A Dona está de volta ao SBT: Confira cinco curiosidades sobre a substituta de Cuidado com o Anjo

A Dona está de volta às novelas da tarde do SBT (Foto: Divulgação)

O SBT voltará a exibir A Dona nas novelas da tarde. O título foi escolhido para substituir Cuidado com o Anjo a partir de 07 de dezembro. Será a segunda reprise o folhetim, reapresentado pela última vez em 2019.

Veja também – “Negra horrível”: Após quase 30 anos, atriz expõe absurdos que ouviu em bastidores de novela

Desta vez, a missão é reviver os tempos de outrora: afinal, o retorno acontece justamente na faixa em que a novela se consagrou quando foi exibida pela primeira vez entre 2015 e 2016, fazendo um grande sucesso.

Originalmente intitulada Soy Tu Dueña, a trama ganhou uma abertura com a trilha sonora cantada em português pela protagonista Lucero. Estreou no México em 2010 e é um remake de La Doña, dramalhão venezuelano de Inés Rodena.

Diante deste retorno triunfal de A Dona, aproveitaremos para destacar algumas curiosidades marcantes sobre a novela. Acompanhe:

Tem versão brasileira

Poucos devem saber, mas o Brasil tem uma versão local de A Dona. Produzida pelo SBT em 2001 e baseada no argumento original de Inés Rodena, Amor e Ódio teve os atores Suzy Rêgo e Daniel Boaventura protagonizando nos papéis principais.

Amor e Ódio foi a versão brasileira de A Dona (Foto: Divulgação)

Gaby Spanic seria a protagonista original

Personagem estrelada por Lucero, Valentina na verdade seria vivida por Gaby Spanic. Porém, percebeu-se que Spanic se enquadraria muito melhor sendo a prima malvada de Valentina, Ivana, uma vez que fazia muito tempo que ela não interpretava uma vilã de destaque. A troca deu muito certo e o papel de Gaby Spanic é emblemático.

Veja também – Cinco novelas cômicas que (literalmente) não tiveram graça nenhuma

Outras cogitadas para o papel principal

Além de Gaby Spanic, a lista de cogitadas para o papel principal de A Dona foi grande. Spanic foi a primeira da lista, mas Lucero teve que digladiar o espaço com um extenso número de candidatas: Silvia Navarro, Adela Noriega, Alejandra Barros, Blanca Soto e dentre outras.

Banner de A Dona, do SBT (Foto: Reprodução)

Cortes na versão brasileira

Por conter cenas muito fortes para o horário da tarde, o SBT precisou exibir uma versão mais light de A Dona. Por exemplo, a cena da trágica morte de Ivana (Gaby Spanic) foi exibida explicitamente no México, mostrando com detalhes o momento que ela comete suicídio. Assim como também, o momento em que Benita (Ana Martín) é assassinada.

Tratamento para atuar

Lucero revelou durante entrevista que precisou superar seu trauma de répteis e roedores para poder encarnar a Valentina. Em diversas cenas de A Dona, ela aparece como uma mulher voraz e que exala coragem. Por estar na fazenda, a personagem de Lucero encara os mais diversos tipos de bichos.

Veja também – Escândalo: Acusada de roubo em loja, atriz de O Que a Vida Me Roubou arma vingança inesperada

Para a atriz poder encarnar o papel fielmente, precisou lidar com o medo: “Tinha uma cena com Valentina onde o personagem de Sergio Goyri, Rodrigo, me sequestra e me leva para umas minas […] e eu lembro que tinha tarântulas […] Eles colocaram em mim para andar pelas mãos, eu estava com as mãos amarradas, eles colocaram um ou dois em mim andando; uma coisa muito assustadora“.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.