Censura e guerra nos tribunais: Confira as novelas brasileiras que chegaram a ser produzidas, mas nunca foram ao ar

O Marajá chegou a ser inclusive gravada, mas teve que sair do ar às pressas (Foto: Divulgação)

A intensidade com que ocorrem as situações dentro das emissoras de TV chegam a surpreender. Tanto é que as novelas muitas vezes chegam a serem cogitadas, mas acabam canceladas e retiradas dos planos.

Veja também – Saiba 10 atores globais que já assumiram publicamente não acreditarem na existência de Deus

Porém, há também casos ainda mais delicados: as novelas que foram produzidas e até mesmo gravadas, mas que tiveram sua exibição interrompida. Há alguns casos e listamos aqui para você conferir e se surpreender:

A Dança da Vida

Escrita por Maria Adelaide Amaral, A Dança da Vida iria ao ar no ano de 2002 na faixa das 18h. Chegou a passar vários meses sendo produzida, com estudos avançados, elenco totalmente escalado, maior parte dos capítulos prontos e sem qualquer impedimento quanto a sua exibição.

Veja também – Confira cinco novelas com títulos bizarros e que não têm nada a ver com as suas histórias

Maria Adelaide Amaral era a autora de A Dança da Vida (Foto: Divulgação)

Porém, quando os capítulos foram entregues para o setor de Classificação Indicativa, a Justiça informou que a novela só poderia ir ao ar caso fosse depois das 21h por ser pesada. Ao ser informada para adaptar os capítulos, Adelaide se recusou. Com isto, às pressas, Coração de Estudante (2002) teve de ocupar o lugar e, inclusive, aproveitando o elenco que estava escalado para A Dança da Vida.

Despedida de Casado

Como parte do tenebroso período ditatorial no Brasil, Despedida de Casado foi uma novela global que teve sua exibição proibida pela Censura Federal. Iria ao ar em 1977 e teve direção de Walter Avancini.

Veja também – Saiba qual atriz famosa já saiu da Globo humilhada assim como Camila Queiroz, mas depois foi perdoada

O folhetim escrito por Walter George Durst estava com seus 30 primeiros capítulos prontos e completamente finalizados para irem ao ar, quando os censores alegaram que Despedida de Casado iria pregar a ruptura dos valores tradicionais da época. Para tapar o buraco, a primeira versão de O Bem-Amado ficou no lugar da novela censurada.

A Pantera

Na época de Éramos Seis (1994), o SBT se empolgou e tinha forte interesse em investir no setor de teledramaturgia. Com isto, autorizou a produção de A Pantera. Sob autoria de Vicente Sesso, a estreia de sua obra estava marcada para 1996.

Silvio Santos tomou decisão sobre Patinho Feio (Foto: Reprodução)
Silvio Santos abordou A Pantera quando os trabalhos estavam avançados (Foto: Reprodução)

O orçamento, negociação com um elenco de peso incluindo Marília Pêra no protagonismo e Fernanda Montenegro em papel de destaque, estava tudo pronto. Faltando pouco tempo para o início das primeiras gravações externas e após grande repercussão feita pela imprensa, Silvio Santos mandou cancelar tudo. Por outras vezes, o projeto chegou a ser novamente cogitado, mas sem sucesso.

O Marajá

Este caso é bastante delicado e rendeu uma disputa intensa nos tribunais. O Marajá seria uma novela da extinta TV Manchete que abordaria as polêmicas em torno do político Fernando Collor. A estreia aconteceria em 1993, teve diversos capítulos gravados e prontos para exibição. Quando as chamadas começaram a serem divulgadas, Collor entrou na Justiça.

Veja também – Assim como Marília Mendonça, confira cinco atores que morreram em tragédias no auge de suas carreiras

O resultado do processo impedindo a veiculação de O Marajá saiu às vésperas da exibição do capítulo de estreia. Na tentativa de reverter o caso, advogados da emissora entraram com recurso na noite marcada para a estreia. Enquanto o resultado do recurso não saía, o Jornal da Manchete chegou a ser estendido. Sem sucesso, O Marajá foi completamente engavetada e suas fitas sumiram.

Siga o Resumo das Novelas On nas redes sociais:

@resumodasnovelason

@resumodasnovelas.online

@resumonovelason

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *