Ator da Globo critica a emissora por falta de diversidade durante especial: “Nenhum”

Dan Ferreira se pronunciou sobre a falta de autores negros (Foto: Reprodução)
Dan Ferreira se pronunciou sobre a falta de autores negros (Foto: Reprodução)

A Globo levou ao ar ontem (21) o especial 70 Anos Esta Noite, sobre os 70 anos da telenovela no Brasil. Embora muito elogiado, o programa também não deixou de receber algumas poucas críticas. O ator Dan Ferreira, por exemplo, não criticou a atração em si, mas falou sobre algo que atinge a TV no geral.

Trata-se da falta de atores negros na TV, o que, segundo ele, não é nada saudável para a nossa teledramaturgia. “Setenta anos de telenovela hoje, expressão relevante da nossa cultura. É de se celebrar a quantidade de empregos, emoções e reflexões geradas durante todos esses anos”, iniciou o profissional.

“As novelas, geram renda expressiva na economia das empresas e do país, e isso é muito importante pra todos os profissionais da cultura que trabalham nesse seguimento. Mas o que evidencia o inaceitável, o que não é digno de celebração”, disse ele, que na sequência falou sobre o problema arrebatador.

Veja também – Cena sobre racismo é cortada de O Cravo e a Rosa em edição especial

“É o fato de nesses 70 anos, nenhuma pessoa negra ter assinado uma telenovela. Temos autores e autoras negras premidas que poderiam escrever novelas sobre qualquer temática, mas em setenta anos isso ainda não aconteceu”, destacou Dan Ferreira, que na sequência elencou alguns exemplos básicos.

“Até mesmo as novelas que abordaram temas de predominância ou origem afro-brasileira como, samba, carnaval, Bahia, religiões de matriz africana, subúrbio, favela, não foram assinadas por autorxs negrxs. Isso lhe parece coerente? Fica aqui uma reflexão”, disse o ator, que espera mudanças.

 

Siga o Resumo das Novelas On nas redes sociais:

@resumodasnovelason

@resumodasnovelas.online

@resumonovelason

Um comentário em “Ator da Globo critica a emissora por falta de diversidade durante especial: “Nenhum”

  • 22/12/2021 - 17:51 em 17:51
    Permalink

    Enquanto a novela portuguesa Nazaré, exibida pela Band está colocando uma personagem afrodescendente como (grande) Investidora, Um lugar ao sol parece “enaltecer” através do personagem Ravi, a miséria e sofrimento da etnia negra, como se não tivéssemos tido no STF, Joaquim Barbosa!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *