Mentira abalou bastidores de novela das nove e fez ator ir parar na Justiça

Sérgio Guizé e Paolla Oliveira contracenavam em A Dona do Pedaço (Foto: Divulgação)

Tem um cálculo que não é necessário ser especialista em TV para que se entenda. Quanto maior a audiência de uma novela, maior a quantidade de fofocas em torno dela. Agora, se este folhetim estiver indo mal das pernas, talvez essas fofocas influenciem negativamente.

Veja também – Ex-atriz da Globo desafiou Deus e virou capa de jornal após suposto castigo divino

Muitas vezes, estes factoides são endossados por apresentadores de TV que ocupam espaços privilegiados e nobres, com grande alcance de público, apenas para reforçar essas mentiras.

Independente de ser Dia da Mentira ou não, tem gente que lucra com isso o ano inteiro. Mas, o ator Sérgio Guizé tomou uma iniciativa para encerrar de uma vez por todas uma história que perdurou em torno dos bastidores de uma novela das nove em que ele trabalhava e que quase abalou seu casamento.

A boataria estava tão grande que o irritou e, procurando os seus direitos, Guizé fez o possível para que não voltassem a repetir o que ele passou. Na época de A Dona do Pedaço, o ator interpretava o Chiclete, personagem que fazia par romântico com Vivi (Paolla Oliveira).

Veja também – Revelação de 2009, atriz passou a peitar chefões na Globo e teve resposta inesperada; saiba qual!

Ao serem flagrados sozinhos por um paparazzo na saída de um restaurante, muitos noticiaram uma aproximação extraconjugal entre Paolla e Sérgio Guizé. Esposo de Bianca Bin, ele a conheceu nos bastidores de uma novela e se sentiu incomodado com as insinuações.

Bin respondeu a um seguidor que, preocupado, tentou alertá-la sobre a aproximação entre os atores: “Não tive o prazer ainda de conhecê-la, mas sei que está dando um show na pele da Vivi. E se quer saber, estou shippando Viclete”.

Veja também – Morte de ex-galã global encontrado em decomposição tem mistério revelado

Porém, Guizé procurou auxílio jurídico para que as notícias parassem de incomodá-lo: “Fico indignado de ganharem dinheiro com a minha imagem. Processei algumas pessoas, só para elas não enganarem o próprio público”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.