Irene descobre a verdade sobre Flora e passa mal ao bater de frente com a vilã: “Não adianta mais mentir”

Cena de A Favorita. (Foto: Reprodução)

Na reta final de A Favorita, após cometer uma série de crimes brutais e enganar muita gente, a máscara de Flora (Patrícia Pillar) finalmente vai cair, até mesmo para Irene (Glória Menezes), que resistiu até o fim em acreditar que a loira fosse capaz de cometer tantas maldades.

Para isso, no entanto, ela precisou comprovar tudo e tirar suas dúvidas pessoalmente. A idosa irá invadir o apartamento de Flora atrás de provas que possam incriminá-la, quando a loira aparece de surpresa e a obriga a se esconder no banheiro. Mas é nesse exato momento que ela ouve a megera falar sobre seus crimes.

Flora chegará no apartamento junto com Silveirinha (Ary Fontoura), e mesmo em tom de deboche, deixará escapar as suas falcatruas durante a conversa. “E se o Dodi (Murilo Benício) quiser aprontar com você, heim? Quiser mandar esse DVD para a polícia pelo correio… esse DVD que mostra você matando Salvatore?”, questionará o mordomo.

No banheiro, Irene ficará devastada ao ouvir a conversa, enquanto na sala, Flora endossa a confissão: “Ele também está no vídeo, também é cúmplice”. Na sequência, a vilã fala da própria Irene, contando que recebeu a sua visita mais cedo. “Não dá para acreditar que essa velha tapada. Ela me adora, Silveirinha. Dá para entender uma coisa dessa?”, debochará.

Irene confronta Flora após descobrir toda a verdade

Arrasada após descobrir a verdade sobre Flora, Irene terá coragem de confrontar a vilã pela primeira vez. Isso porque a megera ainda terá a cara de pau de ir até a missa de sétimo dia de Gonçalo (Mauro Mendonça) mesmo após assassiná-lo.

“Como é que você se atreve? Como é que você teve coragem de vim a missa do homem que você matou!”, dirá Irene. Flora, no entanto, se fará de desentendida, mas não intimidará a senhora: “Não adianta mais mentir, Flora! Já sei quem você é. Assassina! Sai da minha frente”.

Irene vai insistir e acabará contando a vilã como descobriu toda a sua farsa: “Eu ouvi você conversando com o Silveirinha, confessando que matou o meu filho e o meu marido”. Sem saída, Flora decide tirar a sua “máscara”. “A senhora é muito burra, dona Irene. Se acha muito inteligente só porque teve cultura, porque estudou no exterior. Mas no fundo, não passa de uma toupeira”, falará a megera, fazendo a idosa passar mal.

Veja também: resumo dos próximos capítulos de A Favorita

“Já vai morrer, dona Irene? Não, fica um pouco mais. Eu faço questão que a senhora assista aos próximos passos dessa história”, continuará ela. Furiosa, a professora chegará a cuspir no rosto de Flora. “Você vai arder no fogo do inferno, sua maldita!”, disparará.

Ao ver toda a confusão, Lara (Mariana Ximenes) chegará para defender a avó e expulsará Flora da igreja. “Vai embora daqui ou eu vou acabar com a tua raça!”, ameaçará. “Tudo bem, eu já estou indo embora mesmo! Até qualquer dia”, responderá a víbora, que finalmente deixará o local.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.