Saiba cinco curiosidades sobre Amor sem Igual, a nova reprise da Record

Resumo Amor Sem Igual
Amor Sem Igual está de volta à telinha da Record (Foto: Divulgação)

Em uma estratégia ousada, a Record vai colocar no ar o resultado de mais uma falta de planejamento. O fim da reprise de Jesus fará com que Amor Sem Igual, a qual terminou há menos de um ano atrás, seja reapresentada no horário nobre e competindo com Pantanal.

Veja também – Assim como André Gonçalves, relembre quais atores das novelas da Record que também já foram presos

Vale lembrar que a novela global vem atingindo recordes de audiência e, no que depender de estratégia de programação, a novela não tem chances de retirar pontos da concorrência. Ainda assim, a partir do dia 17 de maio sucederá Reis às 21h45 e, em breve, a primeira temporada de Todas as Garotas em Mim.

Separamos algumas curiosidades em torno da trama da emissora dos bispos:

Mesma equipe de Topíssima

Técnicos, autores, roteiristas, diretores e todos que estavam na produção de Topíssima foram convocados para estarem presentes também nos trabalhos da sucessora da faixa, Amor Sem Igual. Então, os créditos das novelas são praticamente os mesmos, mudando apenas o elenco e alguns nomes em específico.

Veja também – Chefão da Record confronta filha do bispo e se dá mal: Confira cinco novelistas que contrariaram a poderosa e foram demitidos

Topissima 2
Protagonistas de Topíssima (Foto: Divulgação)

Doutrinação em horário nobre

Compreendendo muito bem o impacto que as novelas têm no dia a dia da cultura brasileira, o objetivo de Amor Sem Igual era explícito: doutrinar para que os telespectadores procurassem a Igreja Universal. Durante os capítulos, não era raro aparecer um QR Code que redirecionava o público para comparecer em uma unidade da congregação liderada pelo dono da Record.

Veja também – Tela Crente? Três novelas da Record que foram prejudicadas por interferências da igreja

Evangélicos reagiram contra

Como os temas tabus são colocados para debaixo do tapete, antes da novela estrear existiu uma resistência por parte de uma ala evangélica. De acordo com o jornalista Nilson Xavier, inicialmente houve um estranhamento por conta da presença de uma prostituta na novela.

Cristianne Fridman é autora da Record (Foto: Divulgação)

Imediatamente, a autora Cristianne Fridman tentou se explicar: “As prostitutas […] fazem parte do universo dos personagens. É uma história romântica. Não é um mergulho no mundo da prostituição”.

Referências à clássico do cinema

A protagonista Poderosa, interpretada pela atriz Day Mesquita, teve sua composição inspirada livremente em um clássico do cinema mundial. Uma Linda Mulher (1990), estrelado por Julia Roberts, serviu de referência para a caracterização da personagem da Record. Inclusive, Poderosa usa uma peruca semelhante a de Roberts no filme clássico.

Veja também – Haja dinheiro: confira o ranking das novelas mais caras feitas pela Record

Primeira novela gravada na pandemia

Foi com Amor Sem Igual que a Record promoveu um verdadeiro marco. A novela, assim como a teledramaturgia no geral, recebeu o impacto das restrições por conta da pandemia. Porém, enquanto a Globo sequer imaginava voltar a gravar, Amor Sem Igual retomou seus trabalhos e iniciou a exibição de capítulos inéditos.

Siga o Resumo das Novelas On nas redes sociais:

@resumodasnovelason

@resumodasnovelas.online

@resumonovelason

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *