Deus Salve o Rei: Constantino ameaça matar Catarina - Resumo das Novelas

Deus Salve o Rei: Constantino ameaça matar Catarina

Constantino (José Fidalgo) realmente não tem pudores e se mostrou um verdadeiro traiçoeiro. Com medo da chegada do exército de Artena, o vilão está mantendo Catarina (Bruna Marquezine) como sua refém para que nada aconteça com ele em Deus Salve o Rei.

Na ocasião, ele a leva até o encontro do rei Augusto (Marco Nanini), e a liberta, mas não por muito tempo. O duque de Vicenza ordena que seus homens lancem flechas e impeçam a passagem de Catarina.

+Veja o resumo semanal de Deus Salve o Rei e fique por dentro de tudo

Vendo o desespero do rei de Artena, ele avisa: ‘O prazo é até o pôr do sol. Depois que a noite cair, se vossa majestade não tiver concordado em pagar o resgate… Meus homens não errarão o alvo’.

Logo depois, ele coloca Catarina em seu cavalo, mas a princesa não se faz de coitada: “Não ceda, meu pai! Não pague nem uma moeda a este crápula! E aconteça o que acontecer… Constantino deve morrer! Não tenha misericórdia.”.

O capítulo será exibido nesta sexta, 16.

SAIBA O QUE MAIS ACONTECE NO CAPÍTULO

Augusto dá um prazo para Constantino libertar Catarina. Diógenes aconselha Constantino a libertar Catarina, mas o duque prefere lutar. Martinho não aceita o dinheiro de Virgílio. Lucrécia desabafa com Pietro sobre o desinteresse de Rodolfo por ela.

Tirso sugere aos outros presos da masmorra que eles aproveitem que a guarda do castelo foi reduzida para fugir. Saulo consegue emprego na mina com Hélvio. Augusto decide pagar o resgate de Catarina. Constantino recebe o resgate de Afonso e Demétrio e comunica que só soltará Catarina depois que o exército de Artena deixar sua tropa passar.

Afonso não concorda com a decisão de Augusto de surpreender a tropa de Constantino atacando-a ao amanhecer. Tirso e os outros presos conseguem fugir e atacam a feira onde está Amália e Constância. Afonso entra escondido na tenda onde está Catarina e avisa a princesa que irá retirá-la dali.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *