Inconformado com pedido de demissão, executivo detonou atriz: “Antiprofissional e desequilibrada”

Dennis Carvalho não gostou nada do que Ana Paula Arósio fez (Foto: Divulgação)

Imagina você dirigir uma novela das nove, com o peso e a responsabilidade envolvida numa produção que tem uma grande relevância, e descobrir que a protagonista simplesmente decidiu que não queria mais continuar no papel.

Veja também – Para dar lição em elenco, autor de novela das nove chocou com vingança armada contra atores

Porém, ela decide fazer isto da noite para o dia, sem uma negociação prévia ou qualquer indício de que deixaria o cargo. Foi exatamente o que aconteceu em 2011, quando Ana Paula Arósio decidiu que não queria mais continuar com a carreira.

Largando tudo de maneira inesperada, a atriz pediu demissão da Globo na mesma semana em que foi chamada atenção ao faltar em gravações. No dia 13 de outubro de 2010, toda a equipe de Insensato Coração estava reunida para as cenas externas que aconteceriam em Florianópolis.

Eles são surpreendidos pela falta de Arósio, que não explicou o motivo da decisão. Então, os chefões a procuraram e iniciou-se um impasse que culminou na exclusão da atriz no elenco. Pressionada, Arósio depois se pronunciou informando que os problemas na novela se deram devido “uma resolução pessoal de ordem particular” e que “não se manifestaria a respeito”.

Veja também – Ex-global famoso, ator de Páginas da Vida tirou a própria vida após fim da novela

A decisão de saída definitiva dela do elenco aconteceu em 20 de outubro, porém ficou uma guerra de braço com relação ao contrato em vigor. No dia 12 de janeiro de 2011, a TV Globo emite uma nota afirmando que haviam se encerrado as negociações.

A emissora carioca afirmou por meio de nota que o acordo de saída de Ana Paula Arósio começou em 20 de dezembro e que “aceitou o pedido e, cumpridas as formalidades legais, considera encerrado o contrato”.

Às pressas, Paolla Oliveira foi convocada para ficar na vaga. Na época, o diretor Dennis Carvalho, um dos responsáveis por Insensato Coração, detalhou qual foi a reação da equipe com o sumiço repentino de Arósio.

Paolla Oliveira substituiu Ana Paula Arósio em Insensato Coração (Foto: Divulgação)

“[…] foi tumultuado, terrível, uma surpresa. Todo mundo lá esperando e, de repente, ela liga e diz ‘não vou’. Foi a atitude mais antiprofissional que vi na minha vida”, afirmou o diretor para o jornal Zero Hora. Ele acredita que a maior dor de cabeça se deu devido os nomes que estavam cotados para ficar no lugar de Arósio.

“O difícil foi encontrar uma substituta, porque não havia atriz disponível. Tudo isso foi uma tensão muito grande, e eu lá em Florianópolis, resolvendo tudo pelo telefone”, afirmou. No final da entrevista, ele fez questão de deixar uma alfinetada.

Veja também – Curtindo a velhice: Veja cinco grandes atores das novelas que hoje vivem em asilo

“Estou adorando trabalhar com ela [Paolla], que é um amor e tem um ótimo caráter”, disse Carvalho. Em 2013 durante declaração para a revista Veja Rio, ele voltou a tocar no assunto e deixou clara a mágoa que tem com o ocorrido, chamando-a de “desequilibrada”.

Hoje em dia, Ana Paula Arósio tem 47 anos, segue longe dos holofotes e mora em um lugar recluso, se dedicando ao cuidado de cavalos numa fazenda na região de Santa Rita do Passa Quatro, cidade do interior de São Paulo.

Siga o Resumo das Novelas On nas redes sociais:

@resumodasnovelason

@resumodasnovelas.online

@resumonovelason

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.