Esquecimento ou frustração? Veja cinco novelas que a Globo faz de conta que nunca existiu

Como Uma Onda, Salomé e Quem é Você? são alguns exemplos de novelas esquecidas (Foto: Divulgação)

A Globo tem algumas novelas que se fala muito. De tempos em tempos, estes folhetins são relembrados e fica a impressão de que há um favoritismo para alguns, se compararmos com outros casos.

Veja também – Cinco novelas desfiguradas pelo Vale a Pena Ver de Novo

Isto porque, tem novelas em que pouco se ouve falar, mas que existiram. Não se sabe ao certo quais as motivações para este esquecimento, mas o que se sabe é que os casos que citaremos a seguir pouco são homenageados pela emissora. Veja:

Quem é Você?

Protagonizada pela dupla Cássia Kis e Elizabeth Savalla, Quem é Você? foi uma novela das seis exibida no ano de 1996 e criada por Ivani Ribeiro e Solange Castro Neves. Traições, dupla identidade e o estereótipo em torno da terceira idade são alguns dos temas abordados pela trama.

Veja também – Cria de Dias Gomes: Ex-autora global prometeu sucesso, entregou novela-bomba e foi demitida

Cássia Kis e Elizabeth Savalla em cena de Quem é Você? (Foto: Divulgação)

Salomé

Homônima à uma novela mexicana de grande sucesso, Salomé foi estrelada pelo par romântico interpretado pelos atores Patrícia Pillar e Petrônio Gontijo. A novela sucedeu um grande sucesso da faixa das seis, Barriga de Aluguel. Adultério, vingança e paixão proibido são os principais eixos desta trama.

Veja também – Pistoleiro de Pantanal morreu ao telefone, pedindo por socorro após sentir fortes dores

Salomé foi uma novela da Globo (Foto: Divulgação)

Direito de Amar

Adaptação de um clássico de Janete Clair chamado A Noiva das Trevas, Direito de Amar teve exibição original em 1987. Walther Negrão foi o responsável por dar vida a esta novela que era um misto de drama com muito romance. Os atores Glória Pires e Lauro Corona estavam no protagonismo.

Veja também – Saiba qual novela da Globo foi proibida na China, sob pena de corromper os valores do país

Direito de Amar teve o eterno galã Lauro Corona no protagonismo (Foto: Divulgação)

O Outro

Esta novela é mais um caso à parte de trama da faixa das oito (atual faixa das nove) que simplesmente foi parar no limbo global. O Outro foi escrita por Aguinaldo Silva, que trouxe Francisco Cuoco fazendo algo muito recorrente na teledramaturgia: um papel de pessoas idênticas, onde um representa o bem e o outro representa o mal.

Veja também – Ator perdeu contrato com a Globo após recusar teste do sofá: “Emissora mandada pelo toba”

Francisco Cuoco era a estrela de O Outro (Foto: Divulgação)

Como uma Onda

Presente na memória afetiva de muitos brasileiros, Como uma Onda não tem este mesmo lugar nos corações dos executivos globais. Afinal, a novela das sete praticamente não é lembrada, apesar de ter sequenciado Cabocla e antecedido Alma Gêmea. O folhetim foi escrito por Walther Negrão e exibido entre 2004 e 2005, com Alinne Moraes e Ricardo Pereira nos papéis principais.

Veja também – Saiu com uma mão na frente e outra atrás: Atriz demitida da Globo revela grande mágoa

Como uma Onda foi ao ar em 2005 (Foto: Divulgação)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.