Ex-global que fez sucesso nos anos 80 teve carreira destruída após cometer roubo

Roubo acabou mudando a vida da atriz da noite para o dia (Foto: Divulgação)

Não é possível saber quando, mas existem dias em nossas vidas que são definitivos e podem nos transformar completamente. Foi o que aconteceu quando uma atriz deixou de lado sua carreira consagrada para cometer um ato que ninguém esperava.

Veja também – Fiasco total: Saiba qual novela precisou de pedido de desculpas ao público por ser tão ruim

Afinal, estamos falando de um nome que começou a trilhar sua carreira quando tinha apenas 12 anos. Nascida nos Estados Unidos, ela chegou jovem ao Brasil e compartilhava com seus pais um desejo que não escondia de ninguém.

O sonho de ser atriz a motivava intensamente e foi neste sentido que este desejo começou a ser trilhado aos poucos, quando começou a cursar Artes Cênicas. As portas começam a se abrir quando acontece a mudança dela de Brasília para o Rio de Janeiro, aos 14 anos.

Então, chega a oportunidade de estrear na Globo no elenco da primeira versão de Sítio do Picapau Amarelo (1970). Cerca de 10 anos depois e mais adulta, madura e segura de si, surge um convite para estrear na primeira novela.

Veja também – Cinco novelas brasileiras que ganharam remake mexicano

Estamos falando de Desirée Maria Vignolli Hoagland, a Leninha de Jogo da Vida (1981). Também, em seu currículo houveram outros trabalhos relevantes. Podemos destacar o caso de Que Rei Sou Eu? (1989), o papel mais conhecido feito pela atriz.

No entanto, após o fim da participação em O Mapa da Mina (1993), os convites começaram a ficar escassos. Nem mesmo o fato de ser casada com o ator Luis Gustavo lhe ajudou a ter contatos em meados da Globo que pudessem abrir as portas.

Ator Luis Gustavo durante participação no Vídeo Show, da Globo (Foto: Divulgação)

Em 1998, veio uma esperança. Mas os executivos da emissora carioca voltaram atrás e dispensaram Desirée, que entrou em desespero e ao se ver desempregada. Num ato extremo, ela foi presa em 1999 acusada de furtar a bolsa de uma colega da academia.

Para a revista Istoé, a atriz declarou na época: “Nem gosto de lembrar”. “Agi no desespero de não ter o que dar para meus filhos […] Se eu pudesse voltar um dia na minha vida pode ter certeza de que não faria isso de novo”.

Veja também – Diante das câmeras: Veja quatro atores que morreram no meio das gravações de novelas

Depois do episódio triste, as portas se fecharam para Desirée Maria. A atriz nunca mais conseguiu pisar os pés na Globo e, depois do ocorrido, só conseguiu uma participação numa novela fracassada e de baixo orçamento da Record, Vidas Cruzadas (2000).

Em 2012, durante entrevista para o jornal Extra, a atriz diz que o roubo fez com que as pessoas criassem um estigma sobre ela: “[…] as pessoas só gostam de lembrar um momento de desespero que eu tive”.

Veja também – Musa global se viu prestes a ter mão amputada e carreira interrompida após mordida de gato

No ano de 2018, foi noticiada a morte de Desirée. A mãe da ex-global, Dona Dercy, procurou pela filha e a encontrou sem vida. Ela faleceu vítima de um infarto, sem conseguir realizar o sonho de voltar às telinhas.

Siga o Resumo das Novelas On nas redes sociais:

@resumodasnovelason

@resumodasnovelas.online

@resumonovelason

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.