Confira cinco novelas com títulos bizarros e que não têm nada a ver com as suas histórias

Logo de Malhação, novela teen da Globo (Foto: Divulgação)

Em tempos de fim de Malhação, uma novela com nome de uma atividade física que não tem nenhuma conexão com a história exibida, nós resgatamos alguns títulos que nos remetem a mesma sensação.

Veja também – Autora de O Clone critica Globo: relembre três novelas fenômenos que foram escritas por Glória Perez

Entre estas novelas, têm inclusive algumas clássicas e com histórias bastante emblemáticas. Ao mesmo tempo, esta falta de sintonia com o título deixa uma interrogação no ar sobre o objetivo da escolha de nomes tão desconexos. Veja:

Feijão Maravilha

Precursora das comédias na faixa das sete, Feijão Maravilha não se passa em uma fábrica de feijões. Tampouco, em sua história, existe um feijão maravilhoso ou algum núcleo que se passe em uma plantação de feijão. A ideia de Bráulio Pedroso era homenagear as chanchadas da década de 50. Ou seja, não tinha feijão nenhum nesta novela.

Logomarca de Feijão Maravilha, novela da Globo (Foto: Divulgação)

Pão-Pão, Beijo-Beijo

Exibida em 1983, além do título não ser interessante, este nome não tem qualquer referência a nada que se passa na novela. A trama se inicia com um acidente de trânsito no Rio de Janeiro, onde os personagens são ilustrados em seus diferentes modos de viver. Porém, não tem pão nenhum nesta novela. Talvez, o beijo possa fazer algum sentido para este título.

Veja também – Os pesadelos de Walcyr Carrasco: Entenda por que Camila Queiroz, Marina Ruy Barbosa e Taís Araújo são as maiores inimigas do autor

Topíssima

Responsável por retomar as novelas com temática contemporânea, Topíssima é um título sem qualquer conexão com sua história. Sophia (Camila Rodrigues) vive poucas e boas ao demonstrar seus dotes de mulher empoderada, mas ainda assim, Topíssima soa como um batismo mal dado que a Record deu a sua novela.

Banner da novela Topíssima (Foto: Reprodução)

A Gata Comeu

Novela de bastante sucesso de Ivani Ribeiro, A Gata Comeu tem inclusive uma justificativa para este título. É a música do Grupo Maganize, que é tema da abertura da novela, na qual diz: “Ela comeu meu coração, trincou, mordeu, mastigou, engoliu, comeu”.

Veja também – Alma Gêmea volta ao ar em janeiro: Novela de Walcyr Carrasco foi parar na Justiça por diversas acusações de plágio

Neste sentido, dá a entender que é uma mulher bonita (ou gata) brincando com os sentimentos alheios. Mas, outro título seria mais ideal, sendo que este é bem menos pior do que o primeiro título que a novela recebeu: Pancada de Amor Não Dói.

Malhação

Inicialmente, Malhação realmente se passava naquilo que seu título remete. Em uma academia, as tramas se desenvolviam. Sendo que, ao longo do tempo, o objetivo principal e que tinha conexão com o batismo da novela foi sendo deixado de lado. Assim, Malhação só perdeu o sentido depois. Tanto é que a novelinha teen foi perdendo a popularidade e, recentemente, foi extinta pela Globo.

Siga o Resumo das Novelas On nas redes sociais:

@resumodasnovelason

@resumodasnovelas.online

@resumonovelason

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.