De Mulheres de Areia a Sonho Meu: os cinco maiores fenômenos de audiência da faixa das seis da Globo

Novela Sonho Meu (Foto: Divulgação/Globo)

Atualmente com Nos Tempos do Imperador, a Globo está tendo algumas dores de cabeça. A novela, bem produzida e de uma história complexa que resgata um pouco dos primórdios do período do Brasil Colônia, está sendo rejeitada por uma parte do público cativo que tradicionalmente assiste as novelas deste horário.

Veja também – Cinco fatos que você (provavelmente) não sabia sobre O Clone, substituta de Ti Ti Ti no Vale a Pena Ver de Novo

O motivo é justamente esta complexidade. Como solução, está sendo proposto uma série de explicações a partir de chamadas exibidas nos intervalos da emissora, como forma de esclarecer do que se trata a novela e evitar que a fuga de público se intensifique. Mas, teve alguns títulos que a Globo não precisou de nada disto, diante do fenômeno que foi. Listamos os casos de maiores sucessos das novelas das seis:

5° lugar – Sonho Meu

Do novelista Marcílio Moraes, Sonho Meu foi uma boa experiência que a Globo teve no início das noites em meados de 1993. A novela era leve, tinha uma história boa e é lembrada até hoje porque, antes dela, foi ao ar um outro fenômeno da faixa das seis: Mulheres de Areia. Sonho Meu teve média de 44 pontos de audiência e está sendo reprisada atualmente pelo Canal Viva.

4° lugar – Escrava Isaura

Quando se fala que a Record apostou bastante no remake desta novela, não é a toa. A emissora dos bispos se baseou no sucesso que a Globo teve quando exibiu a primeira versão da novela em 1976. Com média de 46 pontos, a obra literária foi adaptada em formato de telenovela por um dos medalhões da teledramaturgia, o autor Gilberto Braga.

Lucelia Santos e Edwin Luisi estrelavam Escrava Isaura na Globo (Foto: Divulgação)

3° lugar – Dona Xepa

Este foi outro caso de novela que a Record também se baseou para fazer remake, achando que se repetiria o sucesso que teve na Globo. Porém, o efeito foi inverso. Enquanto Dona Xepa teve na primeira versão exibida pela Globo em 1977 cerca de 46 pontos de média, Dona Xepa foi um fracasso na Record.

Veja também – Três novelas que tiveram atores expulsos por conta de brigas nos bastidores

2° lugar – A Gata Comeu

De Ivani Ribeiro, A Gata Comeu teve média geral de 48 pontos. Porém, se for possível observar as praças isoladamente, no ano de 1985 a novela batia todos os recordes. No Rio de Janeiro, por exemplo, os relatos dão conta de que a novela tinha média de 64 pontos, algo inimaginável na realidade atual da TV. Recentemente, A Gata Comeu foi relançada pelo Globoplay, fora a quantidade de reprises que já teve: 3 vezes na Globo e 1 vez no Canal Viva. 

Cristiane Torloni era protagonista de A Gata Comeu (Foto: Divulgação)

1° lugar – Mulheres de Areia

Remake de uma novela lançada em 1973, Mulheres de Areia chegou em 1993 tímida e como mais um folhetim de qualidade lançado pela Globo. Entretanto, ao longo de sua exibição, surpreendia com o quanto chamava atenção do público. Glória Pires interpretava as gêmeas Ruth e Raquel que disputavam entre si e, enquanto isto, faziam a Globo ver índices de audiência nunca antes vistos na história das novelas das seis. Com média de 49 pontos, o remake de Mulheres de Areia é o maior fenômeno do horário em que foi exibida.

Siga o Resumo das Novelas On nas redes sociais:

@resumodasnovelason

@resumodasnovelas.online

@resumonovelason

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *