Novo Mundo: Domitila anuncia gravidez e arma para Leopoldina saber disso

Novo Mundo: Domitila anuncia gravidez e arma para Leopoldina saber disso

Em breve em Novo Mundo, Leopoldina (Leticia Colin) será traída por seu mordomo Patrício (André Dias), que faz questão de ficar ao lado de Domitila (Agatha Moreira) na briga pelo amor do príncipe.

A amante favorita de Pedro (Caio Castro) manda chamar Patrício e ele vem correndo. “Eu vim o mais rápido que pude, senhora. Um chamado seu é mais que uma honra. Eu não vim antes porque, bem, o palácio anda bastante agitado”, bajula o empregado real.

A morena começa a deixar as coisas claras: “Eu tenho uma boa notícia e um pedido para lhe fazer”, diz a amante ao seu mais novo aliado na novela da Globo, segundo o Notícias da TV. “A notícia é que estou grávida. Estou esperando um filho de Pedro”.

Veja também – Totalmente Demais: Arthur se revolta ao flagrar Germano na casa de Carolina

“Minha senhora, quanta emoção, meus parabéns”, vibra o puxa-saco, que acha que agora Pedro vai escolher de vez ficar ao lado de Domitila e esquecer de Leopoldina. “E o favor que lhe peço é que faça essa notícia chegar aos ouvidos de Leopoldina o quanto antes”, acrescenta a vilã.

DECLARAÇÃO DE AMOR EM NOVO MUNDO:

O marido de Narcisa diz . “Eu não gosto de vê-la assim. Uma mulher como a senhora não merece sofrer dessa maneira. Vossa alteza tem uma força, uma luz que brilha onde quer que passa. O povo a ama, a admira. Jamais se compare a essa mulher”, incentivará ele.

“Ah, Bonifácio, o que seria de mim sem as suas doces palavras?”, agradece Leopoldina. “Eu moveria o mundo para vê-la feliz. Eu a amo, senhora. Admiro a princesa, mas amo a mulher desde o momento em que nos conhecemos. Cada instante me mostrava o privilégio que é conviver com você. Eu te amo tanto. Deixe-me fazê-la feliz, Leopoldina”, pede ele, e tenta beijar a esposa de Pedro.

Ela se assusta e responde. “Não posso, me desculpe. Amo Pedro, mas mesmo que eu não o amasse, não poderia ser diferente. Eu fui preterida pelo meu marido, humilhada por sua amante. Seria muito fácil me deixar levar por suas belas palavras e aceitar o seu amor, mesmo que por um breve instante, mas eu não posso”.

Leopoldina pede para ser chamada por seu título real e corta qualquer intimidade com o amigo. “Meu casamento pode ter sido um acordo entre dois países, mas eu fui criada assim. Se eu fizesse algo diferente, iria contra tudo que eu sou”, diz ela.

Envergonhado, Bonifácio se retrata. “Por favor, não fique constrangido por seus sentimentos. Eles acariciam a minha alma. É muito bom saber que eu sou amada por alguém por quem tenho tanta identificação e admiro da mesma maneira, mas não podemos ficar juntos”.

Siga o Resumo das Novelas On nas redes sociais:

@resumodasnovelason

@resumodasnovelas.online

@resumonovelason

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *