Globo reprova Um Lugar Ao Sol, que será encurtada: saiba quais foram as menores novelas das nove

Cauã Reymond protagonizará Um Lugar ao Sol (Foto: Reprodução)

A Globo está literalmente “pisando em ovos” depois dos últimos números de audiência de suas novelas das nove. Tanto é que, após a pandemia, resolveu decretar que todas as novelas só estreiem caso estejam com suas gravações completamente finalizadas.

É o caso de Nos Tempos do Imperador, no ar atualmente na faixa das seis, e será igualmente com Um Lugar ao Sol. Porém, os chefões resolveram conferir o resultado da nova novela das nove e parece que não gostaram muito do que viram. Por isto, dos 155 capítulos previstos, Um Lugar ao Sol terá apenas 107.

É uma drástica mudança, se compararmos com todo o histórico de novelas das nove. Segundo o colunista Gabriel Vaquer, a Globo acha que a trama de Lícia Manzo será um fracasso. Por isto, resolveu passar a faca nas cenas, como forma de dar maior agilidade aos enredos e, assim, evitar um prejuízo. São quase dois anos de índices estagnados e, enquanto isto, a Globo vendo a Record subir diariamente em audiência.

Diante desta mudança de rumos, saiba quais foram as menores novelas globais das nove:

A Sombra de Rebecca

Em quinto lugar, A Sombra de Rebecca teve 90 capítulos. Foi um clássico de Glória Magadan e sua exibição ocorreu entre fevereiro até junho de 1967, ainda na época das novelas em preto e branco. Era um período em que os folhetins normalmente tinham poucos capítulos.

Selva de Pedra

Originalmente com 152 capítulos e exibida em 1972, a reprise de Selva de Pedra no ano de 1975 foi a quarta menor novela das nove. Isto porque, a Globo resolveu reapresentar esta trama com 77 capítulos devido a proibição à Pecado Capital, que estrearia naquela ocasião e foi censurada pelos ditadores, forçando a emissora carioca recorrer a uma reprise.

Selva de Pedra (Foto: Reprodução)

O Ébrio

Uma das primeiras novelas da Globo, O Ébrio teve apenas 75 capítulos. Além de ser exibida em preto e branco, a novela foi a primeira a ter transmissão diária, em uma época onde normalmente a dramaturgia era feita ao vivo e sem cortes.

O Fim do Mundo

Com as gravações de O Rei do Gado atrasadas e a Globo precisando de encurtar Explode Coração por conta de um cláusula contratual com Glória Perez, em 1996 foi tomada uma decisão inusitada. Os globais decidiram reeditar uma minissérie para transformá-la em mininovela. Com apenas 35 capítulos, O Fim do Mundo foi apresentada enquanto O Rei do Gado ainda não ficava pronta.

O Fim do Mundo foi ao ar para tapar o buraco entre Explode Coração e O Rei do Gado (Foto: Divulgação)

O Casarão

No ano de 1983, a Globo exibia Sol de Verão na faixa das nove e foi surpreendida com a quantidade de imprevistos na novela. O ator Jardel Filho, que era protagonista da trama e também um grande amigo do autor, Manoel Carlos, morreu e a decisão foi antecipar o fim da produção. Manoel Carlos simplesmente abandonou a escrita dos capítulos, o que também influenciou no encerramento precoce da novela. Com isto, O Casarão foi colocada às pressas no ar e ocupou o horário com míseros 18 capítulos.

Siga o Resumo das Novelas On nas redes sociais:

@resumodasnovelason

@resumodasnovelas.online

@resumonovelason

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *