Deus Salve o Rei: Cássio é preso após se revoltar com ordem de Rodolfo

Cássio - Deus Salve o Rei
Rodolfo proíbe reuniões populares sobre assuntos do reino

Nos próximos capítulos de Deus Salve o Rei, Rodolfo (Johnny Massaro) proibirá reuniões populares para discutir assuntos do reino. Quem desobedecer será acusado de conspiração. Cássio (Caio Blat), ex-comandante do exército de Montemor, ficará revoltado e acabará sendo preso. A medida terá influência direta de Catarina (Bruna Marquezine), além do medo do Rei de Afonso (Romulo Estrela) ganhar mais força entre os súditos. As informações são do colunista de TV, Daniel Castro.

O novo decreto de Rodolfo será anunciado por Romero (Marcello Airoldi). “Vim trazer um comunicado do rei. A partir deste momento, qualquer tipo de reunião desta natureza está proibido em todo o reino. E a pena por desobediência é a prisão”, comunicará ele na taverna.

“Deve estar havendo algum mal-entendido, Romero. Meu irmão sabe das nossas reuniões, já falei com ele a respeito disso”, dirá Afonso.

“Eu lamento, Afonso, mas recebi esta ordem diretamente do rei”, rebaterá o porta-voz do rei, constrangido.

Porém Cássio não controlará sua ira e esbravejará contra Rodolfo. “Justamente o que eu previa, o rei não foi capaz de manter a sua palavra”, falará ele. “Por favor, eu peço que todos sigam agora para suas casas”, ordenará Romero. “E eu peço para que ninguém saia”, soltará Cássio.

Em virtude da reação do ex-comandante do exército de Montemor, Romero (Marcello Airoldi) dará voz de prisão a ele.

“Você está incitando a desobediência!”, repreenderá o porta-voz do Rei. “Cássio, fique calmo!”, pedirá Amália (Marina Ruy Barbosa), prevendo que o amigo irá se complicar.

+ Veja o resumo dos próximos capítulos de Deus Salve o Rei

“Romero, vamos conversar!”, sugerirá Afonso. “Você não entendeu ainda, Afonso? Seu irmão não está e nunca esteve disposto a nos escutar. Diga ao rei que se ele quiser evitar que eu abra a minha boca e fale como um homem livre, ele vai ter que me prender”, esbravejará Cássio. “Retire agora seus homens daqui”, ordenará ele, enfrentando Romero.

“Afaste-se”, mandará o funcionário do rei. “Você não me dá ordens!”, retrucará Cássio, antes de dar um empurrão no comandante do exército. Um guarda, então, o pegará pelo braço. “Tire as mãos de mim!”, protestará.

“Espere, o que você pensa que vai fazer?”, questionará o irmão de Rodolfo. “Sinto muito, mas vou ter de detê-lo”, dirá Romero, que levará o personagem de Caio Blat para a masmorra do castelo.

Com a medida extrema em relação a Cássio, Afonso perceberá que Rodolfo se tornou um tirano e planejará um sequestro para tirá-lo do poder.

As cenas serão exibidas a partir de 3 de abril em Deus Salve o Rei.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.