Atriz denuncia teste do sofá na Globo: “Sei como aquilo funciona”

Maria Zilda. Foto – divulgação.

Não é novidade para ninguém que muitos atores e atrizes entraram na TV após, digamos, um envolvimento mais físico com os diretores dos folhetins, o famoso teste do sofá. Alguns se deram bem e seguiram em diante. Outros, já desapareceram.

Nesta quinta, Maria Zilda, ex-contratada da Globo, deixou claro que sabia muito bem como era o esquema para lançar “novos talentos” na emissora carioca. “Eu sei muito bem como aquilo funcionava. Não é o teste do sofá, é o teste do cu” contou ela.

Em seu novo perfil no Instagram, a veterana conversou com o colega Oscar Magrini, que recentemente esteve no ar em A Dona do Pedaço. Sobre os papéis que recebe, por conta da idade, ele fez uma revelação.

“Agora só faço pai e avô. Faço pai de marmanjo e marmanja. E daqui a pouco estou fazendo avô”. “Se eles escreverem papel para nós”, comentou a famosa. “Ah, mas escrevem. Pode ter muita gente nova, mas tem que ser a velha guarda, que dá direção e estrutura”, acrescentou Magrini.

A loira foi mais fundo: “Meu amor, mas eles acham que não dá Ibope. Dá Ibope quem tem like no YouTube, quem tem o pinto grande e quem dá o rabo para o diretor. Você sabe disso”, apontou ela, sem titubear.

Veja também: Marca de nascença prova que Ruyzinho é filho de Zeca

Oscar não se furtou e também opinou sobre o tema polêmico: “Isso acontecia muito. Hoje em dia, sabe o que é? Mesmo se o cara for dar o rabo e colocar o garotão lá, e o garotão for uma merda. Ferrou”. Mas Maria foi ainda mais nas entranhas do esquema.

“Você trabalhou na TV Globo muitos anos e eu também. Eu entrei na Globo em 1975. Você não vai dizer para mim que eu não sei como aquilo funciona. Até porque eu fui casada com diretor. Então, eu sei muito bem como aquilo funcionava. Não é o teste do sofá. É o teste do cu”, enfatizou ela.

Magrini ainda comentou um causo em que recebeu um alerta da também atriz Cleyde Yáconis, já falecida. “Meu amigo disse: ‘Cleyde, ele quer fazer novela na Globo’. Ela não me conhecia. Em 1988, eu já era modelo. Ela olhou para mim e falou: ‘Para você entrar tem que passar no quartinho do PC'”, contou ele.

“Eu falei: ‘PC? Quem é?’. Ela: ‘É o quartinho do pó e do cu. Você cheira?’. Falei: ‘Não!’. ‘Você dá o cu?’. ‘Não!’. ‘Então, não vai entrar’. E ela deu risada. Uma senhora! Imagina?”, disse o ex-contratado da Globo, aos risos. Ele, aliás,fará Gênesis, na Record, no papel de Noé.

Siga o Resumo das Novelas On nas redes sociais:

@resumodasnovelason

@resumodasnovelas.online

@resumonovelason

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *