Da TV aberta para o streaming: Douglas Silva é escalado para viver tarado em novela de João Emanuel Carneiro

Douglas Silva estará em Todas as Flores
Douglas Silva estará em Todas as Flores (Foto: Reprodução)

Terceiro colocado do Big Brother Brasil 22, o ator Douglas Silva já tem um novo trabalho à vista para fazer na TV Globo em breve, mais precisamente para a plataforma de streaming da emissora: o Globoplay. Trata-se de Todas as Flores, a nova novela de João Emanuel Carneiro que estreará em outubro.

Segundo informações divulgadas pela colunista Patrícia Kogut, do jornal O Globo, DG viverá um tarado por sexo, sendo que integrará a parte cômica do folhetim. Isso, no entanto, acabará gerando diversas brigas e discussões com sua mulher, Jussara (Mary Sheila), que, por sua vez, terá sua caracterização inspirada na cantora Alcione.

Veja também: Estreante em novelas, cantor Xande de Pilares é escalado para Olho por Olho

Contendo 85 capítulos, Todas as Flores será dividida em duas partes para os assinantes: a primeira ficará disponível de outubro a dezembro, e a segunda de abril a junho de 2023. Até agora, Caio Castro, Miguel Falabella, Humberto Carrão, José Dumont, Sophie Charlotte, Leticia Colin, o cantor Xande de Pilares, Nicolas Prattes, Regina Cazé, Fábio Assunção, Cássio Gabus Mendes, Simone Spoladore, Marina Moschen e André Loddi estão confirmados no elenco.

Mudança no título e substituta

Nesta segunda-feira (30), através de um comunicado enviado à imprensa, a TV Globo definiu qual substituta entrará no lugar da trama de João Emanuel Carneiro no streaming – esta que, por sinal, não se chamará mais Olho por Olho, segundo informações da colunista Patrícia Kogut, do jornal O Globo -. Trata-se de Guerreiros do Sol, escrita por George Moura e Sergio Goldenberg.

No mais, a publicação destaca que Guerreiros do Sol “é uma releitura da história de Lampião e Maria Bonita” e que terá sua estreia marcada apenas para 2024. Porém, antes dela, entrará no ar Todas as Flores, de J.E.C., sendo, portanto, a segunda novela a ser exibida na plataforma, já que a primeira foi Verdades Secretas 2, de Walcyr Carrasco.

Saiba mais!

O folhetim de João Emanuel Carneiro se caracterizará como uma obra aberta, ou seja, sem que o final tenha uma definição antecipada, além de também ser considerada um thriller psicológico, com cinco capítulos sendo veiculados semanalmente. Segundo Kogut, “o suspense vai favorecer quem optar por maratonar a novela”, pelo menos é o que anda sendo comentado nos bastidores.

Entretanto, é válido ainda ressaltar que “a ação se concentrará em poucos personagens na história, e sem núcleos secundários, a história caminhará ainda mais rápido, eliminando toda e qualquer possibilidade de ‘barriga’ – período onde nada na história acontece -“.

Veja também: Com JEC no Globoplay, Globo pretende mudar a forma como encaramos as novelas

“É como se estivéssemos entregando ao público duas novelas das nove ao mesmo tempo. Isto só é possível graças à capacidade de produção dos Estúdios Globo, que se adaptaram rapidamente às necessidades de criar, desenvolver e produzir conteúdos multiplataforma”, afirmou o diretor Ricardo Waddington.

“A Globo reafirma sua posição de maior criadora e produtora de conteúdo audiovisual do Brasil. O grande beneficiado é o público brasileiro, que ganha uma oferta cada vez mais robusta de conteúdos Globo”, afirmou Paulo Marinho, diretor-presidente da Globo, no comunicado divulgado pelo canal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.