Léia pede o divórcio a Bruno Mezenga e descobre que ele não lhe dará sua parte da fortuna: “nós vamos ver na justiça”

(Foto: Reprodução)

Em O Rei do Gado, a relação entre Léia (Silvia Pfeiffer) e Bruno Mezenga (Antonio Fagundes) ficará de mal a pior. Nos próximos capítulos, a dondoca pedirá o divórcio ao marido e jogará na cara dele várias verdades. Ela também pedirá parte dos bens que terá na separação, mas o rei do gado não aceitará.

Veja também: Bruno descobre atitude às escondidas da mulher e dos dois filhos e toma decisão radical: “Deserdo os três”

A princípio, Léia chegará dando a notícia de cara: “quero me divorciar de você“. Por outro lado, Bruno estranhará a atitude da esposa. “Eu quero a nossa separação porque eu não tenho marido. Você passa a maior parte do tempo viajando, cuidando de seus bois e quando volta para casa é sempre isso. Discussão com seus filhos e brigas comigo”, prosseguirá a personagem de Silvia Pfeiffer.

Veja também: Resumo da novela O Rei do Gado

Bruno, entretanto, dirá que os “bois pagam a maioria das maluquices” de sua família. “Mas são bois e nós somos gente. Ou será que você não se dá conta disso?”, devolverá Léia. O fazendeiro tentará adiar o assunto, mas a mulher não aceitará: “Eu quero conversar com você agora. Antes que você viaje de novo”, insistirá.

“Vamos conversar. O que você quer? Quanto é que vai me custar esse divórcio?”, indagará o rei do gado. “Eu quero a metade de tudo o que temos. Metade dos bois. Das terras. De tudo. É meu direito. Eu to por dentro da lei. Nós nos casamos em regime de comunhão de bens”, argumentará ela. Surpreso, o personagem de Antonio Fagundes falará que ela não levará nenhum boi dele. “Isso nós vamos ver na justiça”, rebaterá a loira.

Escrita por Benedito Ruy Barbosa em 209 capítulos, a trama é protagonizada por Antônio Fagundes, Patricia Pillar, Raul Cortez, Glória Pires, Fábio Assunção, Silvia Pfeifer, Carlos Vereza e Stênio Garcia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.