Abatida, Donatela entra no tribunal algemada, interrompe juiz para falar o que viu e bota tudo a perder: “sou inocente”

(Foto: Reprodução)

Em A Favorita, Donatela (Claudia Raia) será julgada após ser acusada de ter matado Salvatore (Walmor Chagas). Abatida, a dondoca entrará algemada e falará tudo o que aconteceu no dia do assassinato do médico As cenas vão ao ar em breve.

A princípio, o juiz anunciará quem são as pessoas que darão o testemunho de acusação e defesa e depois falará sobre o caso: “no dia 25 de maio de 2008, Donatela Fontini teria sido vista com uma pistola que disparou contra Salvatore”.

Nesse momento, Donatela se precipitará e interromperá o juiz: “Não foi eu, meritíssimo. Eu sou inocente!”, gritará. O juiz a repreenderá: “Silêncio! A senhora terá a oportunidade de falar durante o processo”, avisará. Ela se sentará e ficará calada.

Mais para frente, Donatela terá a oportunidade de falar e afirmará que foi atraída ao local do crime por Dodi (Murilo Benício) e Flora (Patrícia Pillar). “Para que os dois matassem o doutor Salvatore e me incriminassem”, dirá ela. “A Flora disse que é uma assassina, que ia matar o doutor Salvatore e ia me incriminar”, prosseguirá a protagonista com o depoimento.

A trama foi escrita por João Emanuel Carneiro (mesmo autor de Avenida Brasil), protagonizada por Claudia Raia e antagonizada por Patrícia Pillar em 197 capítulos. A produção da Globo contou ainda com Mariana Ximenes, Cauã Reymond, Murilo Benício, Carmo Dalla Vecchia, Ary Fontoura e Giulia Gam no elenco principal.

Siga o Resumo das Novelas On nas redes sociais:

@resumodasnovelason

@resumodasnovelas.online

@resumonovelason

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.