Deus Salve o Rei: Constantino e Afonso terão reencontro violento

Deus Salve o Rei: Constantino e Afonso terão reencontro violento

Constantino e Afonso reencontro em Deus Salve o Rei
Afonso reencontrará Constantino na pedreira da morte

Afonso (Romulo Estrela) será descoberto após traição de Otávio (Alexandre Borges), rei da Lastrilha, e, junto com Cássio (Caio Blat) e Tiago (Vinícius Redd), acabará sendo mandado para pedreira da morte, onde nenhum prisioneiro sai com vida. No local, o ex-príncipe vai dar de cara com Constantino (José Fidalgo), seu antigo inimigo. Ele voltará a Deus Salve o Rei para infernizar ainda mais a vida de Afonso. Os dois ficarão em pé de guerra, com direito socos e pontapés. As informações são do colunista de TV, Daniel Castro.

“Como vai, alteza?”, perguntará o vilão, sarcástico. “Parece que viu um fantasma!”, continuará ele.

“Um fantasma seria melhor, pois certamente já estaria morto”, responderá o irmão de Rodolfo (Johnny Massaro). “O destino gosta mesmo de pregar peças. Quem poderia dizer que o fim dos dias de Afonso de Monferrato seria em minha companhia?”, debochará o antigo duque de Vicenza.

“Eu não passarei o fim de meus dias em sua companhia, Constantino. Por uma simples razão: ao contrário de você, eu sairei daqui”, disparará o esposo de Amália (Marina Ruy Barbosa). “Aqui você não é melhor do que ninguém! É apenas um criminoso como outro qualquer”, provocará Constantino.

“Dizem que quem foi rei nunca perde a majestade, mas acho que nem isso você ainda tem mais a perder, não é, alteza?”, questionará ele. O personagem de Romulo Estrela não conseguirá se segurar e partirá pra cima de Constantino e os dois brigarão.

+ Veja o resumo dos próximos capítulos de Deus Salve o Rei

“Uma coisa que nunca perdi foi a vontade de acabar com você”, dirá o ex-nobre, que após acertará um soco na cara do rival. Os dois se embolarão, mas a briga será interrompida pelos guardas. Um deles acertará uma paulada nas pernas de Afonso.

Cássio verá de longe a confusão e, quando perceber que se trata de Afonso, logo correrá ajudar o amigo. “Devia ter lhe avisado. Ele já estava aqui quando chegamos. Procuramos sempre evitá-lo”, contará o ex-comandante do exército de Montemor.

“Um facínora. Um homem capaz de trair um rei digno como Augusto [Marco Nanini], de sequestrar a própria noiva. Não sei por que ele está preso aqui, mas certamente motivos não devem faltar”, falará Afonso.

As cenas vão ao ar no capítulo do dia 24 de Deus Salve o Rei.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *