Frustração: Criador da faixa das seis da Globo deixou o país após fracasso que jamais será reprisado

Herval Rossano foi um dos responsáveis por idealizar a faixa de novelas das seis (Foto: Divulgação)

Imagina só: você ser um dos responsáveis pela criação e consolidação de um dos modelos de exibição de novelas mais sólidos e conhecidos até hoje, mas ficar marcado por um fiasco que surpreendeu a todos? Foi o que passou Herval Rossano, um dos responsáveis por idealizar a faixa das seis.

Veja também – Globo tentou “lacrar” com temas polêmicos em novela das seis e sofreu com forte rejeição

O diretor é um nome consagrado e respeitado até os dias atuais, mas nunca admitiu perder. Tanto é que, diante de seu talento e profissionalismo conduzindo sucessos, o que aconteceu com Terras do Sem-Fim (1981) o pegou de surpresa.

Desde 1970, quando entrou para a Globo com o objetivo de dirigir e produzir Pigmalião 70, iniciaram-se as primeiras movimentações para a criação da atual faixa de novelas das seis. Rossano foi convidado para fazer parte da criação desta nova subdivisão de folhetins.

Os primórdios da faixa das seis

Até então, os Marinho ainda estavam engatinhando e passando por um processo árduo e doloroso, pois existia um forte império de concorrentes como a Tupi. Em 1971, Benedito Ruy Barbosa criou Meu Pedacinho de Chão para as 18h30.

O autor Benedito Ruy Barbosa (Foto: Reprodução)
O autor Benedito Ruy Barbosa hoje em dia (Foto: Reprodução)

Esta faixa recebia supervisão de Herval Rossano, que chegou a dirigir algumas das novelas em que supervisionava. No entanto, tudo mudou para ele em Terras do Sem-Fim (1981). O chefão deu aval para a novela e esperava bons resultados.

Veja também – Entenda como novela das seis quase esteve na mira de um processo movido pela TV coreana

Fiasco e rejeição

Terras do Sem-Fim era uma adaptação à uma obra homônima de Jorge Amado e, no entendimento deles, seria impossível esta novela dar errado. Entretanto, o tiro acabou saindo pela culatra: o fato de adaptar Jorge Amado não blindou a trama de ser um grande fiasco.

Povo não gostou de Terras do Sem Fim (Foto: Divulgação)

Principalmente porque, para se tornar uma novela, também agregou-se algumas histórias de outros romances de Jorge Amado: Cacau e São Jorge dos Ilhéus. Isto resultou uma novela com presença de guerras e lutas sangrentas, que sofreu rejeição.

Veja também – Autor criou novela das seis com a cara de Pantanal e negou plágio: “Não vi”

A queda de audiência fez com que a Globo providenciasse a retirada da novela do ar com dois meses de antecedência. Coincidentemente, depois do sufoco que passou com Terras do Sem-Fim, Herval Rossano deixou a Globo e pediu um período sabático. Dificilmente, esta novela será reapresentada no Canal Viva ou disponibilizada no Globoplay.

Siga o Resumo das Novelas On nas redes sociais:

@resumodasnovelason

@resumodasnovelas.online

@resumonovelason

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.