30 anos depois, atrizes se reencontram e relembram Barriga de Aluguel

30 anos depois, atrizes se reencontram e relembram Barriga de Aluguel

Atrizes em Barriga de Aluguel. Foto – Globo.

Após uma participação em Pantanal, Cássia Kis voltou para a Globo em 1990 e foi uma das personagens principais de Barriga de Aluguel, de autoria de Gloria Perez. Na trama, ele contracenou bastante com Claudia Abreu, sua amiga desde então.

Hoje, elas voltaram a dividir cena após 30 anos de hiato e 4 filhos de cada uma. Juntas no elenco da série Desalma, as atrizes falaram um pouco sobre a relação que mantêm e sobre o folhetim de 1990, marcado até hoje na carreira de ambas.

“Eu tô reencontrando a Cassia depois de 30 anos e quatro filhos cada uma, é superimportante a confiança no talento, na competência e na harmonia de um trabalho. Já tinha combinado na Globo que meu próximo trabalho seria uma série e fiquei feliz por ser essa série. Acho completamente diferente de tudo que já foi visto”, contou Abreu.

Veja também: resumo dos próximos capítulos de A Força do Querer

Cássia acrescentou: “Esse reencontro é com nossas histórias, dramas, alegrias. Nós nos reencontrarmos numa história tão singular, tão forte e tão bonita, porque tem muita beleza ali. Dizer que foi um privilégio é bobagem. Não acho que é um acaso nosso encontro, tem uma coisa muito forte para que isso aconteça, e ainda vamos viver isso numa segunda temporada, e quem sabe numa terceira?”.

Sobre Barriga de Aluguel, Claudia relembra: “Acho que, quando a gente vive alguma coisa com alguém, quando convive tanto quando está trabalhando, há uma troca na vida. Na ficção você vive coisas tão profundas que fica uma cumplicidade eterna”.

E seguiu: “Nós temos nossa cumplicidade, que jamais ficaria pelo caminho, apagada pelo tempo. Acho significativo que cada uma tenha tido quatro filhos cada”. Cássia defendeu: “A gente tem essa coincidência, depois de termos vivido uma novela antológica”.

E completou: “Pra mim, Barriga de Aluguel foi tão importante que ali eu entendi que eu queria ser mãe. E eu tinha acabado de fazer Pantanal, onde pari numa canoa no meio do rio Negro”. Por fim, a veterana conta o que a novela influenciou em sua vida: “Ali [em Barriga de Aluguel] eu tive a consciência do que eu precisava, da importância dos filhos. Isso é muito grande. A maturidade ficou muito evidente entre nós duas. A nossa paixão, a força das duas estava sempre muito impressa”.

Siga o Resumo das Novelas On nas redes sociais:

@resumodasnovelason

@resumodasnovelas.online

@resumonovelason

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *