Ex-atriz global fala pela primeira vez sobre tragédia na família: “Estouraram a cabeça do meu pai”

Francisco Cuoco e Carolina Ferraz (Foto: Divulgação)

A impunidade é a marca registrada das autoridades brasileiras. Por muitas vezes, a Justiça acaba sendo palco para injustiças diante da quantidade de processos que ficam aguardando uma resposta.

Veja também – Saiba quem é o global acusado de assediar cerca de 30 atrizes nos bastidores das novelas

Quando não é o caso, muitas vezes este espaço que deveria proteger, faz o efeito inverso e beneficia alguém diante de um crime. O Direito é feito destas nuances e cabe a nós seguirmos.

Entretanto, uma artista pela primeira vez resolveu abrir o coração expondo uma situação delicada vivida em sua família. O pai desta atriz foi assassinado e, durante uma entrevista, ela deu detalhes sobre o ocorrido.

Em Haja Coração, Penélope irá conhecer a mãe de Henrique e sairá constrangida (Foto: Globo)
Em Haja Coração, Carolina Ferraz era Penélope (Foto: Globo)

Estamos falando de Carolina Ferraz que, por muitos anos, foi uma das principais estrelas da Globo. Atualmente no comando do Domingo Espetacular da Record, ela deu a triste declaração em uma conversa com seu colega de trabalho, Reinaldo Gottino.

Veja também – Na cadeira de rodas até hoje: Relembre o assalto que mudou a vida de ex-galã global

O apresentador do Balanço Geral promoveu o bate-papo tenso com Ferraz no Link Podcast. “Meu pai foi assassinado com seis tiros, uma história realmente muito violenta, muito trágica. Estouraram a cabeça do meu pai, uma loucura. Ele teve que ser enterrado com caixão fechado, olha que coisa. [Foi] um ex-sócio do meu pai, ele devia dinheiro para o meu pai, aí começaram a se desentender em relação a esse pagamento”, revelou a atriz e apresentadora.

Carolina Ferraz (Foto: TV Globo)

Na conversa com Gottino, ela explicou como aconteceu e disse que, antes da tragédia, seu pai esteve sendo perseguido. “Passou um ano, meu pai sofreu um atentado também uma vez. Ele ia fazer uma pós-graduação, meu pai era economista, [a família] ia passar dois anos fora e nós desistimos dessa pós por causa do atentado”, disse.

Veja também – Mau cheiro: Atriz detona José de Abreu e revela hálito insuportável do ator

“Ele falou: ‘Não posso sair, onde já se viu, agora preciso ficar’. Seis meses depois, ele foi assassinado saindo do escritório onde trabalhava. Aí a gente vê como as coisas funcionam. Nunca houve nada, nunca aconteceu nada”, completou Carolina Ferraz, que já esteve em grandes novelas como Por Amor (1997), Estrela-Guia (2001), Beleza Pura (2008) e, recentemente, em Haja Coração (2016).

Siga o Resumo das Novelas On nas redes sociais:

@resumodasnovelason

@resumodasnovelas.online

@resumonovelason

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.