Faltou criatividade? Confira cinco remakes feitos a partir de outros remakes

Éramos Seis, Coração Indomável e Bela, A Feia são alguns exemplos (Foto: Divulgação)

Conforme você acompanhou aqui no Resumo das Novelas On, o remake de Pantanal deve abrir um caminho sem volta na TV brasileira. Sempre em momentos de crise de audiência, as emissoras costumam apelar para títulos tradicionais.

Veja também – Para autorizar remake, autor impôs condição polêmica e nunca antes vista; saiba qual!

São maneiras mais práticas e rápidas para utilizar formas que já deram certo em outrora e que, certamente, dão certo quando são relançados com novas roupagens. Porém, com essa onda de remakes, vale lembrar que tem alguns casos bastante exagerados.

São remakes feitos a partir de outros remakes e você provavelmente não tinha percebido. Em alguns casos, chegam a existir inúmeras versões destes “remakes de remakes” ou re-remakes. Veja:

Éramos Seis

Baseada em romance homônimo de Maria José Dupré, Éramos Seis foi exibida em 2019 pela Globo e é um título bastante conhecido. Isto porque, já ganhou inúmeras versões e entrou na lista dos “remakes de remakes”. A adaptação global foi a quinta versão, tendo sido a primeira feita pela Record em 1958.

Veja também – Pantanal deve começar “era de remakes”: Confira cinco novelas que a Globo pode refazer

Lola e Afonso em cena da novela Éramos Seis - Foto: Divulgação
Cena de Éramos Seis, exibida pela Globo (Foto: Divulgação)

Coração Indomável

Baseada em um clássico de Inés Rodena, Coração Indomável foi derivada de uma novela bastante conhecida: Marimar. Por sua vez, a trama estrelada por Thalía já se tratava de um remake de novela venezuelana intitulada La Indomable.

Veja também – Confira cinco novelas globais que são remakes e você provavelmente não sabia

Daniel Arenas e Ana Brenda Contreras protagonizaram Coração Indomável (Foto: Reprodução)

A Usurpadora

Exibida pelo SBT recentemente e responsável por uma forte rejeição, A Usurpadora foi um remake da novela homônima clássica e querida por todos, protagonizada pela atriz Gaby Spanic. Porém, A Usurpadora que conhecemos já era um remake de uma novela dos anos 80 chamada El hogar que yo robé. E esta última, por sua vez, foi um remake do dramalhão venezuelano La Usurpadora, exibido originalmente em 1971.

Veja também – Revoltada com desorganização, autora deixou novela pelo meio e virou nome proibido na Globo

Paola e Paulina no remake recente de A Usurpadora (Foto: Reprodução)

Rebelde

Adaptada no Brasil pela Record em 2011, Rebelde tem inúmeras versões. A novela também é um remake feito a partir de outro remake, porque foi baseada na Rebelde produzida pela Televisa. Mas, a Rebelde mexicana já era um remake de uma novela argentina, intitulada Rebelde Way.

Veja também – Após quase 20 anos, saiba como está hoje a catadora de lixo descoberta em Da Cor do Pecado

Rebelde Brasil foi um remake de Rebelde México, a qual já era um remake (Foto: Reprodução)

Bela, A Feia

Fruto da parceria da Record com a Televisa, Bela, A Feia foi uma novela brasileira que era um remake da mexicana A Feia Mais Bela, exibida no Brasil pelo SBT. Porém, A Feia Mais Bela era um remake de outra novela, a qual também teve exibição em nosso país pela RedeTV!: Betty, A Feia.

Veja também – Injustiçadas: Confira cinco novelas boas que não agradaram e foram um fiasco de audiência

Bela, a Feia na Record (Foto: Reprodução)

Siga o Resumo das Novelas On nas redes sociais:

@resumodasnovelason

@resumodasnovelas.online

@resumonovelason

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.