Morre Batoré: novela da Globo foi o ultimato para intriga do ator com Carlos Alberto de Nóbrega

Batoré durante evento de Velho Chico (Foto: Divulgação)

O ator e humorista Ivanildo Gomes Nogueira, mais conhecido pelo pseudônimo de Batoré, morreu aos 61 anos nesta segunda-feira, 10 de janeiro. A informação foi confirmada pelo hospital público, aonde ele estava internado em São Paulo para se tratar de um câncer.

Veja também – Conheça o caso do ator famoso que perdeu tudo e virou morador de rua após sofrer injustiça

“A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), lamenta informar que o paciente Ivanildo Gomes Nogueira (Batoré) faleceu nesta segunda-feira (10), na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Pirituba. Os devidos esclarecimentos médicos foram repassados à família”, disse a nota.

Natural de Serra Talhada, interior de Pernambuco, Batoré se destacou principalmente por conta de seu personagem cheio de bordões no humorístico A Praça é Nossa, que por muitas décadas é exibido sempre nas noites de quinta-feira no SBT.

Foto de Batoré no início de sua carreira dividindo palco com Carlos Alberto (Foto: Divulgação)

Sob comando de Carlos Alberto de Nóbrega, o programa normalmente passa por reformulações no elenco e, dentre uma destas, teria se iniciado uma das brigas mais conhecidas do meio artístico. Batoré afirmou diversas vezes ter mágoa da dispensa que recebeu em 2003.

Veja também – Ela chegou ao fundo do poço: Saiba o rumo surpreendente que a vida da atriz Giulia Gam tomou hoje em dia

Durante o programa Luciana By Night em 2018, ele explicou como Carlos Alberto teria sido o responsável por iniciar a intriga: “Foi ele que colocou meu nome na lista. Quando fui falar com ele, ele só abaixou a cabeça. Não discuti nem nada, até porque tenho um respeito muito grande por ele, faz parte da minha história, mas ficamos 13 anos sem nos falar porque achei covardia”.

Batoré durante participação no Luciana By Night (Foto: Divulgação)

Esta intriga de 13 anos se encerrou por conta de Velho Chico (2017). Batoré foi convidado para viver o delegado Queiroz na novela das nove e, arrependido com todo o desenrolar da história, Carlos Alberto tentou ensaiar uma reaproximação através de um amigo em comum: o também humorista Zé Américo.

Veja também – Censurada, novela das oito perdeu até pra Manchete e Globo determinou que ela jamais fosse reprisada

A tentativa deu certo e eles, inicialmente, tiveram uma longa conversa por telefone. Depois, se reencontraram presencialmente ao vivo no Domingo Legal e daí por diante, todas as desavenças foram deixadas de lado para darem lugar a uma nova fase da amizade entre os dois.

Reencontro de Batoré e Carlos Alberto de Nóbrega (Foto: Reprodução/SBT)

Em 2019, Batoré retornou para A Praça é Nossa e, mesmo sem obter o sucesso de outrora, não escondia a felicidade de estar novamente ao lado daquele que tinha uma grande admiração.

Veja também – Os quatro casos mais chocantes de atores desaparecidos que pararam o Brasil

“Tudo começou aqui, na ‘Praça’. Foi aqui que eu fui figurante, e foi através desse cara que eu tive o primeiro carro, casei, eu sou muito feliz, e aprendi muita coisa com você. E você não é pai só dos seus filhos, você é pai [de todos os humoristas da ‘Praça’] (…) Independentemente de tudo, eu te amo”, disse Batoré a Carlos Alberto de Nóbrega, encerrando a briga que durou quase 15 anos.

Siga o Resumo das Novelas On nas redes sociais:

@resumodasnovelason

@resumodasnovelas.online

@resumonovelason

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *