Armandinho trai Rebeca, depõe a favor de Moa e juíz define com quem Chiquinho fica: “minha decisão”

Rebeca e Moa discutirão no tribunal
Rebeca e Moa discutirão no tribunal (Foto: Reprodução)

Em Cara e Coragem, exibida pela Globo no horário das 19h, Moa (Marcelo Serrado) e Rebeca (Mariana Santos) entrarão em pé de guerra por conta da guarda de Chiquinho (Guilherme Tavares).

Mas, no meio dessa disputa quem levará a melhor será Moa. Acontece que o juiz Rebeca comprando uma testemunha. Ela dará dinheiro para Armandinho (Rodrigo Fagundes) depor contra Moa.

Contudo, na hora de ficar frente a frente com o juiz, Armandinho acabará com os planos de Rebeca. “Moacyr sempre foi um profissional… exemplar”, dirá o homem.

Nisso, Rebeca esbravejará na frente de todos: “O quê?! Como é que é?”. Ele seguirá elogiando o dublê. Incrédula, Rebeca voltará a interferir: “É muita cara de pau! Você é um mentiroso, vendido!”.

Veja também – Em mudança inesperada, Anita se choca com retorno de Clarice e fará de tudo para rival não ficar com Ítalo

“Um cretino, safado, escroque! O que foi? Moa te pagou mais pra você virar o jogo?”, dirá ela. O juiz, no entanto, se dará conta que entrou dinheiro na jogada. Assim, a autoridade dará a guarda para Moa.

“Minha decisão é que o menino… permaneça sob a guarda do pai. Sendo que a senhora Rebeca ainda poderia ser investigada pelo artigo 343, por suspeita de corromper testemunha…”, dirá o juiz.

“Condeno Rebeca Bosco a pagar as custas, as despesas processuais e os honorários da advogada da parte contrária. A mãe terá direito à visita mensal”, decretará o juiz. A mulher ficará bastante abalada com a decisão final.

Siga o Resumo das Novelas On nas redes sociais:

@resumodasnovelason

@resumodasnovelas.online

@resumonovelason

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.