Cria de Dias Gomes: Ex-autora global prometeu sucesso, entregou novela-bomba e foi demitida

Letícia Spiller protagonizou Sabor da Paixão (Foto: Divulgação)

O olho da rua foi o que passou a ver uma autora que, até então, era um nome consagrado e bastante respeitado em meados da Globo. Estamos falando de um nome responsável por criar novelas que até hoje estão no imaginário popular.

Veja também – Do luxo ao lixo: Veja cinco ex-globais que perderam tudo e viraram moradores de rua

Ela teve o apoio de nada mais, nada menos do que Dias Gomes. Um dos maiores autores da história das novelas abriu uma escola de autores, em que esta escritora era uma aprendiz e acabou se destacando.

Quando não estava na autoria principal, ela sempre integrava o time de co-autores e era considerada um excelente braço direito. Afinal, coube a esta profissional compor a equipe de escritores de novelas como Tieta (1989), Lua Cheia de Amor (1990), Pedra sobre Pedra (1992), Fera Ferida (1993), Esplendor (2000) e dentre outros casos.

Veja também – Morte de autor com novela ainda no ar causou desespero e correria na Globo; saiba qual!

Estamos nos referindo a Ana Maria Moretzsohn, que foi demitida imediatamente depois de uma novela que era considerada como a Cinderela carioca. A promessa era criar uma história em que os espectadores fizessem uma clara referência à história de contos de fadas.

Sabor da Paixão foi ao ar em 2002 na Globo (Foto: Divulgação)

No entanto, se adaptaria a realidade brasileira, em um contexto que se situava na Lapa, região periférica da capital fluminense. Numa tática de tentar “vender seu peixe”, Moretzsohn prometeu que Sabor da Paixão seria um sucesso.

Veja também – Debilitado e andando de muletas: Saiba por que Francisco Cuoco sumiu das novelas

Afinal, a responsabilidade dela era grande: ocupar a faixa das seis, que abre o horário nobre da Globo. Entretanto, quando a novela foi ao ar, capítulo após capítulo, a queda de audiência era constante. As principais críticas eram referentes ao texto da trama, considerados confusos e desconexos.

Ana Maria Moretzsohn é ex-escritora global (Foto: Divulgação)

Muitos achavam a trama chata e o resultado disto foi um desastre total na consagrada faixa de novelas. Protagonizada por Letícia Spiller e Luigi Baricelli, em seu momento mais crítico, Sabor da Paixão definhou 14 pontos de média.

Veja também – Novela da Globo teve despacho de macumba em pleno horário nobre e causou revolta no público

Hoje em dia este número não é tão ruim, mas para os padrões daquela época, foi um fracasso. Em 2002, as novelas das seis passavam dos 30 pontos de audiência. Sem solução, coube a Globo retirar o folhetim um mês antes do previsto.

A autora, Ana Maria Moretzsohn, foi dispensada e, pouco tempo depois, assinou com a Record e fez Luz do Sol (2007), um dos maiores sucessos da história da emissora dos bispos. Por ter saído pela porta da frente, Moretzsohn conseguiu voltar para a Globo em 2011 no cargo de Supervisora de Textos.

Siga o Resumo das Novelas On nas redes sociais:

@resumodasnovelason

@resumodasnovelas.online

@resumonovelason

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.