Após atentar contra a vida de Moa, Danilo recorre a Duarte e faz confissão criminosa: “Empurrei um homem de uma altura absurda”

Danilo vai fazer confissão a Duarte
Danilo vai fazer confissão a Duarte (Foto: Reprodução)

Pensando que matou Moa (Marcelo Serrado), após ter o empurrado do alto do prédio onde ele morava, Danilo (Ricardo Pereira) acabará fugindo e se escondendo na mansão de Duarte/Bob Wright (Kiko Mascarenhas) em Cara e Coragem. Na ocasião, o vilão confessará sua ação criminosa e ainda dirá que não queria tirar a vida do rival na trama de Claudia Souto.

“Eu empurrei um homem de uma altura absurda. Não sei se ele sobreviveu ou não. E vim ontem pra cá pra não ser preso em flagrante. Não queria que ninguém me visse, mas agora já se passaram as 24 horas, resolvi aparecer pra você”, disparará o crápula, omitindo a identidade da vítima, em cenas previstas para irem ao ar nesta terça-feira (15).

Veja também: resumo dos próximos capítulos de Cara e Coragem

Isso, no entanto, deixará o falso gringo bastante assustado: “Peraí, Danilo, você pode ter matado um cara?”, questionará o loiro, que, em seguida, ficará sabendo de quem se trata. “Sim. E esse homem é o Moa”, completará o ex-marido de Rebeca (Mariana Santos). Nessa hora, Jéssica (Jeniffer Nascimento) chegará ao local, sairá correndo pela sala e avisará que o pai de Chiquinho (Guilherme Tavares) se encontra entre a vida e a morte no hospital.

Essa notícia, por incrível que pareça, fará com que o comparsa de Regina (Mel Lisboa) e Leonardo (Ícaro Silva) se mostre bem mais aliviado. “Então Moa está na UTI [Unidade de Terapia Intensiva]? Nunca pensei em dizer isso, mas não quero que ele morra. Eu o empurrei pra me livrar de um soco, não para que ele caísse lá de cima”, vai declarar o personagem de Ricardo Pereira, demonstrando arrependimento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.