Donatela (Claudia Raia) e acabará confessando todos os seus crimes diante de uma plateia cheia de testemunhas. Ao perceber a cilada, a víbora tentará fugir pelos corredores de um teatro, mas não conseguirá.

A princípio, Flora correrá pelos fundos do teatro para não ser capturada pela polícia. Em momentos seguintes, a personagem de Patrícia Pillar verá que não tem mais saída e pulará da janela para fora. Por outro lado, a a víbora se desequilibrará e cairá no chão.

Veja também: Resumo da novela A Favorita

Logo na sequência, Halley olhará de cima e não conseguirá acreditar ao ver Flora no chão. Zé Bob (Carmo Dalla Vecchia) chegará e aproveitará para pegar a arma da megera: “Está aqui a arma que matou Dodi (Murilo Benício), mais uma prova contra ela. Eu acho melhor chamar uma ambulância, parece que ela se machucou feio”, dirá.

Veja também: Irene descobre um fundo falso no quarto de Flora, encontra uma arma suspeita e Lara faz a cabeça da avó: “É uma bandida”

A trama foi escrita por João Emanuel Carneiro (mesmo autor de Avenida Brasil), protagonizada por Claudia Raia e antagonizada por Patrícia Pillar em 197 capítulos. A produção da Globo contou ainda com Mariana Ximenes, Cauã Reymond, Murilo Benício, Carmo Dalla Vecchia, Ary Fontoura e Giulia Gam no elenco principal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.