Para autorizar remake, autor impôs condição polêmica e nunca antes vista; saiba qual!

Iris Abravanel foi vítima da condição polêmica (Foto: Divulgação)

Desconforto e constrangimento são duas palavras que resumem algo que aconteceu quando um remake estava na mira de Silvio Santos. Animado em reativar o setor de teledramaturgia, quis investir em diversos remakes.

Veja também – Sucesso de audiência: Quatro vezes que o SBT sambou na cara da concorrência com A Usurpadora

Dentre estes, estava Uma Rosa com Amor, escrita por Vicente Sesso e exibida pela Globo no início dos anos 70. A novela foi um sucesso na época em que esteve sendo transmitida para os lares brasileiros.

Tanto é que, por lembrar muito bem disto, o dono do Baú colocou este sucesso em questão ao negociar os direitos da trama. Também, entrou na mira destas negociações um remake de Minha Doce Namorada.

No entanto, achando que tinha bom relacionamento com Sesso, Silvio se chocou com uma condição inédita e nunca antes vista. O empresário não conseguiria avançar nas negociações, sem antes ouvir algumas verdades.

Veja também – Globo quer tomar novelas mexicanas do SBT: Veja quais são as candidatas mais fortes

O autor lembrou muito bem o que Iris Abravanel fez com a adaptação de Vende-se Um Véu de Noiva. A autora e esposa de Silvio Santos foi bastante criticada por transformar um título clássico em uma novela de dar sono.

Vicente Sesso queria Iris Abravanel bem longe de suas obras (Foto: Divulgação)

A opinião do público era a mesma de Vicente Sesso, que jamais queria um remake de uma obra sua feito por Iris. Então, uma matéria publicada pelo jornal O Globo em 2008 noticiava que o acordo tinha sido fechado, mas com uma cláusula polêmica.

Veja também – Cinco novelas mexicanas infantis que o SBT fez questão de estrear rapidamente no Brasil

Silvio teve que engolir o fato de que sua esposa estava proibida de chegar perto da obra de Sesso. O dramaturgo achou o trabalho dela em Vende-se Um Véu de Noiva muito ruim, portanto não queria que os remakes de Uma Rosa com Amor e Minha Doce Namorada fossem feitos por ela.

Assim, Tiago Santiago foi contratado e ficou responsável pela trama, a qual demorou mas no final acabou dando certo. Tiago estava em alta na Record quando recebeu a proposta farta e irrecusável de Silvio.

Veja também – Grande protagonista de novelas do SBT, atriz abandonou carreira e não quer mais saber do Brasil

Tiago chegou no SBT com diversas promessas do comunicador, que caíram por terra. Nada se concretizou, tampouco os investimentos em equipamentos e profissionais qualificados. Dos direitos adquiridos, apenas Uma Rosa com Amor saiu do papel.

Siga o Resumo das Novelas On nas redes sociais:

@resumodasnovelason

@resumodasnovelas.online

@resumonovelason

Um comentário em “Para autorizar remake, autor impôs condição polêmica e nunca antes vista; saiba qual!

  • 11/06/2022 - 00:20 em 00:20
    Permalink

    Nessa fase de Poliana que os personagens vão tendo construídas as suas “histórias” mesmo assim ainda se fica para entender como o Ator Galã que interpreta o Marcelo, renovou com o SBT para ser “lanterninha” já o ator que interpreta o Roger está mais protagonista do que a atriz Sofia! Nem para médico como na versão original de Poliana, o Ator Galã teve seu personagem na referida profissão, nessa fase atual da novela! Daí o autor ceder os direitos sobre sua obra, com adaptações bem “diferentes” não faz sentido!

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.