Mau cheiro: Atriz detona José de Abreu e revela hálito insuportável do ator

José de Abreu (Foto: Reprodução)

Uma polêmica meio constrangedora tem voltado à tona após algum tempo. Uma ex-global investiu na carreira de digital influencer depois da demissão da emissora e fez em sua conta oficial diversas entrevistas ao vivo, as famosas lives.

Veja também – Bonzinhos demais? Veja quais novelas em que (curiosamente) não existiam vilões

Em declaração dada há algum tempo atrás, a atriz Maria Zilda resolveu colocar a boca no trombone e contou toda a verdade sobre o que se passava ao lado de José de Abreu nos bastidores de um clássico da dramaturgia.

Eles estiveram juntos durante Bebê a Bordo, exibida em 1988 e na qual os dois contracenavam bastante, principalmente com beijos e momentos quentes. Só que, para conseguir suportá-lo, ela teve de lidar com um problema bucal do ator.

Maria Zilda e José de Abreu em Bebê a Bordo (Foto: Divulgação)

Segundo Zilda, José de Abreu tinha um mau hálito. “Eu tinha uma paixão na trama. E nas cenas só apareciam os pés do personagem porque era tudo fruto da minha imaginação. Até que decidiram quem seria o ator [para interpretar]. Foi decidido que seria o José de Abreu. Ele estava numa fase muito doida. Bebia demais”, revelou.

Veja também – Os quatro casos mais chocantes de atores desaparecidos que pararam o Brasil

“E ele estava tão compulsivo que tinha umas cenas que a gente ficava amarrado numa árvore, um de costas para o outro. Você sabe que ele obrigava o contrarregra a dar a cachaça na boca?”, continuou a atriz, dando a entender que ele tinha alguma questão com o alcoolismo.

Maria Zilda e José de Abreu hoje em dia (Foto: Divulgação)

Como se não bastasse, Maria Zilda foi mais além e detalhou como aconteciam os momentos de beijos. “Então, cara, quando era cena de beijo […] A pergunta foi: você já beijou alguém com bafo? Já!”, disse ela, respondendo a si própria.

Veja também – Saiba seis atores das novelas que foram forçados a saírem do armário e se assumirem gays

José de Abreu esteve sendo exposto pela ex-colega de trabalho, que além de acusá-lo de alcoolismo, também disse que ele era fumante: “Ele suado e já tinha o cheiro do suor, mais o do cigarro, mais o da bebida. Era uma coisa insuportável. O Zé era um bicho”.

Siga o Resumo das Novelas On nas redes sociais:

@resumodasnovelason

@resumodasnovelas.online

@resumonovelason

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.