Fato ou teoria da conspiração? Veja cinco novelas globais com supostas mensagens subliminares

Momento em que o casal hétero se transforma em casal gay na abertura de Amor à Vida (Foto: Reprodução/Globo)

Há alguns mitos com relação a mensagens subliminares porque o significado da nomenclatura dá a entender várias coisas. Inclusive, os mais conservadores costumam atribuir a expressão para o sentido de algo para causar mal aos telespectadores.

Veja também – Ex-atriz da Globo desafiou Deus e virou capa de jornal após suposto castigo divino

Entretanto, não é bem assim que funciona. As mensagens subliminares são formas implícitas de comunicar algo, presente desde a abertura até mesmo em cenas que tentam mostrar algo para o público, mas nas entrelinhas.

Separamos a seguir alguns destes casos mais conhecidos de mensagens subliminares nas novelas. Veja:

Amor à Vida

Com um protagonista gay e vilão ao mesmo tempo, Amor à Vida não foi marcado apenas por isto. Sua abertura precisou de ser alterada após os tradicionalistas tomarem conta das redes sociais expondo o fato de que a novela mostrava na abertura um casal hétero que se transformava gay. De fato, isto ocorria na abertura através de desenhos, que mostravam isto de maneira discreta.

Veja também – Revelação de 2009, atriz passou a peitar chefões na Globo e teve resposta inesperada; saiba qual!

Segundo Sol

Outro título cheio de polêmicas no seu entorno, Segundo Sol também foi marcado por mensagens subliminares referentes a religiões afrodescendentes e a política. Numa cena bastante criticada nas redes sociais, a novela fez um enquadramento de câmera em que a personagem aparecia na frente de uma pixação.

Trecho da cena em que Segundo Sol enquadra a pixação com “Fora Temer” (Foto: Reprodução/Globo)

No picho, havia escrito “Fora Temer”, fazendo referência ao presidente da época, Michel Temer. Como não havia qualquer intenção para o enquadramento, logo percebeu-se que a produção da novela provavelmente quis demonstrar seu posicionamento político.

Terra Nostra

Esse caso já rendeu tanto mal-estar, mas também tratou-se de uma acusação de mensagem subliminar feita inclusive por um jornal de renome no país. Uma matéria do jornal Folha de S. Paulo apontou que Benedito Ruy Barbosa estaria dando a entender que os imigrantes italianos eram superiores aos negros através de falas dos personagens. O autor negou todas as acusações, solicitando que as pessoas separassem as opiniões do autor com as opiniões de uma figura da ficção.

Veja também – Morte de ex-galã global encontrado em decomposição tem mistério revelado

Geração Brasil

Acusada de fazer apologia a um grupo político, Geração Brasil também teria dado essa demonstração por meio de seu logotipo. Os grupos de esquerda da época diziam que a novela fazia uma demonstração de que a direita era o futuro, já que esta era a temática do folhetim.

Logo da novela Geração Brasil dava entender o apoio político da Globo à direita (Foto: Divulgação)

Esta demonstração acontecia supostamente através dos internetês presentes na tipografia utilizada para escrever “Geração Brasil”. O título era estilizado para G3R4Ç4O BR4S1L e a forma com que os caracteres eram distribuídos davam a entender os números dos partidos em alta na época: 40, do PSB e 45, do PSDB.

Veja também – Saiba qual novela da Globo foi proibida na China, sob pena de corromper os valores do país

Haja Coração

Semelhante a situação ocorrida com Amor à Vida, este caso também é de uma suposta mensagem subliminar numa abertura de novela. A acusação é de que, nos elementos da abertura de Haja Coração, aparecia uma forma alusiva a suástica, símbolo nazista. Porém, a referência é feita rapidamente, em meio a riqueza de cores e figuras presentes no clipe.

Momento em que aparece algo semelhante a uma suástica na abertura de Haja Coração (Foto: Divulgação)

Siga o Resumo das Novelas On nas redes sociais:

@resumodasnovelason

@resumodasnovelas.online

@resumonovelason

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *